MV de PLAY está entre nós. Jolin acaba com sua competição.

Depois de um lyric video tão sensacional, o MV de PLAY teria que se esforçar muito para provar que sua existência é relevante, já que Jolin se curtindo com Neymar já havia sido um dos ápices do ano até aqui. Surpreendentemente, o MV pegou o espírito do lyric video e o expandiu, abrindo espaço para críticas interessantes sobre nossa sociedade atual, o culto à celebridades, à beleza e à ~individualidade~ a qualquer preço. E NÃO, EU NÃO ESTOU FAZENDO PIADA. VEJAM:

A narrativa principal do jogo envolve Jolin sendo construída por um jogador (player, certo?) num The Sims 7, então vemos ela sendo montada a partir de um arquétipo, incluindo aí um momento em que ela vira CRISTIANA ARCANGELI da Record:

Temos também ela empolgadíssima pelo player estar aumentando seus peitos, afinal, isso é muito importante pra vencer na vida. :v

Depois disso, o MV intercala quatro estereótipos diferentes, todos interpretados por Jolin: Rich Queen, Superstar, Hipster (sério!) e Coach J, cada um com seus próprios anseios e uma crítica social inserida à narrativa (eu não estou zoando, yall):

RICH QUEEN é totalmente vazia e só pensa em dinheiro (o que é revelado como sendo literal quando ela se espatifa no fim do MV, revelando moedas de ouro no interior dela).

SUPERSTAR só pensa em atenção e se manter no topo, e assim que ela se vê ameaçada por uma gata mais nova e com um decote mais revelador, ela abaixa o nível e mostra as tetas:

O melhor do segmento todo é que a mídia compra essa forçação de barra e publica capas nonsense tipo “A RAINHA VOLTOU” pra criar um espetáculo da mediawhoreness dela.

Temos também COACH J, que é o segmento da gata retardada que só pensa em beleza e no físico, e apesar dessa ser a esquete mais fraquinha de todas, a sátira de Physical da Olivia Newton John com um monte de drag queen tava on point e merece créditos.

Mas talvez o melhor segmento de todo seja realmente o da HIPSTER (ou ao menos ele é o que se aproxima mais de nossa rotina), porque tudo tá spot on. Temos aqui ela feliz na ideia ingênua de que é individualíssima e de que não existe ninguém como ela no mundo, só pra se ver confrontada com alguém exatamente. igual. e. com. os. mesmos. gostos. Isso leva as duas a se enfrentarem numa competição pra ver quem consegue out-hipster a outra, numa batalha de gadgets retrô sensacional.

Nem vale a pena fazer um play-by-play total dos absurdos do clipe, porque vale mais a pena ter algumas surpresas na hora de assistir, mas olha: eu tô verdadeiramente impressionado e duvido muito que alguém até o fim do ano vá conseguir superar isso aqui. Não só as ideias foram inspiradas, mas a execução também. Infelizmente eu ainda não achei a letra desse negócio em lugar nenhum, porque eu adoraria checar se as críticas do MV se baseiam na letra ou se o diretor disso completamente enlouqueceu e fez o que queria com Jolin. De qualquer maneira, parabéns aos envolvidos. Clipe do ano.

Quanto ao álbum, ele sai daqui duas semanas, e já confirmaram que teremos só dez faixas (mas nada de tracklist até agora), todas com MV próprio. Então com sorte as bostas da Pepsi ficam bem longe dessa delícia. @__@

Anúncios

19 comentários em “MV de PLAY está entre nós. Jolin acaba com sua competição.

  1. Na verdade segundo o Generasia Now Is the Time tá confirmada. 😦
    Lá tem essa tracklist incompleta:
    PLAY (Wǒ Pēi) (我呸)
    Lǚchéng (旅程; Journey)
    Kě Wàng Jiù Yī Kuài (渴望就一块) (Chinese version of Now Is the Time)
    Wàn Huā Tóng (萬花瞳; Kaleidoscope)
    Diànhuà Hánghòu (電話皇后; Phone Queen)
    Medusa (美杜莎)

    Journey e Kaleidoscope tem no canal dela.

    1. Mentira que maldita vai fazer a BoA a la “Who’s Back?”… Journey e Phony/Phone Queen até é compreensivel mas essas merdas… vai cagar no que poderia ser o “Album do milenio” (#sorryARTpop)

  2. Que clipe sensacional @_@ pena que eu ache a fonética do mandarim (é em mandarim que a gata tá cantando, né?) horrível pra poder acompanhá-la com mais afinco </3

  3. Mas gente, lacrou no clipe a lá The sims @_@. E sobre a hipster, na hora em que eu vi, enxerguei o pessoal autêntico/cult/intelectual/odeia-qualquer-coisa-que-seja-modinha da paulista, afinal, é super autêntico ir comer o lanche do Mc na calçada do Safra ou tirar selfies no starbucks (mas afinal, quem nunca fez isso? :v )

    Agora vou voltar para as minhas promoções da Steam. (Esses jogos estupidamente baratos me levarão a falência)

      1. O foda é que eu estou sem dinheiro no cartão. Só dia 5 que voltarei aos dias de riqueza e a promoção acaba dia 3. Então, estou dando os meus pulinhos para comprar pelo menos um joguinho >:

    1. eu to tentando terminar portal 2 ate hj, mas quem disse q facu deixa? sdds steam 😥

      ps.: bruno, toda vez q eu vejo meu namorado jogando efeito whey (vulgo mass effect) eu lembro de vc *_* to doida pra jogr tbm pq amei o jogo, mas joga pra mim ultimamente só nas ferias mesmo, de vez em quando só um bejeweled da vida pra nao perder muito tempo HUASASHASHASHU

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s