MIXTAPE – OUTUBRO’14

MIX10-OCTOBER14

Daí que a mixtape do mês passado tá um pouco atrasada, mas eu precisava ouvir o álbum do EPIK HIGH antes de fechar minha lista e, claro, precisava saborear as galerias de fotos do ENEM antes de qualquer coisa. Afinal, prioridades, né, Brasil. 

Como sempre, pra você preguiçoso que não consegue caçar seus próprios links ~alternativos~ no google, temos aí embaixo um link bem suspeito com todo o conteúdo da mixtape, você só precisa criar uma playlist e pronto (e, claro, não selecionar o “baixar com o sharebeast uploader” pra não foder seu PC).

PACOTÃO ILEGAL.

01. EPIK HIGH – Encore: Epik High abriu seu novo álbum com uma faixa excelente, mandando um beijo no ombro pros seus haters, com inúmeros deboches arremessados pra todos os lados, enquanto um híbrido de orquestra sinfônica e motown dão o tom.

02. MORNING MUSUME – Beauty Looking Back: deus me livre ver Momusu aparecendo nessas mixtapes regularmente, mas eu fiquei tão chocado de vê-las cantando sem excesso de autotune por cima de alguma faixa velha do Bon Jovi que acabei achando digno de nota. Não só isso, mas o refrão é breguíssima com as pirralhas emocionadas porque a senpai reparou nelas, então merecia uma menção. @_@

03. SUPER JUNIOR – Evanesce: SUJU entregou um R&B/Pop incrível nesse tributo à Amy Lee, e eu honestamente não estava esperando isso deles depois de Mamacita. Mas Evanesce é exatamente o tipo de faixa que eles deveriam estar lançando (já que a SM pelo visto desistiu de SHINee, né).

04. GIRL’S DAY – I Miss You: a Dream Tea Entertainment tá com um planejamento fortíssimo quando o assunto é Girl’s Day esse ano. Eles tem dado um jeito de lançar todos os releases meia boca delas desse ano em semanas mortas e sem outros lançamentos relevantes, de modo que elas estão surfando na fama de Expectation/Female Dilma/Something e conseguindo um tudo-mata atrás do outro mesmo quando as músicas são coisas genéricas feito Darling e I Miss You. É algo digno de reconhecimento, de verdade. Isso dito, tô eu aqui sofrendo e lavando louça com os PÔGÔXIPÓ PÔGÔXIPÓ NIGGAAAAH delas, então quem sou eu pra debochar, né? :v

05. EPIK HIGH – LESSON5 (Timeline): Mais uma na longa série de ~lições~ que Epik High vem dividindo em sua carreira com seus ouvintes, Timeline tem uma batida marcante e o flow de Tablo/Mithra está tão reconfortante que não existe o menor problema em não se entender mais do que 10% da letra. Vale a pena.

06. RED VELVET – Be Natural: as terroristas da SM largaram o aegyo mais rápido do que AOA largou o banda-concept ao alcançar notoriedade com Minissaia, e assim como com AOA, isso não foi uma má ideia: enquanto que Happiness valia pela podreira e pelos gritos maravilhosos no final (SHINE ON MEEEEEERGH), Be Natural traz striptease realness e noir. Foi inesperado, foi legal. Agora boa sorte apresentando essas duas músicas back to back em lives, Red Velvet.

07. EXILE ATSUSHI – First Christmas (feat. Alguém): tá, eu sei que eu estou pesando a mão nas midtempo/baladas, mas eu não posso fazer nada se o inverno tá chegando na Ásia e a maioria dos singles por lá estão nesse clima, lidem com isso. Mesmo porque, antes baladas de inverno do que um Brave Brothers basic bitch. Não só isso, mas First Christmas é um single de Natal muito acima da média, e vale a ouvida por si só.

