ALBUM REVIEW: f(x) – 4 Walls

Como vocês bem sabem, f(x) voltou essa semana após mais de um ano de mistério sobre a permanência de Sulli no grupo. A adição de Yeri a Red Velvet no começo do ano foi um mau agouro pro fandom-sem-nome, porque se a SM tivesse dois girlgroups com a mesma quantidade de membros ao mesmo tempo, o mundo obviamente explodiria. Pra piorar a incerteza, f(x) lançou single no Japão e sequer fotografaram capa e gravaram MV para o mesmo, aumentando ainda mais as suspeitas. Mas depois de um ano de lenga-lenga, a SM finalmente arrancou o band-aid e revelou que agora elas são um quarteto, pouco depois já enterrando esse assunto ao revelar umas instalações de arte pedantes com o anúncio do retorno do grupo. A campanha de divulgação foi totalmente fora da caixa (como sempre), mas isso também se fez presente no álbum? A ausência de Sulli significa algo para o grupo musicalmente falando? Essas e mais questões vocês veem respondidas agora.

Após Pink Tape e Red Light, f(x) se estabeleceu como um dos poucos grupos com álbuns sólidos no kpop, um gênero abertamente focado no single e que tem em álbuns e EPs nada mais do que photobooks glorificados em muitas das vezes. Então quando um grupo lança álbuns num ritmo condizente com o do ocidente, sabendo que um EP seria menos trabalhoso e acabaria vendendo a mesma coisa (afinal, estão comprando o álbum pelo photobook, que estará lá de qualquer maneira), é porque esse é um grupo que merece ser ouvido e apoiado (se você não é stan, VIRE UM). Antes mesmo de ouvir o álbum, eu já sabia que ele iria slay a todos, só restava saber de que maneira isso seria feito. Breve análise faixa a faixa taí em baixo após a playlist do spotify, seguida de mais uns comentários gerais. @_@

 

O álbum abre com a faixa título e lead single 4 WALLS, que afastou o grupo do som mais agressivo e in-your-face de Red Light por um deep house majestoso e evocativo de UK Garage. E vendo os produtores por trás da faixa, isso faz bastante sentido, já que quem assina 4 Walls é LDN Noise (que também assinou View e Married To The Music do SHINee e Dumb Dumb do Red Velvet), um time de produção baseado em Londres. 4 Walls soa contida e controlada quando comparada aos singles passados de f(x), mas em retrospecto isso faz até bastante sentido, porque não dá pra ficar escalando indeterminadamente, não é mesmo? Aposto agora num lead single muito mais explosivo pra elas em 2016, aguardem. e. verão.

Quanto ao clipe, nem me darei ao trabalho de especular sobre que merda está acontecendo, vocês encontram análises com mais propriedade em sites de conspiração illuminati. O que eu posso dizer é que ele complementa muito bem as qualidades hipnóticas da faixa.

Seguindo em frente, temos GLITTER, que soa como f(x) clássico. A transição do lead single pra Glitter é um pouco brusca, então talvez ela funcionasse melhor aparecendo mais pra frente no álbum. Mas problemas de tracklist a parte, a faixa entrega tudo o que esperamos de f(x), como o refrão catchy com os “Crazy crazy for your love. Glitter Glitter Glitter” que são a cara do grupo. Cada vez que elas repetem “glitter” eu sou slayed de novo e. de. novo. ❤

DEJA VU, a faixa número 3, também é clássico f(x), trazendo sintetizadores de arcade a tona e arrancando a peruca do Yasutaka Nakata através do oceano lá no Japão. Curti bastante principalmente quando os versos voltam uma segunda vez e a backtrack está totalmente comprimida num canal só, um efeito muito legal e marcante. Pra melhorar, quem escreveu a letra não parece ter a menor ideia do que de fato é um deja vu, porque não é isso que elas estão descrevendo. :v

X vem a seguir e mantem o álbum forte, com um som de funk 80s e uma backtrack simples, mas efetiva (a bridge é ótima!). As harmonias com elas repetindo “chemical X” no refrão estão ótimas e quatro músicas depois e nenhuma faixa se parece  sonicamente, algo crucial pra um bom LP pop. O álbum volta para o house da title track para RUDE LOVE, também assinada por LDN Noise e que vai ainda mais longe na recriação do eurodance 90s. De longe uma das melhores no álbum inteiro, e o fato dela vir algum tempo depois de 4 Walls na tracklist ajuda a carregar por mais tempo a temática da música eletrônica e dá mais forma ao álbum.

