MIXTAPE – FEVEREIRO ’15

MIX14-FEBRUARY15

Depois do meu blog ficar sem atualizações por conta do monitor-gate que me fodeu e me deixou apenas com a internet horrível do celular por quatro. fucking. dias, voltamos aos serviços normais ontem. E tirando o atraso, fiquem com minha seleção do que houve de melhor em fevereiro de 2015. Se vocês acharem que faltou alguma coisa, só reclamar aí embaixo como sempre, FLWVLW.

01. CAPSULE – WAVE RUNNER: O álbum do Capsule foi uma decepção, mas essa intro aqui com MEDONER e NEKCI MENIJ conversando enquanto Nakata está prestes a lançar um foguete da NASA num futuro retrô abriu WAVE RUNNER maravilhosamente bem. Uma pena que depois disso as coisas tenham ido ralo abaixo, mas essa intro com certeza se salvou.

02. AYUZÃO – MOVIN’ ON WITHOUT YOU: Eu tava vendo ontem e notei que até hoje ainda não tinha premiado Ayu com seu cover de Utada com uma aparição em mixtape, sendo que isso é de DEZEMBRO. Então eu resolvi ligar o foda-se e enfiar isso aqui de qualquer jeito. Afinal, quais são as chances do álbum dela do mês que vem produzir material bom pra mixtapes futuras? Quase nulas, né? Então toma aí esse osso de misericórdia, Ayu. :v

http://www.dailymotion.com/video/x2i5phu_flower-x-little-mix-dreamin-together_music

 

03. FLOWER – SONHANDO JUNTO (feat. BRITÂNICAS MAL MAQUIADAS): Dreamin’ Together numa primeira ouvida me pareceu a coisa mais básica da terra, e até hoje eu não consigo entender por que alguém achou que juntar Flower e Little Mix seria uma boa ideia. Mas tempo passou e as contínuas ouvidas me fizeram perdoar a música e eu até passei a gostar dela. E é basicamente assim que funciona com música básica, né? Se passa a gostar por conta da super-exposição (a carreira inteira de Katy Perry se baseia nessa tática, por ex.).

04. RAINBOW – PIERROT: O refrão de Pierrot é revoltantemente mais fraco do que os versos, que insinuam uma faixa twerktástica. Daí me aparecem aqueles teuteureuteuteu e a vontade é mandar as sete e a DSP tomarem no cu. Mas os versos são tão bons que mesmo com o refrão anêmico Pierrot é um dos grandes destaques do novo EP delas (e da discografia também, que sejamos honestos, no caso de Rainbow é bem bosta).

05. CAPSULE – ANOTHER WORLD: Tá, isso aqui é só uma regravação em japonês de Summer do Calvin Harris (até o clipe é parecido), mas ainda assim tá valendo muito mais do que boa parte do WAVE RUNNER. Eu pretendo postar uma review do álbum futuramente, mas já fica aqui marcada com antecedência a revolta com a meia boquice da coisa toda.

 

06. SHIINA RINGO – A LIFE SUPREME: Shiina gostosa resolveu voltar pro rock depois de seus últimos singles mais introspectivos e acabou por entregar uma faixa triunfante e com um vocal muito mais potente do que o daquela faixa intimista em que ela cai da cadeira, por exemplo. Sem contar que o cabelo de sapatão nervosa ficou ótimo nela. Melhor comeback, melhor pessoa.

07. AMBER – BEAUTIFUL: Falando em sapatas, acho que todos ainda estamos em choque com Amberzão sendo introspectiva no single promocional do seu EP, né? Quem diria que a voz dela seria tão doce assim? Quem diria que ela lançaria algo acompanhada de um violão e mais nada? Poisé, muitos choques. Claro que todos essas surpresas foram eclipsadas pelo choque de QUÃO RUIM o lead single conseguiu ser, mas isso é outra história. @_@

08. RAINBOW – BLACK SWAN: O k-pop foi salvo pela última vez por Rainbow com Black Swan, que foi criminalmente ignorada pelos corebas, não conseguindo nem um top40 na GAON. Também, a DSP resolveu lançar um concept de inverno no começo da primavera, e justamente no momento de dominação do aegyo. Claro que daria merda. Mas flopando ou não, Black Swan é uma faixa elegante e que ousou em sua estrutura na dose certa, um dos melhores idol pop do ano até aqui de longe.

