MIXTAPE – JANEIRO’15 FEAT. DEZEMBRO’14

Após minhas mixtapes mensais ganharem uma folga por conta do meu top100 de 2014 (e também porque em dezembro só tivemos a icônica Shannon dançando na chuva, músicas natalinas e bostas genéricas), elas estão de volta para 2015, dessa vez com as melhores de janeiro e com alguma sobra de dezembro que não foi contemplada de alguma maneira ou de outra por aqui.

Só não esqueçam que como sempre isso aqui se trata da minha opinião então se vocês sentirem falta de, sei lá, INFINITE H, o solo meia boca de Soyul do Crayon Pop, o último single terrível de U-KISS ou ainda do lançamento bondage de AKB48, é porque eu achei todos uma bosta… ou eu simplesmente não tava sabendo que eles existiam, claro. 

01. GFRIEND – SEASON OF GLASS: Abrindo janeiro temos a intro de TEMPORADA DE VIDRO, o EP do novo grupo de Jessica. A faixa é surpreendentemente sombria e encaixa perfeitamente com os momentos em que Jessica olha misteriosamente para as câmeras com wind in the hair cada vez que fode com a vida de uma SNSD. Não é o que se espera de um grupo aegyo, e isso deixa tudo ainda melhor.

02. GFRIEND – GLASS BEAD: Composta por Seo Yongbae, o homem que deu uma carreira para Orange Caramel ao compor Lipstick, Catallena, My Copycat e várias outras, Glass Bead reinventa Into The New World para 2015 com um vigor e um aegyo tão poderoso que todas as SNSD estão caindo uma a uma com a simples menção dessa delícia. GFRIEND. É. O. FUTURO. ❤

 

03. EIGHT MUSES – DRAMA: Eu já perdoei Eight Muses por terem lançado um single abaixo do esperado delas, mas ainda não consigo perdoá-las pela estrutura bizarra de Drama, em que a melhor parte da música é o rap inicial e daí vamos ladeira abaixo. Mas antes 8MUSES meia boca do que nada de 8Muses, acho?

04. E-GIRLS – MUSIC FLYER: Eu quando ouvi o E.G. Time achei que Music Flyer era o grande destaque da coisa toda, mas agora que eu sei que Nakata foi o responsável por ela, tudo meio que fez sentido. Mais faixas de Nakata pras E-Girls em 2015 e menos reciclagens de Follow Me, flwvlw.

05. GFRIEND – NEVERLAND: SIM, UMA TERCEIRA FAIXA DO MINI DE GFRIEND, PORQUE ELE COMO UM TODO FOI FLAWLESSSSS. Neverland deveria ter sido guardada pra ser usada de segundo single no verão 2015, com elas servindo piranhas aegyo inocentes pulando de maiôs na praia realness, de maneira angelical e totalmente não apelona. Muito melhor que Darling. Muito melhor que Touch My Body.  Muito melhor que todos os verão concept de 2014.

 

06. HUMMING URBAN STEREO – SWEATER: Humming Urban Stereo é um ato de k-indie especializado em músicas de elevador e lounge gostosas (ou seja, é um shibuya-kei coreano). Delicacy (o álbum dessa Sweater) inteiro foi excelente e cheio de faixa perfeita pra se lavar aquela louça esperta com uma trilha sonora ao fundo. E de todas as faixas no álbum, essa Sweater (que na vdd é um remake) é de longe a melhor.

07. STANDING EGG – KISS ME: Um k-indie gostoso sem ser repetitivo é uma raridade, mas Kiss Me é mais um exemplo disso, também entrando pra minha playlist “lavando a louça feliz feito Utada”. Outra do Standing Egg que está nessa mesma playlist é 고백, caso vocês não conheçam.

08. LIZZY – NOT AN EASY GIRL: Lizzy maravilhosa entregou Chunhyangga realness em um trot atualizado para o novo milênio, com uma mensagem feminista de fato e que deixa aquelas bobagens de girl power no chinelo. ❤

09. TAHITI – TAHITI: Phone Number foi um Brave Sound derivativo e sem graça, mas a intro do mini de Tahiti (o ridiculamente intitulado Fall Into Temptation) entregou o ouro, com aulas de soletragem (K-R-A-Z, crazy!) e uma backtrack suja reminiscente de Namie quando ela ainda fazia R&B, tudo em 40 segundos. Aí sim.

 

10. HELLO VENUS – WIGGLE WIGGLE: Deixando o Brave Sound genérico de lado para adentrar no brave sound #revamped que vimos em Janeiro com Hello Venus e 1PUNCH, vamos falar da genialidade de Wiggle Wiggle, o hino das strippers para 2015, com trinta segundos de brave brothers falando bobagens, um rap sensacional de LIMÃO e o grito de guerra da delícia desafinada chamando todas as biscates pra pista. É tanta coisa ruim-boa numa faixa só que fica difícil de acreditar que esse é o mesmo grupo de Sticky Sticky. @_@

11. 1PUNCH – TURN MY BACK: Em seu segundo acerto em Janeiro, brave brothers entregou o apropriação cultural do hip-hop 90s concept, com um pirralho de 13 anos pulando de um lado pro outro ao lado do Mr. Catra, constrangidíssimo com tudo. Turn My Back foi um 90s bem feito, e uma pena não ter caído na mão do Tasty, isso aqui era a cara deles.