DIAMOND abre a segunda parte do álbum com um pouco de trap pra falar sobre como somos todos diamantes e devemos nos amar e tal. Krystal deve ter morrido um pouco por dentro tendo que cantar isso após todos os shades de SNSD pra cima de Jessica com o negócio do diamante ter oito lados quando visto de cima e tal, ENTÃO FORÇA, KRYSTAL!! ahein. Diamond é uma faixa mais agressiva, o que cai bem nessa altura do campeonato. Só não entendi por que foi essa a primeira escolha de b-side pros music shows da vida, porque tem muita coisa mais empolgante no álbum.

O instrumental de TRAVELER escorre 80s, e caso ela fosse um pouco mais agressiva poderia até mesmo se passar por uma album track perdida de Nine Inch Nails ou algum outro grupo industrial. Quer dizer, digo isso sobre o começo pesado com Zico mandando uns raps, porque a medida que a faixa se aproxima do refrão ela vai adocicando. É evidente que o mote da faixa são os contrastes entre o delivery ~~fodão dele e o extremamente feminino delas. É uma boa faixa, mas não tem lá muito replay factor, coisa que eu não posso dizer da faixa seguinte.

PAPI é provavelmente a melhor faixa do álbum todo, e eu não vou dizer aqui que 4 Walls não merecia ganhar clipe, porque ela merecia sim um clipe artístico e pedante. O que eu quero dizer é que deveria haver um equilíbrio nas forças do kpop e f(x) podia absorver um ou dois clipes que a YGE está lançando demais e ter um segundo single/MV saído desse álbum. Nesse caso, a medalha teria de ser de Papi. Mais uma vez assinada por LDN Noise (sim, eles produziram as três melhores), Papi mistura influências latinas ao house visto nas outras faixas e isso ficou incrível. Aguardem Papi entre as 25 melhores do meu top de fim de ano, com certeza. ❤

CASH ME OUT é um pop genérico bem americano e que alguma ex-princesa Disney lançaria como single de seu segundo LP, antes dela trocar de imagem e adotar o sexy concept e se rebelar contra sua imagem anterior. É bem essa a vibe da faixa. O refrão é maravilhoso, uma pena o break disso ser horrível, mas a bridge é maravilhosa, então nem me importo. Álbum está acabando e a segunda parte dele tá muito mais forte que a primeira, raridade!

4 Walls desacelera (só um pouco) para sua última faixa, WHEN I’M ALONE, a infame faixa sobre masturbação que Carly Rae Jepsen alegadamente produziu e f(x) comprou. E digo alegadamente porque a letra da música mudou de sentido ao passar pro coreano e foi escrita a DEZ MÃOS, com o nome de Carly aparecendo em penúltimo (a tosquíssima Bonnie McKee fez grande parte do trabalho), significando que ela teve pouquíssimo input criativo nisso aqui. Mas como essa narrativa de Carly Rae Jepsen ter dado uma música sobre siririca pra um grupo coreano é ótima, vamos fingir que isso realmente aconteceu.

Enfim, When I’m Alone é um final mais do que apropriado para o álbum, que não tem sequer uma filler. E o mais importante: esse é um álbum que não foi preguiçoso de maneira alguma. As midtempos genéricas? Ficaram em casa. Baladinha enche linguiça? Também. Mais uma vez, f(x) está lá em cima entre os melhores álbuns do ano, e pouco me importa que elas não tiveram input criativo nenhum na produção de 4 Walls, isso não tira o brilho do álbum. O problema é sair comprando demos pelo mundo e acabar com um produto final meia boca. Mas não foi isso que rolou aqui.

