TOP70 MELHORES MÚSICAS DE 2013 [REPACKAGE] (PARTE 4: 25° – 11°)

COVER04a

Sim, eu sei que Téião lançou seu mini álbum solo e provavelmente quinze pessoas diferentes colarão links do EP um em cima do outro, mas enquanto não sair MV eu não me darei ao trabalho de comentá-lo. Ao invés disso, brindarei vocês com mais uma parte do repackage do BEST OF 2013, cortando as últimas músicas antes do explosivo top10 ser revelado na sexta-feira (ou sábado, sei lá). Continuem lendo e descubram o destino de. sua. favorita. /O/

PARTE 1 (70°-56°) / PARTE 2 (55°-41°)

PARTE 3 (40°-26°) / 2012 / 2014

25. CAPSULE – CONTROL

BEST OF 2012: #39 STEP ON THE FLOOR

CAPS LOCK foi um álbum com um excelente conceito, mas com uma realização aquém do esperado. Dito isso, CONTROL está entre as melhores faixas que Nakata produziu nesses últimos anos, então ele ganha um passe livre por algumas músicas de seu álbum estarem completamente inaudíveis. CONTROL também é uma das poucas faixas em que o vocal de Toshiko ainda se faz presente (mesmo que todo fodido pelo vocoder), o que é um belo bônus. Pra fechar, o clipe é extremamente simples, mas efetivo. Vale a ouvida se você não se deu ao trabalho de ouvir o álbum pedante sobre AS TECLAS DO TECLADO.

24. TASTY – DAY ‘N’ NIGHT

BEST OF 2012: NENHUMA ENTRADA

TASTY é um duo coreano que debutou em 2012 e flopou pesado, tanto que esse ano eles fizeram o EXO, pularam fora da Woollim e se mudaram pra ❤ China ❤ . Mas apesar dessa lambança, eles sempre foram consistentes e em 2013 entregaram um MV ótimo. É comum vermos girlbands entregarem comebacks retrô, mas ver uma boyband fazer isso é bem incomum. Day ‘N’ Night é a coisa mais 90s que alguém poderia fazer, do conceito do MV a musicalidade da faixa, tudo grita anos noventa. Até mesmo aquela aura brega pra cacete está presente, maximizada pelo fato deles serem cantores tão ruins que mal conseguem acompanhar a melodia de sua própria música. Milli Vanilli COULD NEVER.

23. SUNMI – 24 HOURS

BEST OF 2012: NENHUMA ENTRADA

Todo mundo achou que SunMi era louca quando largou as Wonder Girls sem nenhum motivo aparente. Mas três anos depois de sumida, ela retornou do nada com uma peruca rosa e fez tudo valer a pena com seu debut solo, 24 Hours. Da coreografia marcante com os arremessos de bunda aos gritos dela de “Ishipsaaaa shigannnn”, passando pelo break de tango DO NADA, 24 Hours foi de longe um dos debuts mais competentes de 2013, e um que colocou SunMi no radar de todo mundo como um ato a se prestar atenção, dentro ou fora das Wonder Girls.

22. SEUNGRI – GOTTA TALK TO YOU

BEST OF 2012: NENHUMA ENTRADA

SeungRi voltou do nada em 2013 quando todos já achavam que nenhum outro integrante do Big Bang tirando G-Dragon teria a chance de lançar um solo mais uma vez.  E ele voltou muito bem, mostrando para Justin Timberlake como é que se faz um clipe de smooth motherfucker de terno. Essa faixa é excelente do começo ao fim e tem um refrão que não te largará nunca mais (IMMA HUSTLIN HUSTLIN IMMA HUSTLIN HUSTLIN). Não fosse uma outra faixa de integrantes do Big Bang que veio mais de sorrateio ainda em 2013, eu elegeria isso aqui fácil fácil como a melhor coisa Big Bang related dos últimos anos. @_@

21. KODA KUMI – IS THIS TRAP?!

BEST OF 2012: #55 GO TO THE TOP

Que Koda Kumi é uma pessoa ridícula vocês já deveriam estar cientes. Afinal, estamos falando de uma mulher com décadas de carreira que até hoje não contratou um universitário com inglês fluente pra revisar os erros gramaticais crassos que ocorrem em suas letras, caso de “ISTO É ARMADILHA?!”. É de se chocar que um club banger maravilhoso desses tenha ficado de fora do último álbum dela, mas Koda não é conhecida por tomar boas decisões, certo? Só olharem a capa extremamente rampeira aí do lado e o live @ Fortaleza daí de cima, com ela fazendo cosplay de Rikku do Final Fantasy DEZ DOIS. (e malzaew pela qualidade ratchet do vídeo, Japão é uma bosta pra isso)