12. JJCC – FIRE: A existência de um grupo de capope produzido por Jackie Chan já seria aleatório o suficiente, mas a junção disso ao brasil concept, aos dance moves de Go Crazy e os deboches em B.A.P deixou tudo ainda melhor.

 

13. MOMOCLOZ VS KISS – YUME NO UKIYO NI SAITEMINA: Longe de mim defender a validade de Momoiro Clover Z, mas essa colaboração com o Kiss deve ser a melhor coisa que. elas. já. lançaram. O metal farofa na backtrack, o clipe em animê, os integrantes do Kiss caindo aos pedaços… Yume no Whatever funciona igualmente pela tosqueira e pra valer, então parabéns aos envolvidos.

14. JONGHYUN – CRAZY: O solo de Jonghyun não foi tão empolgante quanto o de Taemin, mas com o tempo eu aprendi a apreciá-la mais, mesmo com os falsettos toscos. Deve ser por Crazy funcionar melhor sem o clipe, acho eu.

 

15. SANDAIME J SOUL BROTHERS – EENY, MEENY, MINY, MOE!: Hiro resolveu que para o lead single do novo álbum de Sandaime J Soul Brothers eles deveriam soar como Super Junior, porque essa é a única explicação para Eeny, Meeny, Miny, Moe! soar tão fora de lugar no último álbum deles (review por vir). Mas mesmo destoando do álbum, a faixa é um acerto e entrega algo diferente do esperado deles. Funcionaria melhor como um primeiro single pós-álbum, mas tudo bem.

16. G.SOUL – COMING HOME: O mini de G.Soul é absolutamente incrível, e escolher apenas uma faixa pra aparecer aqui foi uma tarefa difícil, mas escolhi a primeira música no EP por ser significativa para a jornada de quinze anos como trainee dele, com lançamento frustrado nos EUA e anos de cena underground em NY para treinar para um debut que parecia que nunca chegaria. Mas ele chegou e foi maravilhoso.

17. DIA – PARADISE: Numa das melhores sobras de dezembro, temos o solo da nariguda celestial do Kiss & Cry, que é uma balada no piano done right. O coro e a progressão lembram grupos de pop rock britânico, mas o delivery de Dia eleva Paradise de algum rip-off de Oasis ou Coldplay para algo verdadeiramente bom. Uma pena que saiu tão no fim de dezembro que eu nem enfiei no meu top100, mas essa aqui merecia.

 

18. NEWS – KAGUYA: Sério, eu nunca imaginaria que eu fosse gostar de uma faixa Johnny’s em pleno 2015, mas as pão com ovo twerkers do NEWS acabaram com toda e qualquer girlband de Janeiro com suas sombrinhas de papel e a mistura de folclore japonês com EDM. Talvez eu deva deixar meu preconceito de lado e ouvir mais Johnny’s, quem sabe? -n

19. E-GIRLS – MOVE IT: Em mais farofão japa, temos as Dream ganhando o holofote pela primeira vez na vida num dos grandes destaques do E.G. Time. O vocal açucarado de coisas feito Senhor Boneco de Neve ficou em casa e deu lugar para uma gritaria fodida e um break poderosíssimo que o Hiro sempre dá pra elas dançarem loucaças. Mais disso no futuro e menos porcarias kawaii, pfvr.

20. TOMOMI ITANO – COME PARTY!: Johnny’s, piranhas aegyo, ex-AKB48. Poisé, estou me tornando mais *tolerante* com low lives ultimamente, e essa Cicarelli japonesa deveria. me. agradecer. por ter aguentado a boca torta dela plagiando Easy Go das Girl’s Day. Mas com um resultado final tão grudento assim, não é como se eu tivesse alguma chance. D:

ICÔNICO LINK

Ainda rolaram mais faixas sólidas em janeiro, tipo Davichi sendo deprê de novo (só que em Budapeste ou sei lá onde), Jay Park tentando ser badass com pouco orçamento, Mad Clown ignorando a feia do seu feat pra colocar a gostosa do EXID no lugar e muitas outras. Mas eu não iria extrapolar 20 faixas, e também não cortaria nenhuma das que estão na lista por essas. Então ficam só na menção honrosa mesmo.

