Sub-unit do Block B debuta com o estúpido nome BASTARZ. Usam o badass genérico concept.

vlcsnap-2015-04-13-13h07m25s89

Aí que o Block B estava pra lançar uma sub-unit (ou “spin off” como eles decidiram chamar o projeto) por esses dias, e eu estava relativamente empolgado pra isso. Afinal, nesses tempos de vacas magras de lançamentos bons vindos de boybands, eles eram uma lufada de ar fresco debochando dos badass concepts (vide aquele clipe deles assaltando um banco) e lançando coisa ótima feito Her. Então quando essa “Conduct Zero” saiu, eu fui correndo assistir pra ver que tipo de crítica ao lugar comum teríamos dessa vez e… é, poisé:

Olha, eu não vou mentir. A música é boa e o clipe com os vampiros fodões tá bem feito e tal, mas quando se trata de Block B eu esperava mais. Eu esperava algum tipo de subtexto, algo implícito que demonstrasse que eles não são badass aqui só por serem badass, como ocorreu nos últimos releases deles. Mas não.

Edward oppa, daebak*-*

Não há nada aqui que indique que isso é uma piada, é tudo bem direto, na verdade. E no caso deles, isso meio que parece trair a causa. Passar de boyband que critica o lugar comum para uma que está BEM NO MEIO DO LUGAR COMUM é totalmente inaceitável. Tá que BADARZS é só uma sub-unit, mas eles ainda representam a marca Block B e por conta disso eu tinha expectativas mais altas. Agora, sabem o que é irônico? Alguém entregou exatamente o que eu esperava que Block B entregasse, o misto de badass irônico com self awareness. Sabe quem? Ninguém menos que os flop gods do ❤ CROSS GENE ❤ , que entregaram Block B melhor do que Block B para seu novo single, Play with me:

 

Eles sempre rendem pela tosqueira (never forget o gira-pinto concept e o jutsu-versus-zumbis concept), e isso é mais um vez verdade com esse release. Os figurinos excessivamente ridículos, o humor, o badass desconstruído concept e um club banger melhor do que o dessa sub-unit de nome estúpido. Tudo isso junto cria um pacote mais memorável que o de BADAZ.

HUAHAUAHUAHAUAHA, o mano recusando o fanservice com esse cosplay de L do Death Note /o/

VAI, CROSS GENE. De release tosco em release tosco, eles continuam a ser minha boyband favorita pra ser fã ironicamente. E se eles continuarem nesse ritmo, a linha entre “stan irônico” e “fã de verdade” continuará a ficar cada vez. mais. cinzenta. Saldo geral: duas músicas legalzinhas, mas uma com um clipe decepcionante e outra com um além das expectativas. @_@

66 comentários em “Sub-unit do Block B debuta com o estúpido nome BASTARZ. Usam o badass genérico concept.

  1. Desculpa informar, Bruno, mas Block B nunca criticou o badass concept, não. Para mim, a grande diferença é que as outras boybands tentam um apelo exclusivamente para o público feminino, enquanto eles fazem para o público masculino também (e conseguem, pelo menos na Coreia), a abordagem que cria um diferencial neles. Sem contar que Zico era rapper underground, se alguma coisa eles é quem são os badass de verdade, não as outras (menos BTS, #loveforBTS).

    1. Eu acho que ele quis dizer debochar no sentido de fazer algo absurdo e cômico que chega ao extremo e beira ao ridículo (mas não tem como não amar <3), o que é basicamente o que eles fazem e funciona MUITO bem (e meio que é uma crítica mesmo)

      BTS ❤
      Me pergunto porquê ele nunca fala deles 😛

      1. Mas aí que está. Eles são debochados, mas não é “paródia”. Até porque pra cada Very Good e Jackpot tem um NalinA ou Freeze… Eles estariam criticando a si mesmos! Se bem que em se tratando de Block B, isso até faz sentido… É, esquece.

        1. exatamente isso aqui. Eles sempre flutuam entre crítica e auto-paródia, então quando me aparece um lugar comum (mesmo que bem feito) é meio chocante. @_@

    2. Desculpa, mas, BTS é igual a todas as outras. Começou a carreira com músicas boas e depois se rendeu a imagem de idol lançando coisas como “Boy In Luv”, forçando uma imagem badass num cenário colegial que já vimos várias e várias vezes. A única coisa que ainda salva o grupo são as Cypher, por que fora isso… [e digo isso sendo stan do Namjoon].

