MIXTAPE – MAIO ’15

MIX18-MAY15

Eis que Maio passou tão rápido que é até difícil recapitular tudo o que rolou nesse mês. Big Bang e BoA voltaram depois de uma eternidade, pesos pesados feito KARA e SHINee tiveram comeback, truqueiros feito San E e Zion.T já correram pra lançar suas versões de Some da TãoVocê, Princesa IU lançou baladinha mela cueca de rodinha de violão (confirmando que fora dos álbuns ela só faz bosta)… enfim, e isso tudo só na Coreia. Pra uma lista coesa de tudo o que me chamou atenção nesse mês, cliquem aew no leia mais. @__@

 

01. AMURO NAMIE – GOLDEN TOUCH: Namie entregou o melhor lyric video de todos os tempos para Golden Touch, e agora está colhendo os frutos disso com a viralização do mesmo. Eu esperava algo totalmente diferente pra faixa, que traz o retrô característico dela com uma letra sobre como temos o toque de ouro para masturbá-la “amá-la direito”. Eu esperava algo mais *glamour* pro clipe de uma música tão boa, mas já aprendi a aceitar esse lyric video glorificado. De longe um dos grandes destaques do _genic, junto de…

02. AMURO NAMIE – FASHIONISTA: aqui temos a Namie da era PLAY no comando, com vocais suspirados e onomatopeias nonsense do começo ao fim (no caso, os icônicos pi pi pi pi), enquanto Namie nos descreve como ela se veste bem e nos trolla com seu vestido amarelo (ou azul) no clipe. Fashionista e Golden Touch são tão boas principalmente pelo saudosismo de termos Namie largando o EDM por uns minutos e nos entregando um som que ela não acertava tinha um bom tempo. Como não gostar?

03. BESTIE – EXCUSE ME: Continuando no clima de arranjo de cordas com instrumentos de sopro, temos Excuse Me, provavelmente a melhor faixa da carreira de BESTie (e um dos melhores comebacks de girlband desse ano até aqui). Quase coloquei HUSH BABY do mini delas aqui também, mas acabou faltando espaço. Se vocês já não ouviram essa aí, vale a pena também.

04. HYOSUNG – INTO YOU: Eu fiquei bem decepcionado com Hyosung quando esse remix de Say You’ll Be There saiu. Mas já a perdoei por isso, porque o problema estava mais nas minhas expectativas altíssimas pós-Good Night Kiss do que em Into You em si. Ou talvez o perdão esteja relacionado com os esforços desesperados de Hyosung em fazer a música acontecer, mas de qualquer maneira, taí Into You pra vocês.

 

05. KARA – SUMMER☆GIC: Maio nos serviu com uma dose dupla de KARA, tanto no lado red quanto no lado velvet delas. E pra nossa sorte elas acertaram em ambos. os. lados, porque Summergic é a melhor faixa japonesa delas desde 2012 fácil, e isso se refletiu nas vendas (não rolou o mesmo com Cupid na Coreia, mas enfim).

06. SHINee – VIEW: Taí uma que a maior parte de vocês ou não gostou ou achou meia boca, mas que pra mim é um dos grandes destaques do ano até aqui. View entrega house 90s feito direito, e é de longe a melhor coisa deles desde Lucifer (tchau, haters). Assim como com BESTie, eu quase coloquei LOVE SICK representando o álbum aqui na mixtape, mas simplesmente não tinha espaço.

07. KARA – CUPID: Assim como com View, a recepção de Cupid no geral foi bem morna, tanto nos charts quanto na internet em geral. E isso obviamente é um crime musical que só comprova a decadência da cena capopeira como um todo, já que Cupid tinha tudo pra ser um sucesso (tirando uns versos meia bomba, mas ainda assim).


08
. CHARISMA.COM – KONGARA GIRL:
 Entrando na sessão de aleatórios japoneses, temos as duas gatas que formam o Charisma.com em seu novo single, Kongara Girl. Eu honestamente não entendo por que a micro fanbase delas não gostou desse single, porque na minha opinião quando se tem uma música de CF pra uma marca de ESCOVAS DE CABELO com esse clipe aí de cima, o win/win é automático.