20. NAMIE AMURO – STARDUST IN MY EYES

BEST OF 2012: #40 SINGING YEAH OH; #16 GO ROUND

Sim, recalcadas. Namie aparece pela quarta vez na lista enquanto suas favoritas ficaram na peneira, e se vocês não conseguem lidar com isso, ABRAÇOS. /o/ Mas espero que todos consigam entender que quando uma tia asiática consegue pronunciar estratosfera perfeitamente, ela absolutamente merece meu reconhecimento. E Stardust In My Eyes não se resume apenas ao inglês ótimo de Namie. É uma faixa triunfante e que fecha perfeitamente o álbum dela, passando uma energia positiva que te enche e te deixa feliz por ter aguentado Let Me Let You Go inteira para chegar nessa delícia cheia de bliss e glee (não a série horrível, o adjetivo intraduzível mesmo). E como a música não teve clipe, vocês vão ter que se contentar em ouvi-la nessa apresentação de uma stripper tailandesa mesmo. ❤

19. DJ SMELLS & SEUNGYEON – UP AND DOWN

BEST OF 2012: NENHUMA ENTRADA

Qualquer um que preste atenção nos charts europeus sabe que o Reino Unido está viciado nos anos 90 de uma maneira que não é vista desde… bem, desde os anos 90. Gente feito Disclosure, AlunaGeorge e Duke Dumont vem lançando desde 2013 faixas que misturam house dos anos 90 com R&B 90s, e nessa Up And Down temos um DJ coreano se juntando com a gata que venceu o The Voice Korea 1 para entregar uma das melhores faixas do revival 90s de todo o 2013. Do clipe cheiradíssimo que te leva direto para uma boca de fumo nova iorquina em 1993 para a faixa em si, que parece saída de uma aula de spinning, tudo funciona perfeitamente. Me choca que essa delícia tenha passado batida por tanta gente, porque essa aqui é uma vencedora.

18. KYARY PAMYU PAMYU – INVADER INVADER

BEST OF 2012: #19 CANDY CANDY; #08 FASHION MONSTER

Nanda Collection foi um dos álbuns mais absurdos que eu já ouvi em toda minha vida, e Invader Invader deve estar entre os principais motivos por trás disso. A produção de Nakata mistura guitarras, sintetizadores e cria uma aura que honestamente parece um híbrido bizarro de punk com dance, até que DO NADA aparece a porra de um break que mistura metal e dubstep de maneira tão insana que é quase impossível descrever. É o break de dubstep para acabar com todos os breaks de dubstep. Invader Invader não é minha favorita do álbum, mas de todos os ótimos singles lançados por KPP em 2013 (esse, Ninja Re Bang Bang e Mottai Night Land), Invader Invader é de longe o melhor.

17. ROSE – LEE HI FEAT. CL

BEST OF 2012: #24 1,2,3,4

Faz tanto tempo que Lee Hi não lança um solo que dá pena, honestamente. Mas não vamos falar da morte horrível, e sim de ROSE, que é um dance soturno e que vai na direção contrária dos comebacks retrô que vieram anteriormente dela (1234 e It’s Over), mas que de alguma maneira ainda é distintamente Lee Hi. Eu adoro a versão original de ROSE, mas optei por colocar aqui a versão live com CL por dois motivos: pra vocês apreciarem um vocal ao vivo bem feito e pra curtirem CL, a Igue Azaleia asiática, aparecendo vestida de hostess de puteiro no Bom Retiro pra mandar três versos de rap (incluindo o shakespeareano “pain is love / love is pain”) e sair pela direita. É algo mágico.

16. CRAYON POP – BAR BAR BAR

BEST OF 2012: #58 DANCING QUEEN; #15 BING BING

CRAYON POP foi de longe o grande viral de 2013, com uma coreografia inovadora e viciante realizada pelas cinco nos lugares mais absurdos possíveis e sempre com um sorriso no rosto. Criando um contraste entre a atitude retardada delas e quão desoladoras são as locações, BAR BAR BAR foi um dos meus idol pop favoritos de 2013 e um que me fez correr pra ouvir a discografia pregressa delas, só pra descobrir pérola atrás de pérola. E pensar que elas saíram do status nugu sozinhas e sem impulso de gravadora grande alguma. Na Coreia, é um feito a se admirar.

15. T-ARA – NUMBER 9

BEST OF 2012: #20 LOVEY DOVEY; #13 DAY BY DAY; #02 SEXY LOVE

Foda-se que o “nove” no título de Number Nine tenha como referência cultural uma velharia sobre poção de amor voodoo, a música para sempre estará linkada na memória de todos ao suposto shade em Hwayoung, a NONA integrante na história do grupo. ❤ E mesmo se desconsiderarmos isso, Number Nine ainda é T-ARA de raiz, um farofão produzido por Shinsadong Tiger quase tão bom quanto gemas passadas feito Sexy Love e Roly Poly. Number Nine não chegou nesse nível, mas foi por pouco.