Anúncios

48 comentários em “MIXTAPE – JANEIRO’15 FEAT. DEZEMBRO’14

  1. Confesso que achei Wiggle Wiggle uma bosta quando ouvi pela primeira vez, só o refrão prestava mas depois de ouvir pela 21452x passei a amar tudo, incluindo a doida da high note que fode com os timpanos de geral

    Esperando você comentar sobre a Jimin ser pisoteada logo no primeiro desafio de ❤ Unpretty Rapstars ❤ e a Jessi ser o mais novo ícone do shade com suas maravilhosas expressões facias

  2. “GFRIEND. É. O. FUTURO.” Pensei que Lovelyzzzzzzzzzzzzzz ERA.O.FUTURO… Palavras dita por você aqui: “Mas claro que tudo isso será em vão e Lovelyz em pouco tempo acabará com todo o resto do capope, j-pope e mandopope, dominando a Ásia e logo em seguida o mundo!!1”

    ~Aee mês que vem ~ou no outro, tanto faz.~ novas biscates ‘fofas’ debutam e elas serão O. FUTURO.~
    Menos bitch! ÂnusPink que É. O. FUTURO! Aceita que dói menos XOXO.

  3. Sair do SNSD fez muito bem pra Jessica. Acho que é a primeira vez que ela lança um trabalho 100% aproveitável. Nada ali destoa, tá tudo muito coeso. Eu tô meio chocado por ter gostado disso de verdade.

  4. Mais chocado com Davichi aparecendo como menção honrosa (Nem sabia que tu soubesse da existência delas, sendo honesto) do que 3 musicas do G-friend na mixtape, afinal quem colocou luv do Apink na mixtape Coloca. Qualquer. Coisa.

      1. ESPERAEW, ESSA É NOVA???????????? Gente, eu não vi notinha disso em lugar NENHUM. Maravilhosas elas, mantendo o espírito do eurovision vivo em outro release, já estão garantidas na próxima mixtape, sério. @_@

    1. deboches a parte, eu acho davichi uma coisa bonitinha de se ver com MV, mas eu nunca tenho coragem de baixar nada delas porque todas as faixas. são. iguais. (baladas bonitinhas e bem cantadas, mas iguais)

  5. Eu estou vendo que você está abrindo seu coração pro mundo musical dos otakus gordos e babões que estão aqui só pelas menininhas virginias levantando as saias. Fico orgulhoso, venha mesmo para a luz meu amigo, logo esse blog estará repleto de GFRIEND, AKB48 (e todos os sister groups), Nogizaka46, MomocloZ, Passpo, BABYMETAL, Ebisu Muscats, Denpagumi.inc e você estará com 100kg como eu!!!!

    Não foi irônico, eu espero mesmo que isso aconteça (menos a parte dos 100kg, isso você pode deixar pra mim).

      1. Quando você menos esperar seu espírito vai estar tomado pela virgindade gorda de um bom otaku que conheceu música asiática por causa de Naruto e vai estar assistindo horas e horas de apresentações de grupos no Tokyo Idol Festival enquanto ama cada uma daquelas meninas que nem ao menos ainda menstruaram (ou menstruaram mas não parecem porque essas japas têm cara de 15 anos mesmo tendo 30). É um caminho sem volta, mas vá na fé, jovem Padawan!

  6. “05. GFRIEND – NEVERLAND: SIM, UMA TERCEIRA FAIXA DO MINI DE GFRIEND, PORQUE ELE COMO UM TODO FOI FLAWLESSSSS. Neverland deveria ter sido guardada pra ser usada de segundo single no verão 2015, com elas servindo piranhas aegyo inocentes pulando de maiôs na praia realness, de maneira angelical e totalmente não apelona. Muito melhor que Darling. Muito melhor que Touch My Body. Muito melhor que todos os verão concept de 2014.”

    OH. MEU. DEUS.
    Me abrace, pois me senti bem assim com Neverland, e ainda me sinto, depois das minhas 500 execuções dessa música sensacional.

  7. Gente, só eu gostei de Drama??? Depois desse comeback eu até comecei a procurar mais do grupo e reconheço que já tiveram singles melhores quando ainda eram “Nine Muses” kkkk mas viciei demais em Drama ❤ Euaerin divaaa *-*

  8. GFriend irá dominar o mundo, espero que elas se tornem modelos da coleguinha Jessica para a marca de oculos de feira.
    Standing Egg tem uma musica super gostosa de se ouvi, é com a atriz e cantora de bar Park Shin Hye.
    Falando em APink, elas beijam os pés das SNSD8 e adoram copiar elas,mas Gurias8 copiaram as ARosa quando ficaram com uma a menos, fazer oq o mundo da voltas, literalmente e praticamente.
    Chocada com Crazy na sua lista…

    Menção honrosa pra Davichi que esta em primeiro nos charts com mais um musica triste, so q filmada no exterior cheio de nevoa a.k.a Paris, eu acho

    1. Foi Budapeste mesmo, a viagem pra Paris delas foi mais pra debochar da MBK mostrando que elas são rycas e podem ir pra Paris pra ostentar ao invés de gravar photobook para um album remix horroroso tipo

  9. Satus: ainda tentando entender se você realmente acha que é a Jessica no GFRIEND
    As gurias são boas, de fato tem uma guria que parece a Sica mas não é ela, eu também achei que fosse mas depois descobri que não é… Então espero que você esteja apenas zoando e.e

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s