 

09. THE TURTLES JAPAN – KAZABANA: isso aqui é uma banda crossover nova formada por integrantes de vários outros grupos e áreas da cena japonesa, reunidos para ceifar a peruca de Nakata com seus experimentalismos com EDM e o apropriação cultural concept. O lead single do álbum de debut deles é tremendamente sóbrio e simples, mas o clipe faz a coisa toda ganhar personalidade.

10. FREDERIC – OWARASE NIGHT: Na minha contínua jornada por indie rock decente esse ano, encontrei outros rookies japoneses parecidos com aquele [ALEXANDROS], chamados Frederic e que já estão indo pro seu terceiro mini álbum. Owarase Naito é bonitinha e tem um clipe legal com as duas minas arrasando na coreô. Vale a ouvida pra quem curte essa cena.

 

11. N.FLYING – AWESOME: Eu nunca imaginaria que gostar do grupo irmão de AOA iria ser uma possibilidade, ainda mais que eles também estão usando aquele conceito de “idols artistas que tocam instrumentos” nessa Awesome, mas a faixa surpreendentemente funciona (talvez pela gata do AOA aparecendo no clipe pelo fanservice, mas ainda assim funciona).

12. JAY PARK – SEX TRIP: Podem vir com chacota, me joguem pela janela, mas eu curti uma música de Jay Park chamada SEX TRIP. Sim, eu sei, isso é ridículo. Mas toda vez que Jay Park desiste do vidalok concept e aposta em MJ/JT/Usher, ele sempre acaba acertando. Moving on.

 

13. KIM SUNG KYU – KONTROL: Eu não dou duas fodas pra Infinite, mas eu fiquei bastante surpreso com essa Kontrol que um dos manos da banda lançou como solo esse mês. A temática e o estilo da faixa lembram o synthpop pedante britânico de coisas feito CHVRCHES, e eu que cliquei no play esperando trucagens feito as de SanE e Zion.T emulando SoYu, me fodi.

14. BoA – SHATTERED: Continuando no clima dark, temos Shattered, provavelmente a melhor faixa do Kiss My Lips. O tom sombrio do combo 80s pop + electro da produção dos The Underdogs combinado ao vocal dela são incríveis, e quando chegamos na bridge inexplicavelmente caribenha (lá por 2:50) fica claro que esse aqui poderia ter sido o lead single monstro de Rihanna que passaria duzentos e cinquenta e duas semanas em primeiro lugar no hot100, ao invés daquela xaropada com Canieoste e Paulzão Macartinei, que não conseguiu esse feito por ser uma merda. Sorry, Riri.

 

15. PARK HYOSHIN – SHINE YOUR LIGHT: Baladas coreanas costumam ser uma merda. Assim, bem grandes. Então como uma baladinha mela cueca com uma produção comum dessas conseguiu ser especial, eu não sei bem dizer. Mas tem algo nessa Shine Your Light que simplesmente clicou comigo, mesmo sendo uma balada basic bitch. Logo, parabéns pra Park Hyoshin, quem quer que você seja.

16. BoA – KISS MY LIPS: Kiss My Lips não foi tão marcante quanto eu esperava pro lead single (Shattered como eu disse antes seria uma escolha mais acertada), mas isso não significa que ela seja ruim. Nem de longe. Kiss My Lips apresenta uma mistura de sintetizadores com guitarra anormal para o pop, mas que dá personalidade à música e a torna instantaneamente reconhecível. BoA faz sua parte flertando com o ouvinte convidando-o a beijar seus lábios (os da buceta). ❤

17. SEULONG – MOOD SWING (feat. BLACK NUT): Eu nunca dei uma foda pra 2AM, mas eu tenho que dar o braço a torcer que Seulong tá guiando sua carreira solo muito bem. Primeiro, conseguindo aparecer num feat do Unpretty Rapstar, e segundo com essa faixa ótima aqui. Mood Swing é a prova de que ele sabe o que está em voga hoje em dia, já que ela foi escrita, composta e produzida pelo próprio, e ainda apresenta um rapper *real* pelo street cred.

