MIXTAPE – NOVEMBRO ’15

E eis que a mixtape de novembro (feat. primeira semana de dezembro) finalmente está aqui, podem relaxar agora pessoas me assediando nos comentários obrigado por terem esperado pacientemente enquanto eu trabalhava diligentemente no Dragon Age Inquisition na criação da playlist. Como sempre, as músicas se encontram num link esperto ao final do post, porque eu ainda não encontrei um meio de apresentá-las por streaming sem deixar as mixtapes incompletas. Se alguém tiver alguma sugestão, agradeço desde já! Pros outros, venham em frente pra um dos melhores meses do ano. @_@

01. AI SHINOZAKI – SWEET PAIN: Ai Shinozaki é uma daquelas ~modelos gravure idols de punheteiros~ famosa por ter os maiores peitos do Japão, e enquanto ela se aventurar pela música não é surpresa nenhuma, ela de fato cantar bem e lançar música boa é surpreendente pra caralho. Podem baixar o álbum dela que vale a pena (e por álbum eu quero dizer o de música, não os dela de quatro de biquíni na praia… mas se quiserem, baixem esses também :v).

02. NINE MUSES – SLEEPLESS NIGHT: Isso aqui não era o que eu esperava de um combo Brave Brothers + Nine Muses, mas passado o estranhamento inicial, passei a abertamente curtir Sleepless Night. Os “beibeeeee” no fundo e a backtrack são ótimos, uma pena pra elas que a faixa pelo visto passou batida na Coreia…

03. NINE MUSES – SECRET: Muita gente veio dizer que Secret deveria ter sido o single de Nine Muses ao invés de Sleepless Night, e enquanto eu entendo isso por Secret ser igualmente boa e ter um pouco mais de pulso, Sleepless Night tem um clima mais único, logo, a escolha foi acertada. E vamos lá: o flop viria de qualquer maneira, né? :v

04. BENI – DO IT RIGHT: BENI lançou álbum novo agora em dezembro e ele está bem forte (melhor que Ayu), se eu tivesse tempo eu até fazia uma review esperta. De todas as faixas novas, essa Do It Right não foi single, não ganhou clipe e nem vai ser divulgada pela BENI, mas é o absoluto destaque do álbum. Parece uma daquelas midtempos ótimas da Rihanna, de quando ela ainda tinha uma carreira. Repito: uma pena que não terá divulgação.

05. AISHA – AI NI IKU YO: Já que Alice Peralta Voz do McDonald’s 2009 até hoje não teve seu single ótimo pirateado na internet, vamos ter que nos contentar com Aisha, que é basicamente a mesma pessoa, a mesma voz, cantando basicamente o mesmo tipo de música. I’m Coming To See You não é tão boa quanto CHOICE, mas deu pro gasto. Uma pena que a capa do álbum dela seja tão trágica, enfim. =//

06. CRYSTAL KAY – KIMI TO FUTARA NARA: Vou dizer aqui que estava segurando essa mixtape na espera do álbumzão de Crystal Kay sair hoje, e já estava pronto pra descartar metade das músicas já separadas e colocar a delícia inteira na mixtape, só pra ouvi-lo e… achar ok. E só. Mas entre as faixas esquecíveis, essa If The Two Of Us valeu a pena. Não se compara ao remix de Hard To Say que veio com Revolution, mas tudo bem.

07. SUIYOUBI NO CAMPANELLA – MEDUSA: Se o álbum da CK me decepcionou, o Zipang do Suiyoubi no Campanella valeu a pena demais e é com certeza um dos melhores do ano. Se eu tivesse mais tempo talvez até resenhasse ele, mas como esse não é o caso, fica minha recomendação por aqui: baixem. o. Zipang.

08. BROWN EYED GIRLS – BRAVE NEW WORLD: O funk 80s com toques de disco é o som assinatura de BEG, mas pra Brave New World elas o levaram para todo um novo patamar, e o clipe é provavelmente o melhor da carreira delas. Já a faixa é com certeza a melhor das BEG desde Abracadabra. Do que não gostar?

