MIXTAPE – AGOSTO’14

MIX08-AUGUST14

E agosto veio e já se foi, e apesar de não ter tido a enxurrada de lançamentos high profile que julho teve, esse ainda foi um mês extremamente sólido e com muita coisa boa. A minha seleção do que rolou de melhor taí embaixo, você concordando ou não. *O*

Mais uma vez, posto aí em cima a playlist incompleta do soundcloud, sem a maior parte das coisas japas, que são sempre deletadas rapidamente. Caso você não tenha alguma das músicas, o icônico pacotão ilegal taí abaixo. /o/

PACOTÃO ILEGAL 

01. Taemin – ACE: Agosto foi cheio de smooth motherfuckers fazendo sua melhor mímica de Usher/Ne-Yo/Michael Jackson in the 80s/Justin Timberlake, e ACE, a title track do EP de TaeMin, é um exemplo perfeito disso. Uma pena a SM não funcionar como a YG, senão certeza que teríamos clipe disso. Merece.

02. TASTY – Addiction: Continuando na vibe dos oppas emulando smooth motherfuckers cantando midtempos pra levar as gurias pra cama, temos os gêmeos do TASTY entregando 90s realness como ninguém. É de longe uma das melhores faixas de boyband do ano, uma pena eles floparem tanto.

03. Winner – Color Ring: a nova boyband da YG teve a audácia de debutar com um double A-SIDE de baladas pra promover seu primeiro álbum, o estupidamente nomeado 2014 S/S. E das duas faixas, Color Ring é de longe a melhor. Honestamente, a música não está a par com ACE e Addiction, mas vou jogar esse osso pros coitados do Winner que esperaram mais de ano pra debutar, e ainda conseguiram a proeza de saírem da geladeira sem feat com a icônica trainee Jenny.

04. Jay Park – The Promise: Assim como TaeMin, Jay Park também está fazendo o seu melhor para impersonar Michael Jackson. Mas enquanto TaeMin está apostando na era Thriller/Bad, Jay Park está apostando no Michael adolescente e de afro sendo escravizado pelo pai com os irmãos. E isso é algo que ele conseguiu com maestria em The Promise e também no segundo single de seu álbum, que eu pretendo comentar ainda hoje (fiquem de olho, a faixa vale a pena).

05. Taemin – Danger: Saindo das baladas e entrando no território dance das uptempo, temos Danger, que  tem uma batida que soa mal intencionada, até mesmo suja, e que funciona perfeitamente com o delivery de TaeMin. A bridge da faixa é totalmente inescapável, e quando o refrão finalmente retorna a sensação que fica é de que estamos diante de uma das melhores músicas do ano, sem dúvida. Top10 de 2014 pra mim.

06. Brown Eyed Girls – Hush: BEG lançou uma coletânea com seus maiores sucessos esse mês, e pra ver se conseguia vender umas unidades a mais, enfiou uma inédita no meio das faixas, Hush. E mesmo sem clipe nem divulgação, elas conseguiram fazer com que os comebacks de suas favoritas fossem inválidos, já que uma bonus track delas que deve estar gravada desde 2013 foi muito melhor do que qualquer bobagem produzida por Brave Brothers.

07. FEMM – Dead Wrong: Enquanto esperamos The Real Thing ser lançada oficialmente para baixar ilegalmente para comprar no itunes, vamos curtindo Dead Wrong, que apesar de não ser tão boa, ainda é um EDM bem curtinho, direto e que desce redondo.

08. Kemy – Do The Right Rap: A rapper safada do A.KOR pode ser meio tosca por se voltar contra Park Bom por ser thug life e uma traficante internacional ao invés de idolatrá-la por isso (que mundo é esse em que rappers estão a favor das regras e não contra?), mas eu devo dizer: Do The Right Rap é tão desnecessária, é tão insolente, tão maledicente que fica difícil não admirar um pouco a cara de pau da gata. Então ganha uma menção honrosa aqui, parabéns.