18. BIG BANG – LOSER: De longe a melhor coisa de MADE até aqui, Loser entrega a versão 2015 do baladinha emo concept que sempre marca presença nos releases de Big Bang. E esse é um som que funciona pra eles, então fica muito difícil reclamar da faixa ser derivativa, quando ela faz isso tão bem. A letra auto depreciativa é outro destaque, seguindo a mesma linha de releases recentes da YG feito Happy das 2NE1 e o álbum do WINNER inteiro, narrando como eles pagam de durões, mas estão totalmente quebrados por dentro.

 

19. AI SHINOZAKI – A-G-A-I-N: Isso aqui foi um choque pra mim, porque como assim que uma gravure model (em português, “modelo” da Sexy Premium) resolveu lançar trabalhos como cantora solo e eles são BONS? Tipo, MUITO BOM? Definitivamente um blindside.

20. NAMIE AMURO – STRANGER: Bem, claro que pra fechar a mixtape teríamos de ter o farofão épico que Namie entregou para nós via Zedd, não é mesmo? Enfim, esse é o fim do lado asiático da mixtape. Digo isso porque vocês vivem pedindo pra eu comentar coisas ocidentais aqui, mas eu prefiro morrer a ter que falar de clipezinho de Taylor Swift ou de Pretty Girls. Mas maio teve o melhor evento da música ocidental brega e decadente: o ❤ Eurovision ❤ .

[BONUS TRACKS – LIMITED EDITION A]

Pra quem não conhece, o Eurovision é um festival musical que reúne toda a Europa (e aleatoriamente a Austrália a partir desse ano) pra ver qual país consegue a música de 3min mais contagiante e catchy de todas. Pra vocês eu selecionei meu top5 desse ano, mas teve muita coisa boa além disso, tipo uma russa chorona cantando uma sobra do Teenage Dream e uma Zendaya mocreia. Seguindo em frente:

 

21. NADAV GUEDJ (ISRAEL) – GOLDEN BOY: Israel foi sensacional com essa faixa étnica que começa tradicional, vira um R&B estilo Jason Derulo e depois explode num refrão brega pra caralho com dancinha tosca e sotaque forçado. Boa sorte tirando os “i’m a golden boyyy, and before I leave, let me show you Tel a vivvvvvvv” da cabeça. @_@

 

22. LOIC NOTTET (BÉLGICA) – RHYTHM INSIDE: Eurovision sem uma bichinha hipster não seria Eurovision, então nessa cota esse ano temos esse Loïc Nottet, que traz música pedante e uma apresentação verdadeiramente legal e uma das poucas não brega da competição.

 

23. NINA SUBLATTI (GEORGIA) – WARRIOR: MARAVILHOSAAAA. Como não amar uma biscate étnica gostosa vestida de corvo arrasando no engrish enquanto um daqueles gifs com glitter horríveis de OLHOS CHORANDO passam no telão atrás dela? Vitória automática no coração de qualquer pessoa com senso.

 

24. BOJANA STAMENOV (SÉRVIA) – BEAUTY NEVER LIES: Porra, essa aqui é sensacional. Beauty Never Lies tem tudo para se tornar um daqueles hinos gays trash no futuro, porque ele já tem a estrutura para tal (começa lenta e depois estoura num farofão, tipo uma What A Feeling ou I Will Survive), tendo como diferencial o fato de ser cantada por uma plus size de capa. Não tem do que não gostar aqui.

 

25. MANS ZELMERLOW (SUÉCIA) – HEROES: Fechando a lista temos o vencedor desse ano, Måns Zelmerlöw, que representou a Suécia com uma faixa de EDM folk estilo avicii que soa atual e tem tudo pra colar nas rádios feito Loreen e Emília da Floresta fizeram nos anos anteriores. Pop feito direito.