As demos foram muito bem escolhidas e conversaram bem entre si, com destaque pras três assinadas pelo LDN Noise (4 Walls, Papi, Rude Love), que estão bem espaçadas no álbum e te lembram constantemente da narrativa house intencionada pra 4 Walls, que distancia f(x) de seu som antigo (que ainda se faz presente no álbum em faixas feito Glitter e Diamond) e abre novas possibilidades para o futuro.

A voz mais aegyo do grupo sumiu com a saída de Sulli, mas os novos sons explorados no álbum ajudaram a sanar a falta que o timbre mais agudo e fófis de Sulli faria caso elas tivessem uma ChuMilk ou Hot Summer presente. Essa sonoridade pode ir de bom grado pra Red Velvet agora, sem medo de comparações, porque f(x) acabou de dar um revamp em seu som e imagem. E honestamente? Um revamp pra melhor, já que este é o melhor álbum delas até hoje. Red Velvet pode virar um baby f(x) contagiante e sem medo de ser feliz, enquanto f(x) desbrava novos rumos como um quarteto. Todo mundo sai ganhando.

MAIS f(x): Pinocchio / Pink Tape / Red Light

PS.: pra quem tava esperando uma review do CHAT-Shire da IU, ela ainda vai acontecer, não precisam olhar pra mim com um olhar mortal enquanto eu falo sobre minha icônica participação em Unpretty MerdaStar 2. :v

Anúncios

90 comentários em “ALBUM REVIEW: f(x) – 4 Walls

  1. Glitter é do tipo ame ou odeie. No caso, eu odeio. Cash Me Out eu acho uma faixa ok, mas acho que ela fica um pouco fora de lugar nesse álbum. Eu imagino ela funcionando muito bem no Pink Tape, por exemplo. Mesmo assim, dou um 9.5 sólido pra essa delícia.
    Enfim, álbum incrível, o replay value dele é INSANO. f(x) é o único ato que eu sou stan de verdade; piro nos teasers, pago milhões pelo físico; há três anos elas têm entregado trabalhos merecedores de atenção. No fim, estou feliz de poder ouvir algo tão bom. Pink Tape + Red Ligh + 4 Walls (pq não orange alguma coisa?? haha) = santíssima trindade do k-pop mesmo, viu.
    Surpreendentemente, 2015 tem sido um ano com álbuns muito bons, algo raríssimo. Meu TOP 3 até agora, sem ordem de preferência: Reboot, 2 (Primary) e 4 Walls ❤

  2. Li isso aqui na review do Seoul Beats e achei muito interessante:
    Pinocchio is like a baby; it was a long wait for that first album and when it dropped, people were just happy that they finally had their own. Pink Tape is like a child, especially since the album as a whole showed some progression and growing up in terms of sound, all while keeping that bratty and feisty tone f(x) songs tend to have.

    Thus, Red Light is the rebellious teenage years with the experimentation of sound that either hit the mark or missed it slightly. Fittingly, 4 Walls is like a young adult – f(x), while still facing uncertainty, are more confident in their identity. The production team worked with this and created an album that is mature from f(x), in terms of sound and lyrics.

  3. Nossa, vc sabe q as coisas tão estranhas quando SHINee e f(x) apresentam a cada novo trabalho uma evolução constante, e os “lead” grupos da empresa – entenda-se GG e Super Junior (vamos esquecer DBSK por enquanto) – seguem em queda vertiginosa ladeira abaixo, transformando-se em caricaturas ridículas de si mesmos, o SJ bem que tem tentado em seu último lançamento mas foi apenas uma pequena brisa…

    1. SM está no piloto automático com SNSD e SJ mesmo. Creio que deva ser o prazo de validade chegando e os fandoms enormes loucos que compram qualquer coisa.

