TOP100 MELHORES MÚSICAS DE 2015 (FINAL: 10° – 01°)

E chegou a hora de revelar quem venceu 2015 e será alçado ao panteão celestial de favoritas do Asian Mixtape, que já inclui Expectation das Girl’s Day, PLAY da Jolin Tsai e Hurly Burly das Perfume. Antes de qualquer coisa, não se esqueçam que opinião musical é algo subjetivo, e essas foram as melhores músicas segundo a MINHA opinião. Sintam-se convidados a discordarem o quanto quiserem. só lembrem que vocês estão errados

10. BED IN – C CHOU VENUS

[2015.11.25] C CHOU VENUS

BEST OF 2014: Nenhuma Entrada

Muitos de vocês irão reclamar sem parar sobre essa bosta ter entrado no top (ainda mais no top10), mas eu honestamente não. dou. uma. foda. Eu acredito que música deve fazer você se sentir bem, e poucas coisas foram tão agradáveis pra meus olhos/ouvidos em 2015 quanto essas duas tias nostálgicas entregando abertura de tokusatsu oitentista realness. C CHOU VENUS é calculadamente descompromissado, arquitetado de uma maneira que não parece uma paródia de música japonesa do fim dos anos 80/começo dos 90, mas sim uma carta de amor a um gênero basicamente morto (guitarras proeminentes em música pop? Em 2015?). Todos os apreciadores de uma tosqueira mal dublada da TV Manchete não conseguirão resistir a essa bosta, disso eu tenho certeza.

09. NAMIE AMURO – STRANGER

[2015.06.10] _Genic

BEST OF 2014: #85 Sweet Kisses; #40 Tsuki

Mais um álbum de Namie lançado esse ano, mais uma vez ela lançou a farofa nipônica do ano. Se em 2013 ela estava miserável vestida de Garibaldo num telhado em L.A. com dançarinos étnicos, em 2015 ela está miserável vestida de Morticia Addams dançando num cenário preto e dourado com dançarinos étnicos. Sim, pouca coisa mudou, mas Namie playing it safe e gravando coisas nas coxas ainda entrega farofas melhor do que muitas popstars com metade da idade dela tentando revolucionar o pop. E se você não gosta de Namie ou não viu o appeal de uma quarentona japa querendo dar pra um estranho na balada, saiba que um bolo formigueiro estourou no meu forno meses atrás, e o poder de Stranger me ajudou a ficar meia hora limpando a delícia diligentemente. Desde então eu e esta música temos uma conexão simbiótica e irreversível, ok?

08. SHINEE – VIEW

[2015.05.18] ODD

BEST OF 2014: Nenhuma Entrada

O house foi uma das principais modinhas no k-pop nesse 2015, mas talvez nenhum outro single tenha conseguido encapsular o gênero melhor do que View o fez. O melhor single de SHINee desde Lucifer e a melhor coisa lançada por uma boyband coreana esse ano, o único defeito de View são as lentes de contato ridículas, o bb cream descontrolado e os cabelos descoloridos do MV. Os cinco estão tão ridículos no clipe que eu até me pergunto se o ex-stylist de Dara do 2NE1 tá trabalhando na SM hoje em dia, porque olha. Felizmente se o stylist da SM tá cagando tudo, os produtores musicais dela não estão. Parece que o jogo virou em cima da YG, não é mesmo?

07. RAINBOW – BLACK SWAN

[2015.02.23] INNOCENT

BEST OF 2014: Nenhuma Entrada

Black Swan poderia simplesmente ser a midtempo sensual nossa de cada dia, mas ela vai além disso. Black Swan é elegante, hipnótica e contida, num gênero em que até mesmo o grupo mais furreca lança porcarias super produzidas e com 69 ideias diferentes enfiadas numa mesma faixa. A estrutura do single não é convencional, e as desaceleradas antes de cada refrão tornam o refrão relativamente sutil muito mais efetivo. O clipe é outro vencedor, apostando na ironia de algo chamado Rainbow lançar um produto tão monocromático assim. Facilmente a melhor faixa da carreira delas até aqui, uma pena que flopou tanto que provavelmente enterrou o grupo.

06. PERFUME – PICK ME UP

[2015.04.29] Relax In The City / Pick Me Up

BEST OF 2014: #75 Ijiwary Na Hello; #23 DISPLAY

Nakata foi uma bela bosta esse ano, entregando singles preguiçosos pra todos os seus atos de modo geral. Mas de alguma maneira ele também conseguiu força vital o suficiente pra entregar sua melhor produção desde Party Maker. O europop-encontra-synthpop-japa que temos aqui tá funcionando tremendamente bem, e eu honestamente acho que uma engrish version teria se saído bem nos dance charts americanos/europeus, porque isso é basicamente uma variação de um single de Avicii, SÓ QUE MELHOR. Pick Me Up traz um quê de acessibilidade que Perfume raramente apresenta, mas sem perder o charme e uniqueness das mocreias do technopop. É simplesmente uma faixa ótima com um clipe sem sentido algum tão divertido quanto. Sem contar que pra fãs de longa data chega a ser comovente ouvi-las mandar os “I Wanna make my liiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiife” sem um vocoder destruindo as vozes delas. Mais disso em 2016, Nakata.