      1. Pior que é mesmo, tem muitos grupos que jogam o mesmo conceito deles, depois de boy in luv teve just one day e vem tudo muito cheio de conceito colegial. E eu falo isso sendo o BTS meu grupo predileto. Na minha humilde opinião o que destaca ele (pra mim) é só o carisma dos próprios integrantes..

      2. Eu acho exatamente o contrário. Antes de Boy In Luv eles eram basicamente uma versão melhorada do B.A.P. Todos os 3 primeiros minis tinham escola como tema, foi a trilogia high school ou algo assim. mas foi só a partir de Skool Luv Affair que eles começaram a definir uma identidade própria e continua sendo o mini álbum mais versátil deles tanto em imagem quanto em sonoridade. (Vamos lembrar aqui que eles fizeram o badass colegial antes do GOT7, caso sejam eles que estão sendo usados de comparação)

  2. quando vi esse comeback maravilho do Cross Gene lembrei do bolck B na hora uashuashusa sobre essa sub falo nada e nem eles tbm pq esse auto tune não da :’D

  3. Nossa falar que a música do Cross Gene foi mais marcante que a de Bastarz foi apelar pra amizade mesmo. A música do Cross Gene parece um Exile sem a super produção usual. Longe de mim falar que isso não é bom, porque é (e sou fã da exile tribe btw), mas não tem nada de marcante aí. Já o refrão desse fucking Bastarz é maravilhoso. É forte e faz tudo o que tinha que ser feito. Viciou logo na primeira ouvida. A ordem e a progressão da música em si poderia ser um pouco mais trabalhada, mas no geral, ta ótima, ta acima do nível.
    Sobre os clipes, a subunit não ficou devendo, mas também não entregou nada a mais do que prometeu (alias, entregou a menos, já que tiraram da edição final as controversas putas japonesas ou sei lá). Em compensação, o Cross Gene fez o que tinha que fazer e, como sempre, foi mais além pra deixar tudo o melhor possível. Nesse quesito eles ganharam mesmo.

    Mas daí falar que Block B é badass de verdade porque o Taff Cukeh do Zico acha que fodão é pedir demais senhor comentarista. Taewoon é trinta vezes mais “badass” que o Block B inteiro junto, pronto falei.
    E sobre o comentário das críticas que eles fazem aos ‘lugares comuns’ das boybands, eu só queria avisar que Block B é um grupo da zuera never ends, especialmente no quesito hipócrita das coisas. Eles tiram sarro deles, dos outros, do céu e inferno e não costumam se preocupar muito com isso. Noventa por cento das vezes eles tiram sarro, fazem a mesma coisa que todo mundo faz e tiram sarro de novo depois.

      1. Quando sai em DVD o que?
        Se for o Bastarz vai ser nunca, porque não é Japão.
        Se for do Exile, sai um novo a cada cinco segundos porque é Japão.
        Se for do Cross Gene, o senhor tome vergonha na cara e leia a bíblia cinco vezes para purificar sua alma, faz favor.

        1. O livro que eu escrevi? huahuahuahuahua Mas gente eu sempre escrevo livros, eu sou uma pessoa tosca que não sabe resumir nada, achei que todo mundo já tava ligado nessa parada hahaha

    1. “Block B é um grupo da zuera never ends, especialmente no quesito hipócrita das coisas. Eles tiram sarro deles, dos outros, do céu e inferno e não costumam se preocupar muito com isso. Noventa por cento das vezes eles tiram sarro, fazem a mesma coisa que todo mundo faz e tiram sarro de novo depois.”

      …é, no fim das contas acho que foi vc a acertar em cheio mesmo. @_@

  4. Que legal GD&TOP ressuscitando pra fazer um MV vampiresco

    E parabéns pro Cross Gene, só me deu um pouco de vergonha, em vez de muita, como sempre *-*

  5. Sei lá, mano. Curti a música do Bastarz (esse nome.), achei o refrão bem marcante com momentos inesperados. Só fiquei meio confusa com o MV. Foi idiota o quanto de menina tinha naquela porra lol. Gostei bastante em geral.
    Bebê-bias escreveu várias músicas do álbum… Tô gostando de ver!
    E é claro que não posso deixar de expressar meu amor pelo Pyo e a felicidade por ele finalmente ter tocado alguém além dele mesmo ❤