09. NEGOTO – endless: Eu nunca dei muita foda pra negoto porque Perfume já supria minha cota de mocreias japonesas de voz fina, mas esse último single delas ultrapassou todas as minhas expectativas, entregando sakanaction realness com tons suaves de Nakata aqui e ali. Claro que não tem vídeo embedado aí em cima (vejam aqui o clipe futurista-retrô da delícia) pra vocês porque ~cool Japan~ é uma mentira e nem no youtube essa merda está. Vsfdr.

10. JOO HYO & HA:TFELT – THERE MUST BE: Se eu for ser totalmente honesto, esse feat de Yenny com um qualquer aí não passa de uma daquelas baladinhas bonitinhas água-com-açúcar coreanas que eu não dou uma foda, mas como stan oficial de Yenny e da carreira solo dela como SI:NCERA, eu enfiei There Must Be na compilação de fevereiro em respeito a ela, quase como uma maneira de enviar energias positivas pra ganharmos um segundo álbum de estúdio em breve. ❤

 

11. GUCKKASTEN – TRANSFORMATION: Eu não sabia que essa banda existia (meu conhecimento de k-rock é praticamente nulo), mas depois dos álbuns do Imagine Dragons e do KODALINE serem meia boquíssimas, eu fiquei sem rumo e corri atrás de delícias indies e pedantes pra sanar minha deficiência de pseudo-rock. Daí eu descobri esse Guckkasten no Asian Junkie e fiquei chocado com o clipe EXCELENTE e com o fato do tom psicodélico não ser exclusivo do clipe, mas estar presente na faixa também.

12. RAINBOW – A LITTLE MORE: Os vocais suspirados, o reverberar de trovões ao fundo, o r&b retrô e a letra safada que vemos em A Little More serviram como uma luva pra fechar o EP de Rainbow. Podemos dizer com segurança que elas entregaram a fuck track do ano até aqui com essa A Little More. As strippers coreanas agradecem por mais essa pro repertório delas.

13. SHINHWA – SNIPER: Os assobios fazem essa faixa ser o que ela é. O uso deles na intro prende sua atenção instantaneamente, e o instrumental (que contem um mano mandando um beatbox) te segura até o final. Sniper funciona melhor com o clipe, mas até sem ele tem seus méritos. Tchau, EXO.

 

14. MISIA – WHITE SEASON: Vocês podem não ligar pra isso, mas eu ESTOU AQUI pra ouvir uma japa quarentona cantando uma balada de cinco minutos de duração sobre o inverno, fazendo aquela mocreia de Frozen tomar no cu só por comparação. Sim, estou ciente do meu double standards ao odiar baladas coreanas em sua maioria mas ter um soft spot por baladas japonesas. Acho que é síndrome de ending de anime, não sei. O que eu sei é que eu lavei uma louça outro dia e essa maravilha tocou no shuffle e aquela panela nunca foi tão bem aerada quanto naquele dia. Desde então eu acredito que eu e MISIA possuímos uma conexão especial, uma que faz dessa balada mais do que uma versão japa de alguma canção disney. Tem algo de brega e exageradamente passional em White Season que faz a coisa toda funcionar. Vejam a véia com uma colmeia na cabeça no clipe aí em cima e veja se funciona pra vocês também.

15. 4MINUTE – TICKLE TICKLE TICKLE: Isso aqui é 4MINUTE entregando sua versão de Blurred Lines, só que sem um misógino babaca dizendo que tem uma piroca gigante pela faixa toda. No caso, temos HyunA e suas amigas cantando sobre quererem uma piroca gigante fazendo cócegas nelas. Aí a coisa funciona muito melhor, obviamente.

16. LIZZY & PARK MYONGSOO – GOODBYE PMS: Eu não vou mentir, TCHAUZINHO TPM sem o clipe é uma merda. Mas eu não poderia negar uma vaguinha pra ela na compilação de fevereiro só pela qualidade inegável do clipe, então toma aí sua cota, Lizzy.

17. MAX – HEARTBREAKER: Essa aqui passou totalmente batida por mim em janeiro porque as obasan do MAX não tem apoio nenhum da merdavex e nem garantiram PV ou uma passada no Raul Gil pra divulgar esse single. Uma pena, porque Heartbreaker é AINDA MAIS uma faixa latina caliente vinda delas. Provavelmente é plágio de alguma coisa como sempre, mas dessa vez eu ainda não identifiquei do quê. O que importa é que elas precisam lançar um álbum logo. Porque esses três singles desde Tacata’ foram divinos.