09. A.KOR – Payday: Isso aqui é do fim de julho na verdade, mas ninguém sabia o que era um A.KOR antes da ação de marketing de Kemy dividir seus sentimentos sobre Bom com todos. Portanto, eu só fui ouvir essa música lá pro meio de agosto, e não tem como não amar um trio de gostosas inspiradas em Naldo e Parangolé gritando “I’m feeling rebolationnnn” e “EU PEIDEIIIIIIIIII” pela faixa inteira. Quando se tem o Flatulência concept, quem precisa ser sexy, certo?

10. Crystal Kay – Dum Ditty Dumb: Crystal Kay consegue a proeza de ser ainda mais flopada do que sua favorita indie, é o tipo de coisa que dá pena até. Principalmente quando ela lança coisas tão bizarras e legais quanto o yokohama ratchet de Dum Ditty Dumb. Estamos de luto pela sua carreira, Crystal. Boa sorte no telemarketing. ❤

11. Orange Caramel – My Copycat: Nana, Lizzy e Raina estão tão implacáveis em 2014 que nem deixaram as outras After School aparecerem em público pra lançarem outro pau de puta concept, focando-se apenas em bizarrices feito My Copycat. A música pode ser um pouco derivativa dos trabalhos anteriores delas, mas aquele clipe é sem igual. Orange Caramel é sem igual. @__@

12. EXID – Up and Down: Houveram tantas girlbands coreanas de quinta apostando no sexy concept no fim de agosto que eu me senti overwhelmed e acabei não falando de nenhuma delas, principalmente porque entre Lip Service, Scarlet, Sunny Hill e o cacete a quatro, só mesmo Up and Down do EXID prestou. Menor ideia de quem elas são, mas curti o castração concept do MV, e a faixa apesar de um pouco I Got A Boy demais, ainda funciona. Então taí a menção.

13. Red Velvet – Happiness: Dá pra acreditar que a bagunça quentíssima que foi o debut de Red Velvet ocorreu somente no mês passado? Porque na minha cabeça isso tinha sido meses atrás. Em meio ao nacionalismo concept, a glorificação de atentados terroristas e a combinação bizarra de cheerleaders e selva, é compreensível alguém esquecer quão boa essa faixa era por si só. Sim, não passa de uma album track do Red Light repassada pra Red Velvet, mas antes uma nova faixa de f(x) na voz de aleatórias do que ficarmos sem faixa alguma.

14. KARA – Mamma Mia!: É criminoso que uma das melhores. faixas. de. KARA. dos. últimos. tempos. tenha flopado tão pesado assim. Quando eu penso nas minhas faixas favoritas de KARA, eu penso em delícias bregas e que andam a fina linha do divertido e do tosco, feito STEP e Mister. Mamma Mia segue essa tradição à risca, então eu não. consigo. entender. a flopagem. Pelo visto, a Ásia já cansou delas mesmo. Uma pena.

15. SPICA – I Did It: Eu ainda não entendi a decisão absurda de debutar nos EUA que SPICA teve. Todos sabíamos que isso não daria em nada e que seria apenas embaraçoso pra elas, mas pelo menos tivemos uma faixa gostosinha e seguindo a sonoridade do que é top10 na Billboard no momento. Flopou, mas é melhor que Bang Bang. :v

16. SISTAR – I Swear: Fechando a seleção asiática, temos o segundo verão concept de SISTAR esse ano, a melhor faixa delas desde Loving U (sim, não me importo com sua opinião =^.^=). I Swear é SISTAR 101, mas a realização do MV, da coreografia, do conjunto todo é tão flawless que não tem do que se reclamar, hater. ❤

BONUS. Ariana Grande – Hands On Me: Eu fui atraído por essa faixa por conta do nome, obviamente. Mas então eu fui surpreendido por um R&B ciaresco/ashantiesco que parecia saído diretamente da década passada. Foi Timbaland que produziu? Não sei, mas parece até uma homenagem pros summer jams que ele lançava com um famoso e mais Keri Hilson. Muito bom.

BONUS. Nicki Minaj – Anaconda: Mas é claro que o novo testamento estaria presente de bônus aqui pra vocês, conseguindo até mesmo a posição de destaque na capa do post, quebrando todas as regras que eu havia estabelecido pra mim mesmo. É o rabaço de Nicki Minaj redefinindo nossa sociedade numa das coisas mais ruinvilhosas da memória recente. Tchau pra Lil Kim e pras duas azaleias. Acabou pra vocês.