  4. Ninguém vai falar da Krystal com a voz da jessica? Sério nunca vi elas tão parecidas!

    O álbum ta ótimo serviu pra calar a boca de quem fala que RV vai tomar o lugar delas…

    teaser do BEG ja saiu /o/

    Acho q obessesion vai estar melhor, soh acho

  5. “Só não entendi por que foi essa a primeira escolha de b-side pros music shows da vida, porque tem muita coisa mais empolgante no álbum.” Novamente shade para Jessica, já que a Sulli Miranda já recebeu shade demais e ainda está apoiando o grupo:

    O álbum está maravilhoso e _não tem uma música ruim_ ou passável. E ainda tinha muita gente reclamando porque o f(x) não entregou o que todos esperavam, que no caso é outro LP pancadão. Não só de pancadão viverás o homem, caros capopeiros.
    Merecia era um 100% viu, Sir Bruno.

  6. Sulli foi focar na carreira de socialite atriz e levou toda a energia vital do f(x) junto. O que é irônico já que Sulli é a personificação do cao ni ma, ela ficaria em casa nesses stages preguiçosos.
    Álbum realmente ÓTIMO, mas isso não é f(x).

    Adorei que você atualizou as reviews antigas. Odiei que Pink “melhor-álbum-do-kpop” Tape tem a menor nota dos três!
    Pink Tape >>>>>>>> Red Light >>>>>>>>>>> 4 Walls

    1. Acho engraçada essa polaridade. Ou as pessoas acham 4 Walls muito divergente da sonoridade de f(x) ou uma evolução natural do que elas faziam. Com certeza não é um release unânime.

    2. não entendo a fixação das pessoas com Pink Tape ser “o melhor álbum de kpop de todos os tempos!!112”, porque não é não. É ótimo? É, mas não o melhor. @_@

      PS.: você usou o símbolo de maior e menor errado, a ordem é essa:

      Pink Tape <<<<<<<<<< Red Light <<<<<<<<<< 4 Walls

  7. A primeira vez que eu ouvi 4 Walls achei um álbum sólido, porém não me conquistou de cara como os anteriores. Não achei um trabalho tão facilmente digerível quanto Pink Tape ou Red Light, mas conforme eu fui ouvindo outras vezes, passei a apreciá-lo absurdamente e agora é a única coisa que eu ouço desde segunda. @_@ Gostei de ver que não tem aquela faixa padrão que todo mundo gosta e aquela que todo mundo odeia (talvez o mais próximo do hate coletivo seja Glitter, que em compensação vi muita gente que adorou, inclusive eu), as opiniões sobre músicas favoritas divergem bastante e isso diz horrores sobre a qualidade do álbum. Meus destaques pessoais são Rude Love e Traveler.

    Eu fiquei bem satisfeita com a direção que o f(x) tomou pós-Sulli. A imagem do grupo como um todo amadureceu de tal forma que é raro de se ver no K-pop, as influências europeias no som casaram muito bem com isso. As apresentações também estão on point, bom ver que rolou um empenho na preparação desse comeback. Pra mim valeu muito a espera e as minhas esperanças no grupo foram renovadas. ❤

  8. Album maravilhoso,só trocaria a melhor do album por Rude Love ❤ ,mas PAPI tbm faz jus,de tão hino que é.Traveler é a música dispensável do album.
    Torcendo pra SM focar mais em F(x),SHINee,Red Velvet que são os que realmente estão fazendo algo decente,e os solos tbm estão muito bons,tirando esses os grupos estão ladeira a baixo ( menos TVXQ).EXO já vai lançar album natalino de novo…… gostei do ultimo mas não acho muito necessário.

    F(x) sempre agrada muito nos albuns,a partir do Pink Tape que realmente começou algo mais solido.

    Coreografia de 4 walls é genial,e a de Diamond pisou em muitas coreos de boybandzinhas que estão fazendo comeback agora.

  9. Não poderia concordar mais com sua Review.
    Conheci f(x) através de Hot Summer, e passei a acompanhar desde então.
    Pink Tape me surpreendeu muito, 4 Walls me deixou no chão.
    Cara, a SM tem que lançar mais coisas da LDN, porque, nossa…
    Todo esse aspecto de musicalidade de fora de 4 Walls fez com que eu amasse muito.
    O figurino delas pro comeback me lembrou os Beatles, amei ❤
    Espero que elas renovem o contrato, pois elas são ótimas.