09. FAKY – AFTERGLOW: Faky é um grupo de j-pop que parece visualmente um grupo de k-pop cantando pop de girlband britânica. Fez sentido pra mais alguém ou só pra mim? Enfim, elas voltaram mês passado com um triple A-Side digital (que coisa ratchet), e a coisa toda soa feito Sugababes, e melhor: com um inglês decente! Vale a ouvida.

10. BTS – RUN: Bangtan Boys já tinham deixado sua marca em 2015 com um bom single em I NEED U, mas eles resolveram tentar de novo e acertaram mais uma vez. Mesmo que Run saia do mesmo molde de I NEED U (só que sem o mesmo charme) e isso faça dela meio redundante, ainda assim conta pontos na discografia do grupo.

11. EXO – LIGHTSABER: Assim como BTS, EXO já tinha tido um bom 2015 e não tinha obrigação alguma de voltar de novo. Mas diferentemente de BTS, EXO realmente fez valer com Lightsaber e entregou uma das melhores faixas de boyband desse ano. EXO foi a melhor boyband coreana de 2015, resta aceitar.

12.  YEZI – TREAT ME ROUGHLY (feat. HANHAE): Dizer que o Unpretty Rapstar 2 foi uma grande perda de tempo não seria mentira, mas pelo menos em meio a toda a roubalheira fomos brindados com essa b-side perdida da Gaiola das Popozudas, em que Yezi narra como quer trepar violentamente com o mano do feat, tudo enquanto a mãe dela chora emocionada pela filha na plateia (vejam em 1:57 aí embaixo). Truedy could never.

13. MAX – MI MI MI: Vinte anos depois do debut e MAX continua a fazer o que elas sabem fazer de melhor: plagiar europop e fazer versões melhores que as originais. Claro que as Serebro dizendo que são fodonas por terem tetas enormes na letra original foi um momento de puro lirismo que entrará pro cancioneiro russo decididamente, mas no geral, MAX ainda ganhou e tem a melhor Mi Mi Mi de todas (depois de kyary, claro).

14. NAMIE AMURO – BLACK MAKE UP: Dizer que o último single de Namie foi desnecessário seria verdade, já que as duas faixas novas estão bem abaixo da média do _Genic. Mas como eu sou stan, vocês já sabiam que ambas estariam presentes aqui, não? Então sentem, relaxem, e apreciem BRÉCK MAKE UP.

15. EXID – HOT PINK: Algumas pessoas ainda estão odiando Hot Pink e dizendo que é UP&DOWN 3.0 só pela presença do pré-refrão gritado™ em todas os singles delas desde então, mas fora isso eu honestamente não vi muita relação não. Parecendo UP&DOWN ou não, esse ainda é um dos melhores singles delas (não que seja uma discografia muito estelar, mas ainda assim).

16. LABOUM – AALOW AALOW: Claro que eu adorei esse remix de Girls Just Wanna Have Fun em coreano, o refrão grudento e o clima bonitinho (sem ser sacarina demais feito uns white aegyo por aí) fazem dessa a melhor música de Laboum até hoje. Mais disso no futuro e menos Pit A Pat, pfvr.

17. PURFLES – BAD GIRL: Bad Thing foi um comeback ok para Purfles, mas pelo visto alguém na gravadora fundo de quintal delas notou que a faixa não seria o suficiente pro grupo aparecer de novo na minha lista de fim de ano, então foram lá e lançaram essa maravilha funk aqui. O combo de rap+bridge+rap no final da música é excelente e ajudou a tirar Bad Thing da vala de faixas exatamente iguais a essa que são lançadas semanalmente na Coreia.

18. BROWN EYED GIRLS – WARM HOLE: Se Bad Girl saiu do lugar comum das faixas de funk modernizadas do k-pop com algumas reviravoltas inusitadas de estrutura e um refrão ótimo, BEG conseguiu o mesmo feito com muito duplo sentido, gostosas vestidas de coelhinha da playboy vintage e muita falta de vergonha na cara. Mais disso aqui no capope, fazendo o favor.