 

18. JESSI, CHEETAH & KANGNAM – MY TYPE:  Unpretty Rapstar já tinha se provado uma delícia pelos deboches, mas algo crucial estava faltando no programa nos dois primeiros episódios: uma música excelente pras gostosas cuspirem por cima (aquela da YukJiDam com o Zico foi um lixo). My Type é exatamente isso e dá pra dois dos grandes destaques do programa a chance de serem sassy enquanto aquele cara da tintura horrível do MIB manda o refrão. Muito bom. @_@

19. AMBER – HEIGHTS: O EP de Amber foi uma bosta tão grande que nem pela amizade eu consegui manter o meu sete inicial na review do álbum e editei o post pra mudar pra um cinco, só pela vergonha causada por Shake That Brossta. Mas Heights por sua vez é um dance pop básico pra caralho, mas um que por comparação a Shake That Brossta parece muito melhor do que é de verdade. Então tá aparecendo aqui no lugar do single oficial em forma de protesto e panelaço pela lambança que foi o debut de Amber.

20. 4MINUTE – CRAZY: Isso aqui foi tão inesperado que até agora eu não sei bem o que me atingiu. 4MINUTE abandonou Brave Brothers de lado e magicamente voltou a prestar, entregando um farofão épico e que já se consagrou como a melhor coisa na discografia delas (e também como top10 do ano até aqui, vejamos se a posição se mantém até o fim de 2015).

LINK ESPERTO

E foi isso de fevereiro. Por enquanto o começo desse ano tá bem mais forte do que o começo de 2014 foi, hein? Será que teremos um ❤ 2011 ❤ pela frente novamente? Rezem pra kami-sama desde já, grato.

46 comentários em “MIXTAPE – FEVEREIRO ’15

  1. MISIA é foda mesmo. Sei lá, essas japas velhas de guerra (quase) nunca decepcionam e sempre lançam algo que nos faz gostar mesmo sendo coisas meia-boca (AI ❤ com seu MORIAGARO que me digam). A propósito, souberam que a Maaya Sakamoto ❤ deu uma de Utadão e vai lançar um álbum tributo á sua própria carreira? Vai ter até uma louca lá do AKB48.

      1. E eu achando isso de fazer tributo ainda em atividade uma coisa surreal na época que YUI fez isso antes de ficar esclerosada ou coisa assim lá por 2011. Pelo visto é a coisa mais normal no Japão

  2. Ahhhhh tinha que ter a HA:TFELT ❤ amei essa balada dela, coisa que é to difícil de eu engolir ~ baladas coreanas ~ e super valeu ela estar na lista *O* Aguardando o próximo Mixtape pra ver meu Junsu sambando na lista junto com a Shannon ❤
    Obs.: irei procurar essa música da Misia, faz anos que n escuto nada novo dela =P

      1. É porque, pelo o que entendi, isso ai na verdade é uma B-SIDE do álbum, que foi escolhida faz 1 semana como title track (Aliás, aparentemente, Minah ainda tá DECORANDO A COREOGRAFIA do negócio), que na verdade ia ser uma balada, como era esperado. Vamos esperar pra ver como vai tar esse álbum né.

  3. Tá tão foda só gostar de gente velha no Japão que essa do MAX deve ter sido a 2ª música que baixei no nihon esse ano (Considerando que baixei o Wave Runner e 3 singles, basicamente). Espero que Kouda venha abençoar tudo com a caminhada da vida dela pfvr

    Quanto a K-music está maravilhosa esse ano tanto em música quanto em entretenimento através de reality show, mas continuo achando essa Pato preto do Arco Iris meia boca, vlw flw

    1. Aliás, Kouda Kuumi passou a liberar prévias do novo álbum, 1 por dia até a bomba sair, e pelo visto tá tudo óbvio de novo: Saiu a interlude obrigatória em todo álbum

      o rock de Avril Lavigne pré Hello Kitty

      e a b-side do single de verão que foi descartada para preencher álbum posteriormente (Sometimes Dreams Come True), que saiu faz uns 10 minutos no site da bicha

  4. “O que eu sei é que eu lavei uma louça outro dia e essa maravilha tocou no shuffle e aquela panela nunca foi tão bem aerada quanto naquele dia.”

    HUAHAUAH uma panela bem aerada é o melhor motivo pra se curtir uma música (esse e o que eu uso, que é “me animar enquanto varro a calçada”)

  5. Red Velvet por algum acaso é Morning Musume agora?
    Adicionaram a Yeri lá e já jogaram na roda que a cor oficial dela é Roxo
    Sm teve aulinhas no japão

  6. Essas listão são uma das maiores razões de eu amar o blog.

    Eu acabo conhecendo coisas que normalmente não estariam no meu radar.

    Como há descrições, eu também posso saber exatamente o que pode interessar ou não.

    🙂

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s