  10. Eu tô gostando bastante do gole de vergonha na cara que a SM tomou e do direcionamento que eles tão dando esse ano pros acts que me interessam, SNSD (Lion Heart é inevitavelmente melhor que os outros álbuns coreanos delas), f(x), RV e SHINee, e o que eu mais gostei no 4 walls foi a mesma coisa do Reboot, a sonoridade constante mas sem ficar tudo igual. E parabéns pra LDN Noise ❤

  11. Amei o álbum todo, só não curti muito Papi e Glitter, mas mesmo não curtindo muito não desmereço elas. Acho que a SM devia aproveitar melhor o F(x) pq esse álbum ta ótimo e elas mereciam sim mais atenção isso é injusto 😦
    E eu ouvi em algum lugar que a fandom agora tinha nome, mas acho que era so um boato mesmo

  12. Só quero dizer essa quantidade de bate cabelo no álbum me fez orgasmar. Por algum motivo eu não curti muito o álbum Red Light, mas 4 Walls realmente é muito bom. Me fez resgatar o vício nessas deephouses que e tinha lá em 2011. Inclusive se alguém quiser me indicar algo parecido com 4 Walls/View/ etc to aceitando. Ps: Krystal ta parecendo DEMAIS a Jéssica cantando

  13. Após superar a ausência do pancadão a la F (x), fui conferir o álbum e concordo plenamente: ele é bem consistente. Confesso q adorei Rude Love, X e Diamond. Tb amei a coreografia de 4 walls.
    F (X) FOREVER ♥♥♥♥

  14. Gostei do album, mas nao acho o melhor do f(x). Para mim, Glitter e Traveler sao dispensaveis. Tambem achei estranha a escolha da b-side, mas o que chamou mesmo minha atencao nessa apresentacao no Raul Gil foi a magreza da Luna. Nem as roupas folgadas estao conseguindo esconder. :/
    Adorei a cara da Dasom na foto. Falando em merdastar, segundo o tudocapope, a Yezi foi eliminada ao inves da Suah. o.O Eu diria que esse programa perdeu qualquer relevancia de vez se nao fosse pela iconica participacao de Tiffany que esta por vir.

      1. Desisti do UR depois que a MNET roubou naquele diss entre Fraudy e Yezi no qual obviamente Yezi ganhou depois de arrebentar com a cara da Fraudy mas a Fraudy foi escolhida pelos produtores pelo ~flow~ ou alguma merda do tipo. Sinceramente, eu perdi a vontade de ver porque tá bem óbvio que a MNET vai roubar pra Fraudy ganhar. Fora que eu não mereço YG e Cube respectivamente pagando pra Sua e Jiyoon ficarem no programa quando até a Tiffany é uma rapper melhor e a adição compulsiva de participantes pra criar drama na “competição”.

      2. Yezi não foi eliminada, trollaram a gente pra dar mais view, quem saiu for a Kasper e a EXY porque foram as piores na missão em dupla. Ela vai competir com a Fraudy na semi-final, e o resto ficou: KittiB vs JiYoon, Hyorin vs Heize, e Yubin vs Sua.

        Juro que se a Fraudy não for eliminada dessa vez eu vou desistir do programa, Yezi precisa se vingar em nome da velha esquecida #voltagilme

        1. Eu não tenho muita esperança. Claro que a Yezi vai ser melhor, mas provavelmente vão alterar os resultados pra Fraudy ganhar porque a MNET quer alavancar a carreira dela de Iggy Azalea coreana mesmo que os coreanos detestem ela. Tá que não dá pra esperar que reality show seja justo e que UR 1 também foi meio manipulado mas dessa vez tá rídiculo.

        1. Na apresentação que a Yezi fez e que trouxe a de volta, ela fez uma diss acapela para Mnet e sabendo que isso ia ser cortado no programa, performou Crazy Dog de novo, mostrando que não vai sair de qualquer jeito.

        2. Meu amor pela Yezi só aumentou depois de ver que ela diretamente mandou a Mnet se foder e revelou toda a farsa do programa, acho que eles não contavam com o público gostando tanto assim dela #teamcrazydog

  15. Diamonds foi escolhida porque ela parece Milk, só pode (aqueles pedaços de bambu icônicos sendo batidos)
    Bom, não sei ainda o que achar do álbum, ao mesmo tempo que eu goto de algumas eu odeio outros, como lidar?

