IU cresceu, agora é mulher, e quer que você VÁ SE FODER em seu novo single. <3

vlcsnap-2015-10-22-17h31m11s64

Depois de dois anos sem lançar basicamente nada (ninguém liga pra álbuns de covers), IU finalmente voltou a nossas vidas com mais um daqueles singles dela que narram quantos anos IU tem. Eu vou ser honesto e dizer que estava calculadamente mantendo minhas expectativas baixas pra esse lançamento, primeiro porque Spring of a Twenty Year Old tinha sido uma bosta, e segundo porque se eu ficasse esperando Modern Times parte 2 eu ficaria decepcionado independentemente do que ela lançasse. E pelo visto fazer isso foi uma decisão acertada, porque me permitiu ficar realmente impressionado por Twenty-Three:

Twenty-Three soa feito algo que Ga-In lançaria, e isso é algo bom pra IU. Afinal, as duas sempre funcionam bem juntas e/ou se emulando: Bloom é a melhor música da carreira de Ga-In por soar feito uma música de IU (só que sacana), e agora IU conseguiu uma das melhores músicas da sua carreira ao soar feito Ga-In (Mais disso no futuro, por favor). A faixa funciona por si de um ponto de vista técnico, mas é melhor apreciada junto com o clipe, por conta da letra. Letra e clipe juntos criam uma narrativa incrível sobre imagem e o grande FODA-SE que IU tem pros k-internautas.

mais angelical que sua favorita

Iu já tem oito anos de carreira, e por grande parte desse tempo ela foi a Sandy coreana, pura e virginal, a irmãzinha-mais-nova favorita de todos os pedobears coreanos (isso que dá começar com tipo quinze anos). E exatamente por isso tem havido grande resistência em admitir que IU é uma mulher formada e com macho em casa. Muitos a colocaram num pedestal de pureza e a encurralaram nessa imagem perfeita e inocente, então Twenty-Three traz IU mandando esse povo tomar no cu e admitirem suas próprias hipocrisias ao invés de apontarem as supostas hipocrisias dela.

“eu quero, tipo, definitivamente fazer isso pra sempre e… não, pera, foda-se”

IU afirma que nunca mentiu em nada do que ela disse e sentiu quando era uma adolescente, tudo o que ela fez até aqui foi genuíno. Mas ela mudou. Mas também não mudou. Ela ainda pode ser a adolescente inocente, mas também pode ser uma raposa astuta, porque ela pode ser a porra que ela quiser. E passar a imagem que quiser também, porque “fazer uma expressão contrária ao que o coração sente é muito fácil”.

IU RAPOSA SABIDA!!!1!2!onze!

Ela ainda aponta ironicamente como os internautas não conseguem decidir o que de fato esperam e acham dela. IU sempre foi uma raposa astuta e ardilosa? Ou ela é um anjo de luz? IU quer que escolham um ou outro de uma vez e a deixem viver sua vida, caralho. E tudo isso é feito na lata, não é apenas uma interpretação das muitas possíveis. É ISSO QUE ELA ESTÁ DIZENDO, o que faz de Twenty-Three um dos melhores singles de recalibração de imagem de. todos. os. tempos.

E ela ainda fez isso de maneira muito mais sutil e inteligente do que o habitual, ao não falar somente de si, mas também de todos os haters que criticam tudo o que ela faz, quando em suas vidas privadas muito provavelmente são tão inconstantes e imperfeitos quanto. E tudo isso dentro de uma música instantaneamente chiclete e repetitiva. Realmente não tem como se pedir muito mais, sério. Parabéns pra você, IU. BoA RAINHA, IU PRINCESINHA DO CAPOPE!!11

PS.: Eu ainda não ouvi o mini porque preciso ouvir Twenty-Three mais trezentos e cinquenta vezes. Alguma coisa de boa nele?

40 comentários em “IU cresceu, agora é mulher, e quer que você VÁ SE FODER em seu novo single. <3

  1. IU linda, maravilhosa. Essa música ficou sensacional. Uma música do mini-álbum que me chamou a atenão foi Zezé (é baseada no livro “Meu pé de laranja lima”) e a parceria com Zion. T (chama-se Red Queen), mas o mini-álbum todo está muito bom, vale os 25 minutos…

    1. Kkkk o cosplay da Matilda foi muito bom, um lado diferente da IU… eu estava com os dedos cruzados e torcendo que esse comeback dela fosse mais ou menos parecido com o “cosplay” pq gostei muito! O mini-album dela ficou muito bom, mais alegrinho que os anteriores! Nada contra as musicas lentas dela, só que me da sono e são chatinhas…