    1. O Zico tirou uma injeção de edm do crazy e trocou por uma injeção de techno brega e entregou isso aí pros caras. Ambas tem exatamente a mesma ordem e estrutura então faz sentido a semelhança (eu lembrei de crazy na segunda ouvida também hahaha). Só que letras e melodia são 100% diferentes, por isso que muita gente nem notou. =P

  6. Eu curti tudoooooo mesmo e quero a diva U-kwon sambando mesmo.
    O nome do grupo é uma zuera, mas a música e o MV são legais

    O maldito refrão representa toda música
    Já fiquei aleijada tentando fazer a coreografia com os ombros >.<

  7. “A música é boa e o clipe com os vampiros fodões tá bem feito e tal,…”
    “Saldo geral: duas músicas legalzinhas, mas uma com um clipe decepcionante e outra com um além das expectativas. @_@”
    Acho que você pegou um pouco pesado com esse post. Eles mereciam mais sensibilidade e empolgação sua ASHAHSHAHAS, mas enfim…
    Eu adorei tudo, Block B foi o grupo que me apresentou ao Kpop e nunca me decepcionaram até então. Muito bom ver o B-Bomb com mais tempo no vocal. Parabéns caras!!

    1. “Acho que você pegou um pouco pesado com esse post. Eles mereciam mais sensibilidade e empolgação sua”

      esse é o problema de se ter expectativas pra alguma coisa, se o grupo não salva o capope, acaba sendo decepcionante, mesmo que legalzinho.

  8. História ❤ de ❤ amor ❤ no manicômio :3 É pra aplaudir de pé, desejo o fim do flop. Já merece meu respeito só pela referência (**cof cof**) à partida épica de ping-pong de Lipstick do Orange Caramel.
    Block B tem que tomar cuidado com a síndrome de BAP — outras boybands fazendo melhor a especialidade da casa. Mas acho que Block B se supera. Mesmo esse single não sendo o mais inspirado, a produção toda do negócio tá A+.

      1. O MV completo já saiu, e eu dei umas boas risadas as custas dele ashuahsuahusha Tá MUITO bom!! Pra um ato da SM até me surpreendeu. A musica é mais legal do que eu esperava, eu acabei gostando. A Yerin foi muito bem no papel ❤ Certa hora lá eu pensei que ela ia fazer alguma coisa com ele ahsuahsuahs Mas ela é da paz parece 😄
        O Bruno tem que dar uma olhada nisso, nem que seja pra rir da tosquice da diva da SM 😄

    1. AAAAAAAAAAAAAAAAAAHAUHAUAHAUHAUAHAUAHUAHAUHAUAH MARAVILHOSOOOOOOOO. Meu blog tá cheio de posts pró-Jessica (for the lolz), tô torcendo demais pra SM dar uma ligada pra mim me oferecendo cinquentinha pra apagar os posts ❤ ❤

  9. Curti a música e o clipe em geral, mas sinto que faltou alguma coisinha… Algum deboche vindo deles, sei lá. Enfim, uma coisa é certa: Block B fazendo o básico faz melhor que muita boyband se esforçando (E sim, eu me refiro ao EXO :v)

  10. Me pergunto porque eles não lançam grupos com NOVE meninas?
    É serio, único grupo ~que conheço~ que manteve 9 integrantes por muito tempo foi SNSD. Pode ver, teve uma época que AS tinha 9. Toda vez que Nine Muses completa nove, alguma integrante pula fora. SERÁ UMA MALDIÇÃO?

    Ps.: Aliás, que nome bosta ‘OH MY GIRL (OMG)’. OMG digo eu pra tanto nome ridículo que esse coreanos botam nas coisas.

      1. São o plágio de Lovelyz, que é plagio de Apink, que por sua vez é plagio de SNSD. Resumindo, as plagiadoras da nação ❤
        ~ é O novo girl group da empresa do B1A4…. que aliás, outro nome ridículo. AF! ¬_¬

  11. Bruno, você viu isso? Dá pra acreditar que eles ficaram 11 anos sem lançar nada? huahuahua

    Eu gostei bastante, tanto música quanto mv são legais e bem feitos. E ainda tem a Hanna (que vai ser membro do icônico Pink Punk que vai debutar em 2030) fazendo uma participação marota com o um cabelo Red Velvetesco ❤

    Sério… Eu gostei muito… Tomara que tenha mais daqui a menos de 11 anos.