14. JASMINE – B*TCH*S

BEST OF 2012: NENHUMA ENTRADA

A pobre Jasmine não consegue um desconto na sua carreira flopada, que provavelmente já até acabou após o lançamento de seu best of da morte. É até de se chocar que uma música tão boa tenha caído em suas mãos antes que outra gostosa mais famosa passasse a mão, porque basta uma ouvida nisso pra saber que toda gata do R&B que ouvir isso gostaria de ter QU*NG*S em seu repertório (Rihanna mataria a Billboard com isso aqui). Jasmine está no controle de sua sexualidade e assim como uma viúva negra vai de pretty boy em pretty boy, usando-os pra largar logo em seguida, algo raro de se ouvir na cena japonesa se o seu nome não for Koda Kumi. Uma pena que nem clipe teve, porque definitivamente merecia.

13. SHISHIDO KAVKA – LOVE CORRIDA

BEST OF 2012: NENHUMA ENTRADA

ESSA GATA GÓTICA SUAVE ❤ Existem alguns atos que evidentemente não tem o menor direcionamento e são telas em branco para produtores fazerem o que bem entenderem para conseguir aquele top40 hit. Bem, Shishido Kavka não é uma dessas. Basta assistir o lead single do álbum de debut dela aí em cima pra totalmente compreender do que ela se trata. Essa mexicana/japonesa enfiou um corvo fierce usando sua peruca numa capa e ela mesma usando a peruca do corvo numa outra. O que não se tem pra amar? Mas estilo não é tudo, ou Lady Gaga seria a artista mais consistente do mundo. Kavka traz um misto de j-pop com j-rock excelente e que faz com que os mais de cinco minutos (!!!) passem tão rapidamente que você nem percebe. Pra fechar com chave de ouro, rola um festival de perucas FODIDO, tipo a de Ayu em XOXO, Kashiyukão de Perfume e ainda a de Kaela Kimura indie, tudo somado a uma bitch face sensual, um estilo gótico e emo. Incrível, somente.

12. BLADY – BLOOD TYPE B GIRL

BEST OF 2012: ENHUMA ENTRADA

ERA ISSO AQUI QUE QUERÍAMOS DE 2NE1 EM 2013. Alguém queria comeback reggae depois de um ano de atraso? Alguém queria balada mal escrita? Alguém queria farofinha sem sal? Não, ninguém queria. Pelo menos podemos contar com essas nugus do BLADY pra preencher o vazio. Elas tão aí desde 2011 (quer dizer, na vdd elas não estão não, já que todas as originais já floparam) e ninguém conhece, o que é uma pena considerando quão boa é essa porcaria, basicamente uma daquelas farofas deus que o Teddy dava pro 2NE1 no passado e que ele parou de produzir por preguiça. Eu honestamente consigo ouvir na minha cabeça Bom cantando o pré-refrão celestial, e isso só me emputece pelo descaso da YG (escutem a partir de 0:46 e vejam como essa música PRECISAVA do icônico vocal de cabra com câncer de laringe de Bom ). Enfim, get dat free promo, Blady. ❤

11. MISS A – HUSH

BEST OF 2012: #49 I DON’T NEED A MAN; #18 TOUCH

2014 na Coreia foi um ano curioso. Parecia que bastava quatro mulheres estarem reunidas numa mesma sala para que do nada elas rebolassem e lançassem uma faixa sensual juntas. O sexy concept tava saturado assim. Mas o JYP foi tão visionário que produziu pra Miss A uma midtempo sensual nos moldes das de 2014 ainda em 2013. Não só isso, mas a produção disso é excelente, misturando bongos, pianos e violões com sintetizadores de maneira tremendamente eficaz, nos provocando com um refrão forte e que não fica explosivo até o final da música. Pra fechar, um clipe excelente. Talvez seja minha faixa favorita de Miss A até hoje, mas ainda assim faltou um pouquinho pra fazer o requisito e entrar no top10, fico aí na espera por coisas ainda melhores pro futuro.

ÉPICO LINK

Agora, só falta o top10 galera. São cinco faixas japonesas e cinco faixas coreanas nessa parte final. Quais. são. elas? Façam suas apostas aí embaixo e até outro post!

