MINI ALBUM REVIEW: Amber – Beautiful

fx-amber-beautiful_solo_704

Depois de tantos EPs solos de integrantes de boybands da SM, ter esse EP de Amber anunciado foi uma grata surpresa. Ela é de longe uma das mais icônicas mulheres na cena capopeira, então ouvir um trabalho autoral solo vindo dela era algo digno de expectativa. Infelizmente o lead single foi catastrófico, mas Amber tem mais quatro faixas pra tentar #saveface. Será que ela conseguiu? Ou tá tudo terrível? Des.cu.bram. agora. @_@

 

Beautiful, a música, é extremamente chocante, por ser exatamente o contrário do que se esperaria de Amber. Nada lelek, nada badass, nada descontraída. É uma faixa romântica e direta, que mostra o quanto a voz dela pode ser mais doce e elegante do que eu imaginaria, casando totalmente com o violão da backtrack. É uma introdução inesperada pro mini, e uma realmente promissora. Uma pena que logo depois tenhamos o lead single, né. 

 

Depois de Beautiful, ouvir Shake That Brass (feat. Taeyeon) é algo extremamente confuso. Uma faixa destoa tanto da outra que fica difícil de se acreditar que alguém tenha achado que essa tracklist tenha sido uma boa ideia. E o problema não está somente nas disparidades entre a musicalidade das duas faixas, mas sim no fato de Shake That Brass ser fraquíssima. Como eu disse na minha análise do music video, o uso dos trompetes é divertido e dá personalidade pra música, mas os “na na na na” destoam demais da melodia principal, a participação de Taeyeon é extremamente supérflua, os raps de Amber sem graça e o refrão com os “Balance esse trombone” embaraçosos. Nem o MV inspirado consegue salvar essa faixa da mediocridade, o que é realmente uma pena.

Depois de uma balada acústica e introspectiva e de um hip hop retrô, o que teríamos a seguir senão uma faixa pop bonitinha e que cheira a filler? Com Love Run, mais uma vez o mini tem uma guinada abrupta. O vocal dela está mais suave como em Beautiful e assim como na faixa 1 a letra apresenta uma Amber extremamente carente e querendo que sua menina a aceite de volta. Não é o que se esperaria dela num primeiro momento, mas funciona.

Chacoalhando as coisas mais uma vez, Heights é um dance pop que dá para Amber a chance de gritar por cima de um batidão como se ela fosse uma diva gostosa vestida em couro com apliques até a cintura e dançando sua coreô enquanto se roça em Hong Jong Hyun no MV. É mais uma faixa que não entrega o que eu imaginaria de Amber, mas que ainda assim é a minha favorita do EP (é uma batalha difícil entre ela e Beautiful, mas acho que essa aqui ganha). E depois de Heights, o mini basicamente acabou. Sim, isso mesmo. Afinal, Just Wanna (feat. Eric Nam) é um remake em inglês de Goodbye Summer (que ela escreveu/produziu pro Pink Tape), só que com Eric Nam presente no lugar de um qualquer do EXO pra dar uma refrescada numa faixa que já tem dois anos de idade. Mas, sendo honesto, é difícil não vê-la como sendo uma bonus track e nada mais.

É difícil dar uma nota final pra esse debut de Amber, porque tudo parece desconexo demais. Shake That Brossta é um hip hop ruim, Beautiful é balada, Heights é dance pop… nenhuma das faixas se parece, e apesar disso ser uma qualidade positiva na maioria das vezes, no caso desse debut a impressão que fica é que o lead single destoa demais de todo o resto. E não só em qualidade (todo o resto é bom, tirando Shake That Brass), mas sim em estilo mesmo. Não existe elemento que una o single ao resto do EP, o que faz dele ainda mais dispensável.

Um outro problema é que fora Shake That Brass não temos um lelek concept vindo de Amber, então acabamos com um EP bom, mas que de maneira alguma casa com a imagem dela (é como se YoungJi lançasse um solo de HEAVY METAL fora de Kara, por ex). Enfim, Beautiful tem faixas ótimas, mas o resultado final é confuso demais. Talvez se tivéssemos mais faixas as coisas ficassem mais coesas, mas do jeito que está parece que a SM correu com o lançamento do mini, não dando para Amber tempo o suficiente para entregar um trabalho redondo. Por conta disso, eu dou um 7,0 pra Beautiful, e mais pela amizade do que por qualquer coisa. D:

PS.: ouvi o mini de novo e nem pela amizade consegui manter o 7,0. Não dá, tá irregular demais. D:

DESTAQUES: Beautiful e Heights.