  16. esse álbum do f(x) eh de música house certo?
    Amber tah com voz do T.O.P?
    4W – dorgas alucinógenas
    Glitter – o começo eh tipo a abertura dos rugrats…
    Deja vu – foi soh eu q lembrou de hurt locker com aquele first verse? mas gostei mais dessa música uhuu!
    X – eu não gostei mto não….sei lah, quem sabe daqui uma semana….
    Rude Love – me passa um sentimento de nostalgia de alguma coisa q eu não consigo explicar…. adorei
    DIAMOND – SUCESSORA NATURAL DE RED LIGHT!
    Traveler – adorei q o ft. não ficou desnececyrus e aquele down down down down, melhor gancho do álbum ateh agora
    Papi – tem algo de samba nisso tbm? RPPP 2.0
    Cash Me Out – a d o r o EDM, essa música eh incrível! ela com certeza eh uma das melhores do albúm! a Amber tah on point nessa música
    When i’m Alone – seria a b_side perfeita, tão incrível q não sei o dizer….

  17. O álbum inteiro é ótimo. Em um primeiro momento eu senti falta dos experimentalismos e, principalmente, das faixas nem um pouco coesas na tracklist. Mas passada essa decepção, consegui me apaixonar por absolutamente todo o álbum. Minha favorita com certeza é X, aquele refrão é maravilhoso ❤

    Agora o mais interessante sobre o mv de 4 Walls estão sendo as teorias, cada uma mais fumada que a outra
    Aliás eu jurava que era a Jessica cantando nas músicas, o que houve com a voz da Krystal? Tá muito mais macia…

  18. Ain odiei glittler deixei no pc por consideração, isso parece musica do rei leão… De resto amei todas principalmente papi,when i alone(esse alone ja me lembrou da musica de masturbação que elas ja fizeram em Toy tambem),rude love,X e 4 walls. E me chamem de louca mas se a Sulli estivesse no grupo com aquela voz estranha dela eu gostaria mais de glitter,seria basicamnte como Milk que só ficou iconica pelos ‘hmm my milk’ da Sulli ❤ mesmo assim daria 96 pra esse album facilll

    Otima ideia sua de escolher a melhor foto da Luna pra colocar no post fiquei olhando como essa mulher esta maravilhosa ❤ por mim so teria fotos dela no post rs é o poder

  19. Republicou isso em Dois dólares outra veze comentado:
    Gostei da review e concordo que o f(x) é um dos pouquíssimos grupos a produzir trabalhos muito bem encaixados dentro de conceitos desde Eletric shock, e que esse foi o menos criativo, mas muito bem construído. 4 walls foi o melhor clipe e tudo mais. Pena que odiei as músicas 😄

  20. Qual é a desse hate coletivo por Traveller???? Só eu que consigo enxergar um equilíbrio e uma genialidade absurda nos elementos, influências e na estrutura dessa faixa?? GENTE, pelo amor de deus, Traveller é maravilhosa !!!!!!!!!!!!!!!! Sério, procurem ouvi-la com ouvidos (e mentes) abertos e vocês me entenderão. Beijão.

  21. Pelo amor de Deus faz um dicionário, porque eu não entendo esses termos musicais que tu usa, fico viajando. Quanto ao álbum, acho muito bom, mas pra mim Pink Tape e Red Light são muito melhores.

    1. Sou meio nova aqui tbm e tive a mesma reação que vc! As vezes eu entendo alguma que outra coisa ¬¬ E quanto ao álbum, Pink Tape e Red Light são muito bons, mas 4 walls mostra que elas cresceram musicalmente. Sem falar do visual que ganhou uma repaginada pra melhor.

      Sinceramente, eu não imagino elas fazendo musica pancadão pra sempre, depois da Sulli ter saído f(x) a SM teve a desculpa perfeita pra mudar o estilo musical delas.

      Enfim, 4 walls é o meu favorito de todo o grupo!!!

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s