Boybands de duzentos anos atrás estão de volta. Colocam os menininhos em seus devidos lugares.

Eis que ontem Han Guk e Nihon viram o retorno de boybands de mil anos de idade em seus territórios (no caso, Shinhwa e EXILE, respectivamente), para mostrar para bandinhas mais novas o que atos com quase duas décadas de carreira são capazes de fazer, mesmo quando estão trabalhando no automático. Shinwha voltou com Sniper e EXILE com Dance Into Fantasy, e apesar dos resultados finais serem tremendamente diferentes entre si, eles são igualmente sólidos. Primeiro, fiquem com o porygon concept do EXILE, que consegue a proeza de ser básico e ainda assim ótimo:

ATSUSHI é meu bias no EXILE por ser um tiozão seboso de óculos escuros tosquíssimo com uma tintura loira terrível possuir uma voz angelical, mas foi interessante ver novamente um vídeo em que os dançarinos foram o centro das atenções e puderam fazer merdas intricadíssimas em cenários que basicamente não se repetem, sem ter que se preocupar em deixar a coreografia mais estúpida pros vocalistas não serem eclipsados. Isso nos dá a chance de ter momentos feito esse aqui de John Travolta realness:

e esse aqui, que parece saído de algum jogo de luta:

e, claro, o que quer que isso seja:

A música por sua vez foi o ponto fraco da coisa toda, sendo uma farofazinha com elementos disco/funk e uns vocoder aqui e ali, mas sem muito diferencial. Não há nada de especial aqui, e honestamente parece que deram uma faixa descartada de 3JSB pro ATSUSHI cantar e pronto. Mas casado com o PV tudo fica tão melhor que não tem nem graça. Dance Into Fantasy não será um single propriamente dito, sendo apenas uma album track do novo álbum deles (que sai em 25 de Março). Então mp3 disso só daqui um mês. O single do Shinhwa entretanto já foi lançado junto do 666° álbum deles, WE:

Um ato de k-pop estar vivo por quase dezoito anos é uma anomalia tão grande que só isso já faria esse comeback digno de nota. Mas o que faz esse clipe realmente valer são os cenários e o fato de todos terem totalmente convencido como badassess sedutores que tão traçando as xoxota tudo, coisa que quase sempre fica constrangedora nesses clipes de kpop:

Esse cenário dos pássaros e o da cozinha estão especialmente impressionantes.

Assim como no caso do EXILE, a música é o menor dos fatores aqui, também sendo apenas um pano de fundo competente pra um clipe legal. E assim como o EXILE esfregou na cara de coisas como kis-my-ft2 que refinamento e polidez são coisas que não são facilmente simuladas e só vem com experiência, Shinhwa faz o mesmo com EXO, VIXX, B.A.P, e todas as trezentas boybands que debutam anualmente na Coreia. São poucas as bandas que conseguem sair ilesas do deboche quando comparadas ao que temos aí, dá realmente pra contar nos dedos (vocês estão nesses dedos, cassiopeia, então não me ataquem. Abs).

Anúncios

39 comentários em “Boybands de duzentos anos atrás estão de volta. Colocam os menininhos em seus devidos lugares.

  1. Não tive desprendimento o suficiente pra ver o PV do Exile, só vi os gifs, então gostaria de fazer uma pergunta: o grupo tem essas quinze milhões de pessoas mesmo?

    “vocês estão nesses dedos, cassiopeia, então não me ataquem” HAUAHAUAH o aviso pra não acordar com a boca cheia de formigas no dia seguinte ❤ euzinha sou cassiopeia, mas gosto de chamar o fandom de CASSIOPATAS *O*

    1. huahauahuahauahauhaa, vou usar cassiopatas daqui pra frente, com ctz.

      E na vdd o grupo tem MAIS GENTE do que tá aí no vídeo. Aí tem 14, mas no total são 19. Os vocalistas ficaram todos de fora do PV pro destaque serem só os dançarinos. :v

      1. O grupo é dividido MESMO em vocalistas/dançarinos? HUAHAUHA o Japão tornando as divisões claramente óbvias enquanto na Coreia nós temos que acreditar quando alguém diz que é “main dancer/sub vocal” quando obviamente nem SUB a pessoa é =)

        1. Sim kkkkkk No caso do EXILE tem 2 q só cantam (Atsushi e o Takahiro), e tem mais 2 q cantam e dançam (Shokichi e Nesmith), o resto é td dancer (e nas horas vagas são atores tbm).
          No caso do Shokichi e do Nesmith eles não cantam em todas musicas do EXILE.

  2. Adoro EXILE desde a época daquela colaboração com o GLAY por eles conseguirem me fazer sentir uma vergonha alheia maior do que todos as bandas de visual kei que eu curto juntas e por mesmo com essa sonoridade mais “pop”, eles terem de alguma forma me conquistado.
    Agora os coreanos eu nem vi porque aprendi com Babymetal que praticar bullying não é legal.

  3. Sabia que o integrante mais novo do EXILE é um mero garoto de 1995???? Ano passado eles fizeram uma audição pra escolher novos integrantes (dançarinos) pro grupo e bem, entrou gente do 3JSB e Generations, mas entrou essa icônica figura. Isso é tipo eu formando uma girlband com minha mãe e minhas tias.

