“I Swear” é previsível ao limite… e isso é uma coisa boa. @_@

Quando SISTAR anunciou que voltaria novamente este ano para um segundo single de verão, eu achei tudo aleatório demais, já que Touch My Body ainda estava firme e forte no Domingo da Gente e nos charts coreanos. Mas considerando que o verão concept não cai como uma luva pra todo mundo como cai para SISTAR, a existência de “I Swear” não é apenas compreensível como deveria até mesmo ser esperada, previsível. Previsível por sinal é a palavra perfeita para descrever a música e o MV, que imagino que vocês já tenham assistido a essa altura do campeonato, mas ainda assim, taí:

A faixa alegre e sensual de verão é um conceito extremamente repetitivo e que sem um grupo de calibre realizando-o fica muito cansativa. E é nesses momentos que SISTAR mostra sua força, já que elas conseguem pegar uma faixa sensual sobre amor de verão com saxofones e vocais suspirados e fazem disso uma experiência divertida e viciante… pela vigésima vez seguida. Porque sim, SISTAR vem lançando a mesma música desde seu debut praticamente, mas isso quase sempre funciona…

…e não é somente pelo rabaço concept e pelo lordose concept, mas sim porque essa sonoridade parece ter sido criada especificamente pra elas. Essas músicas são sempre a mesma coisa: uns saxofones aqui e ali, HyoRin miando pela faixa toda, BoRa mandando um rap de quatro linhas dispensável, TãoVocê entregando vocais fortes nos poucos momentos que Hyorin respira fundo pra poder gritar de novo e DaSom… bem, ela está lá também. Tudo assinado por Brave Brother ou Dublé Sidekick! /o/

É extremamente previsível, e se essa faixa caísse no colo de AOA ou alguma flop solo bitch, ela passaria totalmente batida por mim, mas o delivery de SISTAR é tão bom e a energia delas é tão contagiante que tudo funciona muito melhor do que deveria.

Nenhum outro grupo no k-pop consegue retratar tanta cumplicidade e naturalidade nesse tipo de conceito quanto SISTAR. Outras girlbands tentam passar essa aura de “panicats gostosas se divertindo no verão” e acabam soando inautênticas ou forçadas em suas ações (comparem SISTAR nisso aqui com, sei lá, 2NE1 se divertindo em Do You Flop Me). Já com SISTAR você realmente consegue acreditar que BoRa derrubou uns drinks por ser clumsy feito Fergie.

Você consegue acreditar que DaSom deu esse side eye pra um transeunte porque de fato o desaprova.

Você consegue acreditar que TãoVocê enfiou sua cabeça na blusa de BoRa porque quis, e não porque algum produtor a instruiu a nos dar fanservice.

Mesmo tudo isso sendo evidentemente fabricado, SISTAR mascara isso como ninguém. Isso e a intro da faixa é excelente, uma pena I Swear não voltar a esse som em momento algum. Mas tudo bem, a faixa já fez seu trabalho de qualquer maneira. Até o verão de 2015, SISTAR, flwvlw. ❤

PS.: gotta love TãoVocê indo com uma camiseta de candidato a vereador em 2008 pra gravação de Touch My Body Acoustic. @_@

Anúncios

12 comentários em ““I Swear” é previsível ao limite… e isso é uma coisa boa. @_@

  1. Quem liga pra sistar quando a avex decide debutar um grupo de GORDAS chamado ”CHUBBINESS”, com 10 integrantes vestidas com as roupas da divulgação de Bar Bar Bar, cantando sobre comida.

    Debut do ano, aceitem.

  2. No primeiro Oh! eu pensei que começaria tocar uma músiquinha brasileira qual eu não sei o nome, mas só me lembro dos oh oh oh oh oh oh oh qq. Só eu?
    Se alguém souber o nome dessa música me diz please! qqqq

    Touch My Body>>>>I Swear

  3. Achei divertido, sexy e… esquecível! Só mesmo pra esfregar na cara do povo quem são as gostosas do kpop!
    Não tinha parado pra pensar que realmente elas encarnam bem essa cumplicidade…
    Agora, vem cá: ô povo que gosta de lavar carro! Não querem lavar minha sacada que não pára limpa??? XD

  4. Eu amei esse comeback *-*, achei a música mais gostosa que Touch My Body

    Achei a felicidade delas no MV é verdadeira, pois não é tudo dia que seu CEO deixa você tomar um ovomaltine de banana super calórico

    Adorei a propaganda da Ipanema estilizada e a nostalgia do Frentista Concept de Push Push

    Só eu me lembrei de Spring Breakers com a garçonete revoltada e elas fazendo besteira na frente da lavanderia?

    1. Outra coisa que está de parabéns é a fotografia que consegiu deixar a Hyorin branca sem fazer com que a Dasom desaparecesse no fundo, como em Touch My Body

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s