E é isso, até mês que vem com a seleção de setembro. Faltou alguma coisa de agosto? Você não gostou de I Swear? Comenta aí embaixo, flwvlwwww.

19 comentários em “MIXTAPE – AGOSTO’14

  1. Só eu que não gostei de ACE? Adorei Danger, Wicked e Experience, mas Ace simplesmente não conseguiu se manter fixa na minha playlist.

    Mas o miniálbum está muito bonzinho, isso não dá pra negar.

  2. Ai, desculpa, não sei se era para comentar (às vezes foi ironia sua, sei lá), mas mais cedo eu percebi o erro no texto, só que eu esqueci de dizer: a música do FEMM se chama The Real Thing e não The Right Thing.

    (mas nobody yes door e o texto continua ótimo)

    bjxx

  3. My copycat é tão legalzinho,a batida disso contagia
    Happiness tomou o lugar de expectation em questão de vicio já passou um bom tempo e ainda ta la no topo das mais ouvidas.
    Anaconda é tão bosta que você acaba gostando depois de um tempo,isso contamina.

    E bem,oque falar da Ariana Grande,essa cantoea mirim fodida? Mariah já pode tentar arrumar um feat com a criança porque olha…ja foi substituida.
    O resto das músicas da pra empurrar com a barriga,apesar que,gostei muito de I swear e me acostumei com Danger.

  4. Não escutarei nem essa kemy, nem esse akor. As duas musicas podem estar aí, e eu não dou duas fodas. Não vou ouvir. Me recuso a dar audiência pra essa aí. Peguei o pacotão ilegal e deletei as duas sem nem ouvir. To nem aí, falem o que quiser.

    Aliás, eu ainda não vi a graça de Hapiness. Ouvi quando lançaram, ouvi quando editaram o MV e não.consegui.gostar.das gatas. Não entendi o porque do pessoal gostar tanto da música, mas enfim.

    Mamma Mia é tão boa que eu baixei o mini e ainda não consegui escutar ele inteiro porque não consigo sair desse single. ❤ >>>>>>>>>>>>Loving U/Touch My Body. I Swear é legal (e muito bom comparado com as outras duas), mas nem com uma música legalzinha dessas eu consegui me sentir animada pra fazer download ilegal do resto. Oh well.

    O resto ta muito bem posto e Danger junto com Pretty Boy estão me fazendo ouvir esse maldito mini dele num repeat infinito (que aliás tá bom demais como um todo). Taemin acertou na loteria com essas músicas fodas. ❤ To até pensando em dar uma chance pra boyband dele e ver se as músicas são tão boas assim. ❤ >>>>>>>Toda música de verão desse meio de ano. Kavkão me fez ouvir essa música num repeat infinito por tantos dias que consigo recitar a letra da música até em latim, eu acho. :v)

    1. hahahahahaha risos com meu comentário todo errado s2

      Mamma Mia é tão boa que eu baixei o mini e ainda não consegui escutar ele inteiro porque não consigo sair desse single. s2

      I Swear>>>>>>>>>>>>Loving U/Touch My Body. I Swear é legal (e muito bom comparado com as outras duas), mas nem com uma música legalzinha dessas eu consegui me sentir animada pra fazer download ilegal do resto. Oh well.

      O resto ta muito bem posto e Danger junto com Pretty Boy estão me fazendo ouvir esse maldito mini dele num repeat infinito (que aliás tá bom demais como um todo). Taemin acertou na loteria com essas músicas fodas. s2 To até pensando em dar uma chance pra boyband dele e ver se as músicas são tão boas assim.

      Btw, Dame Kashira?>>>>>>>>>>>Toda música de verão desse meio de ano. Kavkão me fez ouvir essa música num repeat infinito por tantos dias que consigo recitar a letra da música até em latim, eu acho. :v

  5. Clap Clap Clap para a Mixtape de Agosto!
    Taemin entregou um trabalho bem “duboum” mesmo…Particularmente acho que só não bate o Me? da Yenny mas tbem nem considero esse album dela k-pop…faço uso do trocadalho e chamo de k-top!! Sorry ´bout that..lol..
    😉

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s