Bem, fica sendo isso desse mês. Se vocês não conheciam o Eurovision, vale a pena demais gastar umas horas vendo apresentações no youtube, é um hobby que todos vocês fãs de kpop deveriam ter porque o clima é o mesmo de um Mnet Countdown bem feito. E eu fico por aqui por hoje, links tão aí embaixo. E, claro, se você acha que faltou alguma coisa, só comentar aí embaixo. Flwvlwwww. @___@

DOWNLOAD / LINK ALTERNATIVO

PS.: o top50 de 2012 virou top70 a partir das sugestões de vocês. Estou recompilando as coisas aqui e devo postar a primeira parte no meio da semana. Primeiro porque tinha essa mixtape pra sair e segundo porque o _genic vazou completo mais cedo, então prioridades.

57 comentários em “MIXTAPE – MAIO ’15

  1. Pra mim Fashionista soa como o melhor do past<FUTURE.. não vejo mto de PLAY nela @_@
    BEASTie ownando com um dos melhores clipes kpop since Lee Hyori com Bad Girls ❤
    The View pra mim o q estraga é o refrão.. mas isso já virou de praxe em 2015.. hinos desperdiçados com refrões tensos.
    Cupid achei ruim :p Shattered é hino ❤
    Achei o Eurovision desse ano fraco… mas a Suécia já havia ganho ele desde o Melodifestivalen, q é onde ela escolhe seu representante pro Eurovision.. nos próximos dois anos eles virão com músicas terríveis pra voltar com algo forte pra vencer de novo :p

    1. sim, a Suécia sempre é safada nas escolhas do Melodifestivalen só pra garantir que eles não irão ser host do Eurovision todo santo ano, isso tem andado bem óbvio. E eu achei esse ano bem melhor que 2014, mas também bem abaixo da glória de 2012/2013.

    2. ESCADINHA DEFINITIVA DE EUROVISIONS DESTA DÉCADA:

      2014 > 2010 = 2013 > 2015 > 2012 >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> 2011, um dos piores anos da história do programa

  2. Pecado não ter colocado Odd Eye aí. Você realmente está perdendo o juízo.
    ADOREI o plot twist de enfiar músicas do Eurovision na mixtape! Faça esse tipo de surpresa mais vezes.
    Adorei ainda mais saber que eu acertei que você ia dar uma de YG e adiar o Best of 2012. Aguardo resilientemente a primeira parte do MADE… digo, top 70.

  3. View e Cupid meus vícios <3, o album do Shinee tá bem bom por sinal. Por um momento achei que não ia ter Stranger, no aguardo de 'It' na mixtape de junho.

    Amei essa música da modelo japonesa *-*, o clipe tb é ótimo, ela já tem cd, ep ou algo do tipo??? Achei The Turtles bem legal tb.

    Socorro que essa música do cara de Israel é sensacional hsuahsuahsuh, a da Suécia é bem legal tb, correndo pra baixar isso.

  4. Tem Eurovision na mixtape ❤ E essa música Loic Nottet foi a primeira que eu ouvi da edição desse ano e gostei. Também gostei de Love Injected, da tal Aminata (Letônia), apesar de ter achado bem brochante na primeira vez q ouvi, dps eu viciei bastante x_x. Fashionista é a minha favorita de todo o _genic, às vezes eu fico com a impressão de q sou de um pequeno grupo na humanidade inteira q gostou do clipe de Golden Touch logo de cara tbm… Sunggyu eu gostei bastante também, ele surpreendeu nesse comeback. E essa tal Ai Shinozaki, CARACA! Eu não conhecia e provavelmente vou repetir essa faixa na minha playlist pelo resto da semana! No mais, curti bastante e que venha o derramamento de sangue entre as girlsbands nas próximas semanas ❤

    1. aparentemente o link do vídeo da charisma.com não foi de primeira então to colocando ele aqui de novo

      aproveitando a brecha vou deixar esse clipe da banda da moça com boca torta

  5. Esse solo do SungKyu foi muitoooo bom, eu amei o mv sei lá é tão diferente do resto do kpop, e também odeio baladinhas coreanas, e essa do o park hyoshin tem um fucking baixo por tras do resto da melodia que ai MDS minha alma se alegra quando ouve algo assim.