08. SONG JIEUN – Pretty Age 25: Ridículas acusaram essa faixa do Dublé Sidekick de ser extremamente básica, mas por favor. Pretty Age 25 é sensacional e já garantiu lugar no meu top100 pessoal de 2014, tchau pra vocês (mas se quiserem acusá-la de plágio de Movin’ On do Eliott Yamin, aí podem acusar sim, porque é a mesma música, só que acelerada e com uns raps por estarmos em 2014). :v

09. RUFFLES – 1.2.3: capope é especialmente ridículo quando o assunto é nome de banda, mas acho que poucas chegaram no nível de tosqueira de ❤ Ruffles ❤ tirando talvez 2NE1 e B2ST. Piadas a parte, Purfles continuou a tendência de fortes debuts de girlbands esse ano, e também já garantiu lugar num top100 2014.

10. JOLIN TSAI – PLAY: algumas farofas divertem, mas pecam por não terem substância. Falta calabresa, falta bacon. Mas aí existem aquelas em que tudo se encontra na medida certa… e é esse o tipo de PLAY. Esse é o tipo de farofa inescapável e que exige replays contínuos. 70 plays no meu last.fm até agora (e contando). ❤

11. ZHOUMI – Rewind (feat. alguém do EXO): Eu não fazia ideia de quem porra era essa pessoa até semana passada, mas esse debut serviu um híbrido do revival 90s com Timberlake realness que foi difícil de resistir. Eu dei preferência à versão coreana dessa vez, porque meus ouvidos não toleraram Zhoumi falando uns XEIXIXOUXIPAUXI REWIND XEIXEIPI. Soou estranho, soou pouco natural.

12. EPIK HIGH – BORN HATER (feat. Pitbull & Nicki Minaj): eu curto uns raps pedantes cheios de samples de música clássica/soul ou aqueles com uns feats espertos com gatas-que-gritam, mas as vezes um rap insolente e extremamente direto ao ponto cheio de prepotência e insolência pode ser tudo o que precisamos. E Born Hater foi exatamente isso.

13. SUPER JUNIOR – This Is Love: apostando no 70s disco xerox de Daft Punk, SuJu conseguiu recuperar um pouco do street cred perdido com a icônica Mamashita. É um negócio meio genérico e esquecível (principalmente sem o clipe de acompanhamento), e definitivamente inferior a Evanesce. Mas ainda assim vale a menção.

14. STRAWBERRY MILK – Feels So Good: O debut das gêmeas de Crayon Pop nessa sub-unit foi tenebroso. O a-side inspirado em j-pop velho foi insuportável, mas esse b-side inspirado em blues/jazz dos anos 50 foi muito melhor (e honestamente deveria ter sido a música oficial do release, talvez assim elas conseguissem ao menos top100 na GAON ao invés de flopar brutalmente).

15. EPIK HIGH – Rich (feat. TaeYang): álbum do EPIK HIGH foi ótimo, como eu já repeti algumas vezes aqui, e esse feat com TaeYang é de longe um dos grandes destaques dele, com uma letra inspirada e TaeYang entregando muito oversinging no breakdown da faixa.

16. VIXX – ERROR: essa bosta ❤ A música é boyband 101, mas o clipe foi tão absurdo e cheio de defeitos especiais que ela acabou colando no meu cérebro, então se fodam aí também ouvindo esse troço. @_@

17. AKMU – Time and Fallen Leaves: Akdong Musician tem uma capacidade incomparável de lançar essas baladinhas mela cueca que costumam ser chatíssimas, com o diferencial de que com eles elas funcionam muito bem, tem replay factor e até soam bonitinhas. Taí algo raro.

18. SAKANACTION – Sayonara Wa Emotion: SAKANACTION resolveu sair de um longo período sem lançar nada para ceifar a peruca de Chris Martin e mostrar pra ele o que é uma combinação de rock e eletrônica de verdade. Coldplay COULD NEVER contra esse novo single deles, que segue bem gostoso até o que você imagina ser o final da música, só pra você ser enganado e ser engolfado por um break inesperado e que eleva Sayonara Wa Emotion a uma das melhores do ano (não estou brincando, adeus).