    1. Sim, eu vi que escolheram mais cinco pra entrar, porque o line-up não tava inflado o suficiente pelo visto. Mas eu não sabia que tinha uma criança no meio deles, o que deixa tudo ainda melhor. ❤

  4. Nossinhora.. Parece que deram umas dorgas pros ojisan e disseram: “vai, faz qualquer coisa aí que depois a gente bota música e uns trem doido passando no fundo”… O_o
    Gostei do Hadouken concept! 😄
    Quanto aos tios bibimbap, tentaram dar ~ menos ~ pinta desta vez. Devem ter tampado a cara das modelos para disfarçar o constrangimento da tentativa de sensualização dos caras… E coitadas! Tão magrinhas, que de frente parecem de lado e de lado somem… Conheço bem o drama -_-‘
    Ambas as músicas em sintonia com os vídeos, mas esquecíveis. Só pra gente assistir e pensar: “nossa, ainda estão vivos!”

  5. Esses MVs tão classudos demais pro meu gosto. No aguardo de algum boy group lançar algo no nível do GIRA PINTO CONCEPT em 2015 \o/

  6. Saiu o PV de WALK OF MY LIFE da Kodão, parece aqueles clipes americanos pra trilha sonora de filme, onde tem cenas da cantora dublando a música na frente de um cenário qualquer, e do nada aparecem umas cenas aleatórias do filme. (Também parece uma versão 2015 de ”ousada e deliciosa”, só que sem as cenas incríveis do povo olhando pra Ayumi tipo ”Quem é isso?”, o que é uma pena 😦 )

    1. Kumi já liberou mais um PV desse álbum (A musica ta melhor, mas é mais uma vez Kodão sendo Kodão e reciclando pela 1000x a mesma faixa rampeira de sempre)

      E Tia Ayu já tratou de vazar metade do álbum pro povão pq estratégia de marketing pra essa daí é coisa do passado kkkkkkkkkk E, bom, “A ONE” é best album disfarçado de full album porque ela praticamente pegou músicas da época que ela vendia 1kk com os álbuns e mudou a letra pra chegar a esse retrocesso sem nenhum pancadão Lelio dj just wanna have fun na bagaça

  7. Eu amei Sniper, não foi o q eu esperava mais me surpreendeu. E o album está muito bom. O bom do Shinhwa é que eles produzem bem o album deles e não fazem igual a maioria das agencias, fazem uma boa produção pra ser o single e enche o album com filler.
    Eu to in love com o EXILE ultimamente, nao sei o q esperar das poucas musicas ineditas q terão no album. Quase um WHOS BACK kkkkkkkkk
    Eu gostei do clipe dando destaque so pros dancers, coisa q eles sempre fazem. Mais das ineditas eu gostei mais desse single abaixo.

  8. Eu só fiquei gamada naqueles pássaros lá, não prestei atenção em mais nada.
    Já soube da série de um daqueles canais adolescentes aleatórios inspirada em k-pop? Parece uma bosta, mas quero ver.
    p.s.: não sei se ouve Marina, mas o Froot tá uma delícia

    1. Eu vi dessa série da nickelodeon aí e os meus níveis de vergonha alheia foram na estratosfera.

      E eu sou indiferente à Marina dos Diamantes, mas curti o single vintage dela que tá servindo de lead do álbum. @_@

  9. Esse comeback do EXILE me lembrou quando eu conheci o namorado japonês da minha amiga (sério, ele é japonês mesmo, ele não consegue falar o “L” direito, risos) e comentei que eu achava a voz do ATSUSHI foda, e ele começou a ter um ataque de fanboy dizendo que EXILE é maravilhoso, etc. Só que eu cometi o erro de comentar que eu achava meio seboso ficar usando óculos escuros na chuva e lentes de contato azuis fabricadas na China e o namorado da minha amiga ficou CINCO MINUTOS contando sobre a vida do ATSUSHI pra me convencer que faz total sentido esse véio ficar usando óculos escuros em ambientes fechados (pra mim só quem usa óculos escuros em lugares fechados são cegos e imbecis)

  10. ATSUSHI é bias de 99% do fandom do EXILE. A propósito, eles dominaram as vendas da 9ª semana de 2015 na Oricon
    Top 10 – Álbuns (2015.02.16 – 2015.02.22)

    01. [++] GENERATIONS from EXILE TRIBE – GENERATION EX
    02. [–] San Daime J Soul Brothers from EXILE TRIBE – PLANET SEVEN

      1. SIM! Postaram na página deles no Facebook culpando a CRISE ECONÔMICA e umas merdas assim num texto que parece ter sido escrito por Rebecca. Só faltou dizer que é culpa da Dilma.

        Não esqueça de olhar os comentários.

        1. Nossa, acabei de gastar 32 minutos lendo os comentários, eles tão giving me life demais. Só faltou aparecer algum blackjack dizendo que eles eram copycats de 2ne1 ou um sone dizendo que eles copiavam soshi ou outra delícia dessas <333333

        2. “mas devido a crise financeira do pais, o mercado de show business está na baixa.”

          HUHAUAH ❤ o PT sendo culpado até do disband do Champs ❤

  11. Nossa, eu nem sabia que o Shinhwa era tão velho assim. Minha cabeça de criança que nasceu em 96 não está assimilando que existe bandinhas de k-pop que existam a tanto tempo assim @__@

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s