MEIA BOCA: Shake That Brass (feat Taeyeon).

MAIS F(X): Pink Tape / Red Light.

30 comentários em “MINI ALBUM REVIEW: Amber – Beautiful

  1. Se fosse qualquer outra biscatinha da SM ou uma randômica coreana lançando esse mini, eu com certeza iria gostar, mas não a Amber, eu sei que por ela algo melhor teria sido lançado. Acho q isso foi feito as pressas para abocanhar a popularidade que ela vem ganhando com a participação dela no programa que fez a Hyeri ser mais q apenas uma integrante do Girl’s Day.
    Bruno, vc curte Marina & The Diamonds? Bem que ela poderia aparecer por aqui.

  2. Bruno cê viu que as gordinhas maravilhosas da JYP fizeram comeback? Mais uma vez a JYP não dando uma foda pra elas duas e nem se dando ao trabalho de fazer um mv pro single. :d

    1. Opinião bem diferente da minha. A música é a melhor do segundo álbum, a ideia do clipe é ótima, mas a execução é puro vergonha alheia concept. A atuação é um cocô – destaque para Ariana que após todos esses anos continua sendo uma bosta de atriz – e os efeitos especiais conseguem ser tão ruins quanto os de Break Free, mas naquele tinha o fator zueira. Sério, tem artistas indie que lançam clipe com efeitos melhores que esse.
      E cadê o sentido na história? Ela andando de um lado pro outro sem rumo e sem expressão facial quando o mundo tá acabando? E QUAL A NECESSIDADE DAQUELA CENA DO CASACO SE ILUMINANDO NO ESCURO???

  3. 7? Are you fucking kidding me!? Esse lixo merecia um 3 e ainda estou sendo muito generoso… só não merece um zero porque nossa salvadora Taeyeon fez uma caridade para essa sapatão flopada.

    1. Ate parece q essa mina do SNSD salva alguma coisa kkkkk.
      O mini eh fraco sim, o ponto alto fica com Love Run mesmo. STB eh uma música legalzinha, só q eh muito repetitiva e tem um refrão mega vazio.

  4. Nossa, foi a mesma impressão que eu tive, quando eu passei as faixas pela primeira vez. Faltou coesão.
    Ouvir Beautiful depois de ter visto o MV foi um choque. Até lembrei de alguém comentando da Amber ser a Maria Gadú coreana e aquele vídeo zoeiro do que seria a tracklist, que incluía a icônica Shimbalaiê! 😄 Foi bom pra gente saber que, de repente, ela pode vir fazer um feat. com Ana Carolina e Seu Jorge num acusticuzinho… Hehehe
    Brincadeiras à parte, esse solo foi o que eu temia: muita expectativa para uma realidade decepcionante. 😦
    Ela poderia aprender com a Sunmi e aquela outra Wonder Girl como fazer uma obra coerente com a imagem e a capacidade delas. Não que seja meu estilo, mas fazia sentido, sei lá. Ah, e a Gain também. Eu tinha gostado tanto daquele primeiro solo, o dos tangos…
    Enfim, Amber. Não desenime! De repente, o que você precisa é mudar de casa. Já pensou numa faixa futura começando com um sussurro “this is djai-uai-pí” num feat. com Jo Kwon de drag? Kkkkk

    1. Cover? gato, Queendy é muito melhor de se ver do que duas sapatonas nojentas se esfregando numa música podre com batidas de 2013 quando coisas como WIGGLE jason derulo faziam sucesso.
      se poupa, que agora é a era BLONDE GIRL e a SM só quer promover as rainhas.
      blonde girl is coming para foder o cuzinho dos haters bem devargazinho sem ky

      1. promover ou tapa buracos ? por que até aqui só serviram para isso,quem sabe se rolar um processo elas ganhem um single digital né ? ou até uma disband,ai pode esperar um mini album para a alegria da fanbase que são 2 ? 3 ? quem sabe…

  5. Foi muito bonzinho 😠 Eu esperava tanto desse mini 😭 Quando vi que o lead single era terrível e que as outras faixas eram ‘boas’ e só, fiquei muito decepcionado. Eu daria uma nota menor que a de Mr. Mr.

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s