19. NAMIE AMURO – RED CARPET: Isso aqui é Namie no automático e está muito abaixo dos últimos singles de inverno dela feito Brighter Day e Tsuki, mas já falei: como stan, eu colocaria isso aqui de qualquer maneira, mesmo que fosse uma bela bosta. Não é. Mas que é esquecível, isso é mesmo.

20. I.C.E – OVER U: Essa aqui de umas nugus que brotaram do nada começa grandiosa e infelizmente nunca alcança o potencial dos primeiros 20 segundos, mas ainda assim: não tem como negar o poder de T-ARA em 2009-2010, e é exatamente isso que I.C.E entrega aqui. Ponto pra elas.

21. ROAD BOYZ – SHOW ME BANG BANG: Se I.C.E entregou T-ARA em começo de carreira, Road Boyz fez o mesmo com o som antigo do INFINITE. Melódica e com um instrumental ótimo, Show Me Bang Bang só sai perdendo no quesito vocal mesmo, que está bem amador. Mas ainda assim tá melhor do que o single que eu nem lembro o nome do INFINITE esse ano.

22. B.A.P – YOUNG, WILD & FREE: B.A.P tinha processado a gravadora por trabalho escravo e depois de um ano eles… voltam na mesma gravadora cantando que são jovens, selvagens e livres? Jovens pode ser, selvagens eu duvido, mas livres? Aí é piada, né. Mas eles ao menos voltaram ao nu-metal, o som assinatura deles e que os distingue da manada das boybands coreanas. Yay?

23. BED.IN – C CHOU VENUS: RAINHAS.DA.PORRA.TODA. Essa merda me levou direto pros tempos da TV Manchete assistindo Jiraya, Jaspion e Changeman, quando nem se davam ao trabalho de inventar covers sofríveis em português dos temas originais das coisas, mantendo o pancadão nipônico nas aberturas e tal. Valeu pela nostalgia, gostosas. Continuem assim. ❤

24. PSY – DADDY (feat. CL): Nem a presença da tosquíssima Vesga Mais Má conseguiria tirar o brilho da melhor farofa de PSY desde Gangnam Style. Sendo honesto, os “hey! Onde você conseguiu esse corpo?” são o ápice da música junto do PSY ahjussi no clipe, então parabéns pra CL por finalmente ter dado uma dentro em 2015.

25. SUIYOUBI NO CAMPANELLA – RA: Povo caga-regra, não venham reclamar de apropriação cultural pela vocalista do Suiyoubi no Campanella estar vestida de Cléopatra nisso aqui. Se Nicki Minaj pode se vestir de gueixa-ninja sem pegar nada, a recíproca deve ser verdadeira. E além disso, RA é um dos melhores EDMs do ano, e ele não merece ser arrastado na lama por vocês. Grato.

E acabou o ano depois desse novembrozão gordo em lançamentos. E pensar que em 2014 eu tava lá colocando A.fucking.Pink em playlist porque ninguém tinha lançado nada, 2015 bias. :v

LINKZÃO

PS.: só lembrando que coisas de dezembro ainda não lançadas feito Lookbook da BoA ou a nova do FLOWER vão ficar pra mixtape de janeiro, porque como eu já disse antes, não vai rolar mixtape de dezembro por conta do top2015. FLWVLW.

Anúncios

109 comentários em “MIXTAPE – NOVEMBRO ’15

  1. Já estou naquela fase em que eu apenas aceito que, independente do quão boa seja a música, qualquer coisa que 9muses soltar já tem 90% de chances de ser ignorado pela coréia, só espero que elas continuem fazendo o mínimo de grana pra Shit Empire continuar com elas em atividade :T
    Btw, obrigado pela Secret, até então desconhecia essa perfeição de música.