  6. to deixando essa musica aqui pelo fato de ela ser bonitinha e de soar como alguma faixa perdida da regina spektor ou de alguma cantora indie qualquer

  7. Bruno, deixa eu mudar o foco do post aqui rapidinho, eu que quase não comento (mas fielmente acompanho todos os posts) to aqui só pra te deixar um video de uma paradinha que nem sei se você viu, mas até eu que aparentemente odiava o grupo já tô adorando e é essa bostinha aqui:

    sério, eu não dava uma foda pra esse grupo mas essa música ta muito boa e sei lá, to me sentindo mal horrores por estar gostando disso AUHAUAHUA e o que f¨*&$&(*@#@$#(*de tudo, é que essa pegada meio oitentista, esse sintetizador ai… sei lá, isso parece que faz o seu estilo então tô largando aqui (com medo mas largando) pra vc dar uma olhada

    ps. ainda odeio o grupo (sdjhdxkfxjskjhxs ta) e a pledis tambem

      1. O single oficial é uma bomba mas tem piores no mini album, só ainda tô no choque como é que não colocaram essa ai pra ser o single ;-;

      1. eles são da estônia *O*

        mas no caso isso dá 9 musicas OU VOCÊ ESTÁ INSINUANDO QUE TEM AUSTRÁLIA NO TOP 10??? oh wow (pelo menos meu top 10 são todas as mencionadas mas trocando rússia/austrália por bélgica/eslovênia)

      1. Sério? Nossa, ruim eu até poderia imaginar, mas qualquer coisa não. Achei que Might Just Die é bem diferente da maioria das coisas que estão sendo lançadas hoje em dia no k-pop.

  8. A Suécia é a nova Irlanda no Eurovision, na verdade os países nórdicos estão se mostrando bastante fortes nesses últimos anos, mas achei esse ano fraco em comparação aos anos históricos de 2012 e 2013
    E Shattered era pra ser a title sim

    1. Nova? Suécia sempre mandou e desmandou no Eurovision.. tá certo q depois do ABBA, entrou em hiatus, mas da Charlotte Perrelli em 99 pra cá, Suécia manda e desmanda.. salvo raras exceções em coisas épicas e difíceis de não amar como Ruslana em 2004 e Alexander Rybak em 2009 ❤
      Espero q a Suécia dê chance ao Danny pra ele se jogar no Eurovision.. o cara pegou dois segundos lugares quase q seguidos no melodifestivalen.. perdeu por besteira.. ou pq o Eric Saade deu pra alguém :v

      1. suécia DEFINITIVAMENTE não manda e desmanda no eurovision desde sempre, e especialmente não na década passada, onde eles floparam mais do que foram top 10 @_@ suécia só se ergueu como uma fênix depois da humilhação terminal que foi floparem na semifinal de 2010, mas depois disso eles instauraram a ditadura escandinava na delícia mesmo (QUE INCLUSIVE PODIA ACABAR PORQUE JÁ ENCHEU O SACO E ESTÁ FICANDO CADA VEZ MAIS SHADY)

        ano que vem só ganha o melfest alguém que não tenha uma chance no mundo de ganhar igual o avulso do grito de 2013, nem que pra isso eles precisem afundar todos os returnees da delícia (rip yohio)

        ps: se eric saade deu pra alguém foi PRO PRÓPRIO danny saucedo né #clanessa

  9. Amei ter enfiado o Eurovision no meio, torcida claro que foi pra ❤ Georgia ❤ , uma pena não ter ficado em uma melhor posição no geral. E a melhor parte foi ver a loira da Russia com cara de congestão a cada rodada de votos ❤

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s