    1. Curti a velha guarda + Epik High com Tablo dando uma de Hippie + O menino Bobby que aparece em quase tudo que a YG lança recentemente + “membro do icônico Pink Punk que vai debutar em 2030″(muito otimista da sua parte por sinal)

    2. E quem pensava que seria o BB a lançar o primeiro comeback do ano se fudeu! YG sempre trolando…
      Mas gostei bastante do comeback dos tiozões, gostei do elevador do tempo concept haha ficou bem legal

      1. Cabelo do filho perdido de Will Smith, vulgo novinho do 1Punch :v Legal que em 1994 papa YG constrói a máquina pra tentar reconstruir o cenário da loja de tênis de basquete de Slam Dunk, só que daí em vez de roubarem o tênis do tiozinho e darem só umas moedinhas eles alugaram a loja :v Gostei do elevador mágico, eu quero um desses. Por um carro velho lá e sair uma BMW mais cara que todos os órgãos humanos no mercado negro, não é pra qualquer um :v Os Gru coreano, a Edna de os incríveis, tá lindo isso :v Os tios paz e amor, é engraçado eles de hippie já que hippies eram tidos como chegados numa maconha ASHAUSHAU Enfim, zueiras a parte :v Eu gostei da música, o MV foi muito criativo. Como disse J. IC , tomara que voltem de novo em menos de 11 anos.
        11 anos foi o tempo que a YG levou pra desenvolver a tecnologia necessária pra este MV :v /parei. Não sou fã da YG, mas isso ficou muito bom mesmo :3

  12. Eu sinceramente não gosto do Block B, não sei se é pq eu fico enjoado só de ver vários grupos coreanos querendo pagar de negão rei do hip-hop vindo do brooklyn ou pq as músicas são ruins mesmo, e com essa sub-unit não foi diferente, não gostei.

    Mas vamos falar de coisas importante? Kara vai fazer seu comeback para o mês de maio com seu sétimo mini-álbum (full album pra que ne ): )
    Notinha que eu peguei de algum site brazuca: “A empresa das meninas, DSP Entertainment disse que o grupo mostrará um lado mais maduro, e que houve troca dos funcionários responsáveis pela preparação do retorno na intenção de criar algo novo e único.” A era #revamped está chegando

  13. Enquanto isso, parece que todo mundo está esquecendo do retorno de Dalshabet :v Eu ainda não consegui superar Big Baby Baby aquilo tá impregnado em mim até hoje e__e Estou na esperança de você fazer um post sobre isso senhor Bruno :3 Ou pelo menos dar sua opinião a respeito o/ Eu gostei bastante, o MV quando eu percebo já tem acabado D:

    1. O primeiro comentário aí é o meu. Onde quer que você tenha visto o mesmo, pode acusar de plágio, porque esse blog é o único site que eu comento ._.

  14. SE FOR LER NÃO SE OFENDA, SE FOR SE OFENDER NEM LEIA

    Povo eu ri muito dos comentários acima. O que eu achei do Bastarz? Bom parece o Block B de sempre, só que sem o Zico e outros milhares de garotos para cantar uma frase da música. Nada contra ou a favor, legalzinho e tal, fim.

    Mas vamos colocar uns pingos nos “i”‘s daí dos comentários acima, tanto o BTS quanto Block B “SÃO BOYBAND DO KPOP PARA MENININHAS”, ou seja, se está esperando algo diferente do tal “badass” procure em outro gênero musical ok? Sim ambas as bandas fazem algo mais diferenciado do mel do SUJU, com as interpretações de suas letras abertas ao público, e isso que é legal, se não vai ser que nem “Lovelyz, que é plagio de Apink, que por sua vez é plagio de SNSD” (retirado de algum comentário logo acima).
    Mas em fim, as duas bandas vão fazer um ou outro clip para as menininhas do kpop, por que são elas o público alvo independente do começo da banda.

    PS: Mas no caso do BTS as músicas ficaram ainda melhores nesses novos CD’s, por favor Tomorrow é perfeita e Move então, eles tomaram uma identidade ótima nesses novos trabalhos.
    Se achou meu texto grande para ler, não reclame, eu não tenho paciência para a preguiça brasileira.

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s