    1. E O PIOR É QUE ELE COLOCA AS FAIXAS DATADÍSSIMAS DE ROAD BOYZ E B.A.P NO LUGAR!!!
      Se o Tio Chi não tivesse desistido mais rápido que KISS&CRY, ele se tornaria meu blogueiro favorito neste exato momento u.u

  2. Credo que musicas ruins,não aguento coisas japonesas.

    Só da pra passar esse Daddy ❤ e por favor CL é diva como assim "tosquíssima Vesga Mais Má" ? e outra,ela não é vesga,a maioria dos asiaticos ficam com o olho meio estranho mesmo ao olhar para o lado,deve ser porque não tem espaço pra mexer e um vai pra um lado e o outro vai pro outro lado.

    1. Essa coisa de zoar a CL por ser um pouco vesga é tão idiota. Como se isso afetasse a beleza dela né. Ela continua sendo mais linda e gostosa que qualquer magricela do K-POP. Hello Bitches tá poderoso, mas fãzinhos de “aegyo forçação de barra” ou “vulgar sem ser sexy” não aguentaram esse lacre e estão dando shade. Eu só olho e ignoro mesmo…

        1. Nem gostosa ela é kkkkk toda reta,o povo acha que ela tem bunda,até a Krystal tem mais bunda que ela. É porque o pessoal aqui do Brasil acha que coxa é sinonimo de bunda, CL é toda reta,cintura sem formato,coxas grossas e sem bunda.

          Krystal pode ser magra “vara pau” que nem uns dizem,mas tem abs,cintura fina e uma bondinha

      1. Bossceo…
        Eu acho que ela tem pernas lindas, ela tem uma bunda linda também, e peitos lindos, então pra mim ela é gostosa.
        Se você acha a Krystal mais bonita (o que eu nem entendi qual a lógica de falar dela aqui nos comentários) opinião sua, problema seu.

        1. Não preciso nem responder a iludida da Yasmine porque o Purpuny já fez isso por mim,gatona a Cibéli né querida,bem gostosona.

        1. Como se a tua fave sempre tivesse sido linda né meu bem?! Hipocrisia fã de album artista de k-pop trazer fotos do fundo do baú pra usar como algum argumento. Vai procurar fotos da tua fave antes da fama pra tu ver a gatinha que ela era.

    2. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
      Eu vou dar print nesse comentário e usar como wallpaper!!!!

      Aliás, me passa uma lista desses asiáticos que “são vesgos, mas não são vesgos” que você mencionou!

        1. Hhahahahah a frase sobre a Cibele Feioza ❤

          “não CLouca significando CLouca, mas CLouca significando não CLouca, you know?”

  3. eu desisto de pedir review de Chat-Shire porque não vai rolar rs

    Esse novembro/dezembro foi bom,e é impressionante que as melhores coisas tenham sido fruto de boygroup,estão evoluindo.

  4. Ai cara, sério mesmo? EXO melhor boyband de 2015? Só vejo mais um grupinho de marionetes que a SM tanto adora mexer as cordinhas. LightSaber uma das melhores faixas de boyband? Os cara só ficam “lai-lai-lai-lai lai seiber” metade da música, por favor, né?! Só salvou aquele rapzinho no final, e se.

    1. “mais um grupinho de marionetes ”

      se você tá lendo o blog suponho que goste do idol pop/pop asiático, então, por qual motivo criticar os idol groups por serem marionetes das agências? não vejo isso como ponto de argumento.

  5. Gostei do single da Namie, nao foi melhor que Tsuki, mas nao achei esquecivel. u.u Achei as duas musicas boas e Red Carpet ta boa no engrish tipo o “when you’re with me I see crearrrrrry”, ou seja, cumpriu a missao.

  6. Bruno, já ouviu falar to 8tracks? Eles tem umas regrinhas chatas (tipo não colocar mais de duas músicas do mesmo artista numa playlist e não dar pra pular faixas), mas eu uso e recomendo bastante. Fora que tem muita playlist de kpop nele e dá pra fazer upload das faixas que quiser. Dá uma olhada depois =)

  7. Bruno, desculpa, mas sua mixtape foi meio que ofuscada pelos CL biaseds tentando defendê-la do seu deboche (como se vc não debochasse de TODO MUNDO do capope) e justificando a vesguice dela. Blackjacks nunca param de me surpreender (positivamente, claro ❤ ).