Anúncios

44 comentários em “TOP70 MELHORES MÚSICAS DE 2013 [REPACKAGE] (PARTE 4: 25° – 11°)

  1. 1 Seungri mto bom.. mas pra mim ele cantava “Imma rushing now rushing now” haushaushaus

    2 Pra mim Is This Trap? é uma das músicas mais overrated dela… eu acho ela horrorosa e muito entediante :\

    3 Stardust In My Eyes é vida.. mas ela me deixa triste pq ‘um dia vamos desaparecer, me leve mais alto q a estratosfera’ q

    4 Shishido <333333333

    5 E CADÊ LIPS DAS MISS A??? Acho bom estar no top10 :3

    Delicia de lista q só melhora conforme as posições ❤

  2. Aliás, faz um gráfico de rotatividade das integrantes de Blady, porque é HILÁRIO!

    Essa parte tá diferente do que me lembro da versão original… Por exemplo, eu suspeito que você só descobriu essa música do Tasty aí depois do escândalo deles com a Woollim.
    Por mim tudo bem, SÓ. NÃO. OUSE. MUDAR. A. MÚSICA #1.

  3. . Tasty <3, pena q floparam, foi um dos melhores debuts do ano. Sobre Lee Hi parece q ela está trabalhando com Tablo para um possível comeback mas não tem nenhuma data nem nada confirmado, se tratando de YG, quando tem data, ele atrasa e se não tiver então… mas mesmo assim eu tenho boas expectativas porque essa faixa aqui é muito boa.

    1. Gostei da música, só esperava um pouco mais do refrão. E aquele mini dubstep logo depois do primeiro refrão me deixou nervoso, achando que a música ia ladeirar AUEHUAHEUHAUH
      Já o MV foi bem decepcionante, caixa concept 😦

      1. A parte do “Spark, Spark, Spark” me deu muita agonia! Parece uma parte vazia da música, não finalizada… Ainda assim achei tanto o MV quanto a música muito bons! Mesmo sendo um caixa concept, ao menos foi um bem executado!

  4. Quero prioridade pra post sobre o hino do Melody Day antes do solo chato da Teião
    Amém que Blady apareceu (mesmo merecendo uma posição mais alta, mas tudo bem)
    E cadê Selvagem das Nine Muses?????????

  5. ” o live @ Fortaleza daí de cima, com ela fazendo cosplay de Rikku do Final Fantasy DEZ DOIS” engasguei com isso aqui kkkkkkkkkkkkkk, pra piorar ainda tem a stripper duplando namie xD

    Que faixas maravilhosas da Jasmine e Blady *-*, não conhecia, baixando o link ilegal.

    Invader Invader e Hush ❤

    1. Essa música me lembrou tanto trilha sonora de filme da Disney… Eu não sei se foi só comigo, mas eu só consigo pensar nas protagonistas da Disney gritando horrores. Os dentes dela me assustaram MUITO nesse MV! A SM nunca vai parar com essas lentes… O MV casou bem com a música, mas a única coisa que me chamou a atenção foi: Ela devia ganhar um dinheirão como garçonete, né? Porque olha, ela larga o emprego e sai andando like a diva com direito a jogada de cabelo e tudo, para depois me aparecer dirigindo um conversível de luxo!! @___@ Ou ela roubou o carro do patrão? De qualquer forma, a virada dela me chamou mais atenção do que as ovelhas… E, sei lá… No final, o lado maria mijona encontra o lado garçonete, achei bem conceitual. Enfim, bem o que eu tava esperando mesmo depois daquele teaser.

  6. 2013 pode não ter sido um ano bom no geral, mas tem vários hinos que ainda tão na minha playlist ❤ Hush, Blood Type B Girl, muitas do FEEL, Love Corrida, etc etc etc ❤
    Aguardando a parte final que é maravilhosa ❤

  7. Crayon pop realmente assustador,garotinhas aparentemente de 16 anos pulando em locais abandonados com irmãs gemeas do filme o iluminado no grupo,coreografia estranha mas funciona pra elas,e a capa do single/album ao invez de ser algo aegyo é esse dragão ai. sentido? Pra que.

    no top10 vai ter aquele feat da iu com gain e se bobear elas pegam o primeiro haha e que tal cliche do candy mafia? Elas fizeram i got a boy melhor que snsd

  8. Agora tô com sérias dúvidas sobre o Top 10 @__@ Minha única certeza é Expectation. Provavelmente no Top 5. Ah sim, e T.O.P – DOOM DADA. Acredito que entre também, porque o combo música+MV é inesquecível e maravilhoso. Fora isso, tudo o que eu esperava já entrou, a não ser o Block B, então eu devo estar esquecendo gente demais. Ou tratam-se de atos japoneses que eu não acompanho com frequência. @__@
    Não tenho outras apostas, já que além das citadas só consigo pensar em Trouble Maker, mas como não acredito que você vá colocá-la no Top, eu estou é muito curiosa. Farei o download com certeza!

  9. Estou na expectativa™ pra Nine Muses dominar o top 10, afinal (tirando Dolls que sei que você não gosta) não só as title tracks de Gun, Wild e Glue são ótimas como todas as B-sides também

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s