  2. Depois de dois anos lançando bosta ela me aparece com uma metralhadora e me deixa todo espatifado, PARABÉNS IU! Eu nunca esperei muito dela e em alguns singles ela esfrega minha cara no chão, e parabéns pra ela por conseguir me deixar viciado em algo instantaneamente.
    Sobre o mini, só Red Queen e Zezé valem a ouvida de fato e Twenty Three parece tão deslocada no meio do álbum D:

  3. IU é simplesmente maravilhosa. O mini, pra mim, está ótimo e saber que ela produziu o álbum, eleva tudo a outro nível. E não vou mentir, Twenty Three não deu só na cara dos haters, como na minha também, já que eu não consigo ver ela como uma raposa astuta, só como uma menininha possível integrante do ARosa. E o MV está 10/10, adorei a temática Alice no País das Maravilhas (eu acho que é isso né :v).

    1. “A cantora se encontra no #1 do iChart com a música Twenty Three, lançada há apenas 2 horas, sendo o #1 mais rápido da história do chart. O feito era tão improvável que em todos os casos antes de Twenty Three, as músicas levavam 24 horas para alcançarem o #1, o que levou IU a conseguir outro feito impressionante.

      “Twenty Three” é a 1ª música da história do iChart a alcançar o #1 apenas com os rankings real time, que representam pouco mais de 50% da pontuação do site. Além do real time, o iChart pontua também os rankings diários, que atualizam uma vez por dia, e obviamente IU não tem esses números devido ao pouco tempo de lançamento.”

      As viciadas em iChart estão chorando as pitangas nesse momento.

  4. Comeback tá foda, acho que vou até investir um dinheiro no mini.
    Confesso aqui que eu AMO o álbum de remakes. IU pode cantar até a lista telefônica que pra mim tá valendo

  5. “por grande parte desse tempo ela foi a Sandy coreana” E continua sendo com essa versao mais jovem de Aquela dos 30.
    Achei que valeu mais pela letra/MV do que pela musica em si. A letra foi memoravel, mas a musica (excluindo a letra) nao teria o mesmo impacto (ninguem daria uma foda) se fosse lancada por outra artista, ao contrario de qualquer coisa do Modern Times. De qualquer forma, sabia que ia agradar, ela podia lancar qualquer porcaria que ia vender bem so pelo nome IU.

  6. Eu senti como se tivesse tomado um tapa qdo vi esse clipe+música! IU arrasou..
    Só que o mini dela vai ter q esperar um pouco pq eu ainda tô muito viciada em Cool World das Red Deusvet e #TBM + Only One do Beast… mas na sequência ..prometo procê IU..vou ouvir seu mini album!

  7. Só conhecia a IU de nome, baixei o Modern Times tem umas duas semanas e achei sensacional, adorei esse single/mv e já estou apaixonadíssimo por ela *-*, ainda fui ler no wikipedia e descobri que ela história de vida sofrida x.x, já estou mais in love ainda <3, indo baixar o mini agora.

    ps: acho que esse era o MV que vc tinha idealizado pra Huff N Puff né?

  8. Gente, dificilmente IUzinha erra <3. Só fico um pouco triste pq f(x) vai tomar no cu lindamente semana que vem já que Twenty-Three vai ficar no topo do Instiz até o fim do ano.

    1. Muito bom que num primeiro momento eu achei que era SUNNY HILL, risos. Mas gostei do single genérico e fui ver na wikipedia que elas existem desde DOIS MIL E DOZE e já tiveram sete eliminadas no line-up. ❤

  9. Fiquei impressionada. Olha, nunca fui fã da IU (nem gostava nem desgostava). Mas, essa música e esse MV… fiquei sem palavras. Acho a canção por si só muito boa, no entanto, torna-se brilhante com o MV.
    Ponto para IU!

  10. Essa super recalibração de imagem meio que me lembra o Taemin ano passado. Debut novinho, imagem inocente, de repente vem ele todo ‘inocente é o caralho, meu nome agora é sexy e perigoso’ (admito que funcionou pra quem gosta de frangos com anabolizante, tipo eu)

  11. Eu apenas gostaria de ser tão sutil em usar algo como “raposa astuta” no meu dia a dia quanto esse blog… Talvez quando mamãe começa a me atribuir mais tarefas domésticas do que eu sou obrigada, daí a olho nos olhos e solto: “sua raposa astuta…”
    Brincadeiras a parte, primeira vez que escuto IU de verdade (fora o que eu ouvi no drama ‘Producer’- muito bom por sinal) , e olha, que empolgação, a menina manda bem mesmo, percorrendo todos as músicas dela pra já!

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s