 Então é isso de outubro. Foi um mês mais lento (ignorando PLAY, claro), mas nem por isso chato. Agora aguardemos que Novembro seja ainda melhor (ao que tudo indica, parece que sim. @_@)

23 comentários em “MIXTAPE – OUTUBRO’14

  1. PLAY >>>>>>>

    Em Novembro tem mais Jolin ❤ e pelas fotos que vi por ai do MV de Medusa sera babado (se eu nao me engano ta rolando ate uma parceria com a Versace (Quero Donatella no MV kkk)), O novo MV de AoA parece ser legal (Mas como sera "Brave Sound Drop It" provavelmente (99% de certeza) a musica sera mesma que AoA/Hyomin/Hellovenus ja lançaram esse ano :/ )

    1. Mas olha, eu fiquei surpreso que a instrumental tá bem diferente do habitual disco/70s dele. Vai ver teremos algo bem diferente vindo aí (morrendo de vergonha de estar aguardando um fucking single de AOA por Brave Brothers, puta que pariu)

      1. kkkkkkkk só estou aguardando mesmo o MV e tomara que nao arrazem com a minha cara feito teaser>>>>>MV de “cabelo curto”, esperando mesmo estou o debut da quenga da Nicole que nao sai :/ , novo single/mini album de Mamamoo que saira dia 20, e parece que tera single novo de CROSS fucking GENE kkkkkkkkk que ja sei que irei amar porque sim

      2. Vai ser disco 70s mesmo, vazou um pedaço do mv em um domingo da gente da vida

        Parece que tem um pouco de hip hop na instrumental, mas mesmo assim o refrão continua disco
        Se a faixa for meia boca mesmo, tomara que compensem com sidetracks ótimas, tipo “You Know That” do álbum do Cabelo Curto e “Under the Street Lights” do álbum Minissaia, as duas valem a ouvida.
        Mesmo assim achei ridículo a música dos teasers ser completamente diferente da verdadeira, mas tomara que o mv seja tão bom quanto o teaser e tenha “historinha”

  2. Só passando pra avisar que já saiu o full PV de Kibouteki Refrain, e tá fucking gorgeous, a música em sí é um horror, em um grupo de mais de 100 meninas, NENHUMA CONSEGUE PRONUNCIAR ”REFRAIN”, o maxímo que sai é ”RIFURÉ-ING”.

    Talvez seria melhor se do nada não cortassem a histórinha pra cena delas ~cantando~ e ~dançando~ com roupa de colégial em festa junina, mas é um grupo idol, fazer o que.

    http://www.jpopsuki.tv/video/AKB48—Kibouteki-Refrain-/fc2819e736d8a79d6afbe0a9a593a077

      1. Hoje é a última data da tour dela, provavelmente no encore ela ~cante~ o single novo. Só quero saber uma coisa, já tem My Room e KISEKAE na lista de espera, e esses dias ela postou no twitter fotos da gravação de um novo comercial. Kyary vai virar a nova ayumi e lançar um triple a-side no natal?

  3. “Como sempre, pra você preguiçoso que não consegue caçar seus próprios links ~alternativos~ no google”
    Senti uma indireta </3
    Mas agora Play já está devidamente baixado em meu notebook e transferido pro meu celular, muito obg @_@ ❤

      1. HUAHAU na vdd eu deveria ter usado o termo “me coube a carapuça” e não “indireta”, porque pareci meio mimizenta demais, mas na hora eu tava meio lesada @_@
        Mas é vdd, eu só consigo achar as coisas corebas e as coisas japonesas que os corebas fazem

  4. Bruno, a SM não desistiu do SHINee não, eles anunciaram que não iam lançar nada até próximo ano porque o Onew teve de fazer uma cirurgia nas cordas vocais e tava sem poder cantar até há pouco tempo. Ele até não veio no Music Bank do Brasil por causa disso

  5. Ruffles kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk adeus vida

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s