05. 4MINUTE – CRAZY

[2015.02.09] CRAZY

BEST OF 2014: #19 RED (HyunA)

Após dois anos sombrios cantando bobagens genéricas de Brave Sound (Drop It), parece que a Cube arrumou a casa e 4MINUTE voltou aos trilhos fazendo o impossível: entregando uma daquelas faixas try-hard yolo vidalok cheia de swag. A diferença é que a coisa funcionou (diferentemente das porcarias que G-Dragon escreve), por conta do refrão excelente com os toques árabes/turcos, que foi muito fortalecido pelo build up épico antes dele (a parte de GaYoon). Sem contar que foi esse comeback que trouxe o #REVAMPED para nossas vidas, então um top5 já estava mais do que garantido. Eu honestamente não achava que nada delas conseguiria superar Volume Up, mas parece que eu estava redondamente enganado. Bem vindas de volta ao jogo, 4MINUTE.

04. NEWS – KAGUYA

[2015.01.07] KAGUYA

BEST OF 2014: Nenhuma Entrada

*BOOOM* na cara de vocês capopeiros com as quatro pão com ovo do NEWS vencendo vários atos de k-pop e figurando no top4 como a melhor faixa “masculina” do ano. Vocês podem achar que eu estou fazendo isso pela trollagem gratuita, mas definitivamente não é o caso. Essa é a melhor coisa desovada por um grupo Johnny’s na memória recente, e é também o melhor single da carreira das Flower também. Sim, porque KAGUYA é basicamente Flower, só que servido por quatro manos que completamente se entregam a proposta feminina e delicada do clipe, sem nunca soarem dissimulados ou deixarem a coisa descambar para a paródia. KAGUYA foi lançada na primeira semana de 2015 e simplesmente nenhum outro comeback de boyband no ano conseguiu superá-la ou chegar perto por todo esse tempo, então posição mais do que merecida.

03. POCKET GIRLS – BBANG BBANG

[2015.04.09] BBANG BBANG

BEST OF 2014: Nenhuma Entrada

POCKET DEUS. ❤ Eu poderia escrever esse parágrafo todo focando no fato delas terem ganhado fama por um fancam do clone peitudo de Soyeon no line-up delas, não? Ou sobre as plásticas definidoras de uma geração de Pete Burns. Ou ainda sobre o fato de que desde o debut a única bonita saiu e já teve DUAS REPLACEMENTS DESDE ENTÃO. Ou ainda sobre todos os lives épicos com peões de obra gemendo quando elas revelam os decotes no refrão. Mas eu não farei nada isso. Porque a verdade é que essa faixa é ÓTIMA e nenhuma outra farofa conseguiu andar tão bem a linha entre piada completa e genuíno prazer culposo quanto BBANG BBANG. Nem mesmo um break de rap/dubstep em pleno 2015 consegue denegrir o poder dessa farofa, então medalha de bronze desse ano vai pra POCKET DEUS, RESTA ACEITAR.

02. STELLAR – VIBRATO

[2015.07.20] Vibrato

BEST OF 2014: #69 Marionette

Sério, que clipe e músicas boas. Da parte do clipe, o grande trunfo de Vibrato é parear toda a apelação gratuita com uns joguinhos de metalinguagem que referenciam Marionette e a reação do público àquilo, tipo elas estarem dentro de caixas de vidro expostas ao mundo com o figurino do clipe passado, ou ainda as quatro barbies aparecendo na TV todas felizes e depois sendo banhadas em sangue, uma representação da chacota e do slut shaming pelo qual as quatro passaram ano passado. Stellar faz piada dos dramas envolvendo sexy concepts, ao mesmo tempo em que fazem um sexy concept ainda mais apelativo. É genial, pra dizer a verdade. E claro que isso passou batido por um monte de gente babaca que só se preocupou em ridicularizá-las, sem notar que anjos de luz virginais feito G-Friend ou Apink são tão sexualizadas quanto. Mas, claro, isso é apenas comentando o clipe. Vibrato, a música, é ainda melhor, se é que isso é possível. Um electro-funk bem produzido por Sweetune, que não tem rodeios e entrega o melhor clímax de uma faixa de k-pop desde Expectation das Girl’s Day. Pensando bem, Vibrato é Expectation 2.0, apenas #revamped para 2015. E por muito pouco ela não foi coroada a melhor do ano, já que eu passei esse segundo semestre inteiro tentando objetivamente escolher qual a minha favorita entre Vibrato e a delícia aí de baixo, mas como sempre, gosto é algo subjetivo, então fazer isso foi um exercício inútil da minha parte. Enfim, a rainha de 2015 é:

01. WONDER GIRLS – I FEEL YOU

[2015.08.03] REBOOT

BEST OF 2014: #79 Whenever Together (Yenny); #52 Full Moon (Sunmi); #28 Truth (Yenny); #03 Ain’t Nobody (Yenny)

Quando foi anunciado que as Wonder Girls voltariam após um hiato de tipo 3 anos com um line-up híbrido de originais e substitutas, nada poderia me preparar para I Feel You. Sendo alguém que cresceu ouvindo new wave em coisas feito Duran Duran, A-Ha e Exposé, ouvir I Feel You foi absolutamente incrível. Isso porque a faixa não parece uma reinvenção moderna do new wave e do synthpop dos anos 80, I Feel You parece new wave e synthpop dos anos 80 e ponto. Do instrumental ao delivery dos vocais, passando pelo estilo do clipe (MTV total, até o logo da mesma aparece invertido pra virar “W” no começo e fim do clipe, além do formato 4:3 da imagem), tudo engloba o estilo perfeitamente e estaria em casa numa playlist vintage do gênero no spotify, sem causar estranhamento algum (tirando talvez pelo fato da faixa ser cantada em coreano, claro). K-pop é conhecido por ser um gênero camaleônico e que se apropria de múltiplos conteúdos e os regurgita num único pacote atualizado, então ver algo tão fiel ao seu material de origem, sem tirar nem por, foi totalmente inesperado. E enquanto Vibrato provavelmente é uma faixa mais vibrante e climática, fica muito difícil vencer o poder da nostalgia, e é essa a arma que as Wonder Girls escolheram utilizar pra vencer 2015. Portanto, a coroa do ano é de vocês, gostosas. Não sumam por mais três anos de novo, por favor.

STREAMING / DOWNLOAD

E foi isso do incrível top de 2015 do Asian Mixtape. Muita coisa boa ficou de fora (aguardem uma playlist esperta pra amanhã com as principais left overs), somente mais uma prova de quão bom foi esse ano como um todo. Enfim, digam aí o que acharam do top como um todo nos comentários, deem sugestões do que vocês querem ver no Asian Mixtape em 2016 e continuem a apoiar e mostrar afeto pelo blog, que eu continuarei a trabalhar diligentemente para entregar o melhor conteúdo possível pra vocês. /o/

Anúncios

147 comentários em “TOP100 MELHORES MÚSICAS DE 2015 (FINAL: 10° – 01°)

  1. A lista está linda! ❤ estava até perdendo as esperanças de I Feel You está na lista mais aí BUM! Já esperava Vibrato está na colocação, mais não tão alta assim, achei a música bacana mais não tão foda assim pra ta numa posição tão alta,mas em enfim a lista está ótima e acho incrível o jeito como você faz a seleção e explica tão bem como é a faixa! Parabéns pelo blog! 😆

  2. PRA 2016 QUERO QUE VOCÊ INCLUA AS 3-5 PIORES MÚSICAS DO MÊS NAS MIXTAPES E NO FINAL DO ANO FAÇA UM TOP PIORES DO ANO (SE QUISER PODE FAZER DE 2015 AGORA :v)

  3. Eu não tenho nenhuma reclamação quanto ao Top. Numa boa, eu gostei de todas as partes. Claro, as três últimas são as minhas favoritas, mas acabei descobrindo muitas músicas legais no geral. Nenhuma surpresa com o Top 10. Foi mais ou menos o que eu esperava. Quer dizer, minha única surpresa foi ver NEWS pegando o quarto lugar. Eu gostei demais dessa música. É ótima para varrer a casa, sério. @__@ Nos dias bons dá até para improvisar uma coreo melhor com a vassoura. :v

    Para 2016, eu só vou me juntar a maioria: Mais deboche, mais posts aleatórios. ❤
    E aguardarei paciente o Best of 2011. u.u