  8. E a nação Nugu ganha suas novas representantes. OLHA ESSA DELÍCIA, EITA Q ESSE ANO SÓ TEM NUGU BOM

    Aliás, qual o problema com essas calças que já rodaram por todos os girlgroups?

    1. Essas tais “Girls Girls” até que tem umas musicas bem boas, vide esse e o single perdido de HyunÃo que leva o mesmo nome do grupo. Torçendo pra sairem da muralha nugu.

    1. Eu tô de olho em FEMM dizendo que vai lançar um double disc set em que um é o FEMM-Isation que já nos abençoou e o outro ”’novo”’ só tem 2 músicas novas e o resto é tudo remix das velhas

  9. Custava enfiar a faixa da Grimes que tem uma gata mandando uns versos em mandarim enquanto a louca da Grimes grita por cima de tudo? Não, não custava!!!!!!!1111!!!!

    E esses blackjacks nos comentários? Pior que os sone

  10. “EXO foi a melhor boyband coreana de 2015, resta aceitar” guardem as palavras do Bruno, talvez nunca mais ouçamos isso de novo

    Aliás vesgão mais má poderia desistir de ser a baddest female na gringa, né? Ao invés de aproveitar os segundos triunfais dela em Daddy os blackjacks ficam tentando hypar a carreira dela. Quase 2016 e ainda tão tentando defender Doutor Peppa, não aguento mais

    1. KKKKKKKKKKKKKKKK Acho graça desses caras que acham que podem imitar as ousadias de G-Dragon e cia, mas ao invés de parecem legais só conseguem ser uma tentativa falha e tosca.

  11. Senti falta de Romeo e UP10TION na Mixtape, confesso.

    Mas bateu aquela dúvida: dá pra chamar de apropriação cultural usar trajes de uma cultura morta? Tipo, bora processar metade dos estilistas porque todo ano pelo menos um se inspira em algo da Grécia Antiga ou Roma.

      1. Gente branca impôs a cultura deles para o mundo inteiro. Não é como se os povos colonizados e explorados quisessem ter sua cultura, religião e política assassinada por Europeus para que fossem obrigados a praticarem o que esses brancos acreditavam.

    1. Eu ja tava vindo aqui espalhar essa noticia e eis que vc chegou mais rapido!!
      E a empresa ainda diz que o fato de serem confudidas é por elas serem jovens, tipo wtf?

      1. Provavelmente o pessoal do aeroporto suspeitou de tráfico de pessoas, que aparentemente está sendo um problema bem sério lá pelos EUA. Também um dos membros da equipe delas disse que eram “irmãs”, mais um motivo para levantar as suspeitas e ainda não foram capazes de explicar sobre os vistos, porque confundiram tudo. É nisso que dá não contratar um interprete que fale inglês decentemente. -q

    1. HUAHUAHUA o encontro das azaleas: a branca-cocaina bigui buri tosquissima e a nossa vesguda entusiasta de toddynho mais try-fucking-hard da Coréia. Já amei. O MV (se tiver) vai ser supimpa, já to no aguardo.

    2. Se virar hit (o que eu duvido, pq para isso teria que ser single, e eu duvido que a Iggy vá apostar um dos seus singles em uma parceria com uma artista não conhecida no mercado musical ocidental (a não ser que a YG tenha mexido uns pauzinhos)), é provável que muita gente acuse de apropriação cultural ao quadrado: uma branca australiana e uma asiática cantando e incorporando a música afro-americana.

    1. Doctor Peppa foi fuleragem do Diplo. Aposto que CL também não levou a sério aquilo.
      Hello Bitches é beeem diferente. A CL tá fazendo de tudo pra parecer uma “bad bitch sei falar palavrão porra” nesse debut? Tá. Mas quem não faz isso, né mona?! É uma boa faixa, a coreografia tá incrível e a CL tá linda. Apesar de ser uma característica dele, Bruno não precisava ter boicotado tanto.

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s