  4. bem, agora que terminou posso comentar xD bruno, nao vou dizer aqui o que pode ou nao ter entrado ja que, como todos sabem, isso é uma lista pessoal, logo, nao cabe a mim nem a ninguem dizer o que deve ou nao entrar certo? em primeiro lugar, to feliz pra caralho de ver i feel you em primeiro!! sou wonderful de carteirinha sofrida pq olha, ser wonderful é pedir pra sofrer ASHUASHUASAHSU mas se tem uma coisa coisa que a jyp é boa (pelo menos na maioria dos casos) é ter artistas talentosos e albuns com qualidade, e com i feel you nao foi diferente. eu realmente tive a mesma sensação que vc: uma musica que realmente PARECE anos 80 e nao uma que seja uma homenagem que só faça uma “menção” a época. um comeback, como vc mesmo disse no post sobre ele, a prova de balas, e com razão. não digo isso sendo wonderful mas sim pq a qualidade do album tá otima, não canso de escutar e posso dizer que é de longe, o album delas que mais escutei. quanto ao resto do top eu curti no geral, e queria muito dizer que agradeço esses tops que vc faz por aqui. sei o quanto é trabalhoso ate pq tem que separar muitas musicas, escrever textos (apesar de que sei que o senhor esta dando control c control v em muitos textos viu senhor bruno husaasuhsa) organizar, fazer lista, fazer programação de um blog e artigos de um blog em que vc nao ganha nada com isso mas que foi crescendo e virou essa cosia grande que é hj. tenho orgulho em dizer que vi ele desde lá do comecinho e crescer ate agora /hipster /mae feelings. no mais, pra 2016 vou me juntar ao coro de mais posts nonsenses e claro, seria legal um post sobre algum outro grupo como fez em comemoração dos 5 anos do 2ne1 ou entao mais algum sobre algum membro que nem fez com a park bom 😀 no mais, um feliz ano novo pra vc, pra sua namorada (vc ainda namora certo? nao sei hsuaauhsa) e mais deboches pra esse ano pfvr pq precisamos :* ❤

    ps.: agora nao posso mais ver mass effect que lembro de vc pqp bruno ASHUSAHUSAH

  5. Discordei de uns 60% desse TOP100 entre escolhas diferentes e posições mais altas e/ou mais baixas de escolhas iguais, mas não vou negar que aqueceu meu coração ver WG levando o troféu que tanto mereciam e que foi negado a elas tantas vezes esse ano, entre Raul Gils da vida e premiações de fim de ano COMPRADAS pra grupos ou com comebacks lackluster ou ainda com apenas SEMANAS de existência…

    I Feel You hino de 2015 ❤

  6. WOW. O que falar desse top? Sensacional. Concordei com muitas coisas e conheci músicas incríveis (ALL MY LIFE do top 11 é FODA, não consigo parar de ouvir) mas acho que faltou One Black Night das Wonder Girls, Time Of Ice Cream, Wave e Light do BEG e Automatic do RV. Sobre STELLAR: Não colocaria no top 10, mas ESPEEERA que eu não colocaria tããão embaixo. Digo porque a música vicia pra caralho e mesmo com poucas ouvidas, você a decora e fica com ela na cabeça. O clipe é foda também. MERECIDÍSSIMO! I FEEL YOU o HINO do ano, WG voltou pisando em geral, só resta aceitar.
    ADOREI ❤

  7. Tava viajando e sem net então só deu pra ver essa delicia agora e já esperava I Feel You no topo e concordo totalmente. Já acompanho o blog faz um tempinho mas agora resolvi comentar nos posts porque uma das minhas promessas de fim de ano foi dar uma foda para sessão de comments do seu blog, já que é o único com que perco meu tempo pra ler as parada,aliás,ótimo blog tú tem ❤

  8. Nossa vc colocou essa tosqueira no Top 10, se mudasse com All My Life eu nem iria importar

    Não gosto tanto de Stranger, sempre pulo
    Não esperava essa colocação baixa pra View, e nem esse News, nem BBang BBang como top3, surpreendente, mas enfim, sua opinião.
    De resto amo
    MORTA não esperava Vibrato tão numa posição tão alta assim, mas merece Top 10 sim
    I Feel You maravilhosa

    1. como eu disse quando falei de Mondai Girl no top, Crazy Party Night simplesmente não funciona e não tem replay value sem o clipe. Já o clipe é provavelmente o melhor dela, mas como música não funcionou muito não…

  9. Porra, arrasou! Apesar dos risos com Pocket Girls ali em terceiro lugar (amei!), tenho minhas preferências, obviamente. Acho que 4 Walls (Só pelo Deep House e pela classe daquela instalação artística pra promover o álbum r3qw478fy4gw) e Brave New World deveriam estar em posições mais privilegiadas (se bem que elas já estão, BUT…), e amei Vibrato e I Feel You ali no topo. Vibrato foi grito de liberdade feminina, achei hino, e I Feel You foi tipo produção de artista independente sob o selo da RetroNewWave, eu amei pra caralho ❤
    Teve delícia de Perfume e você até deu chance pra Ayu (não foi um bom ano pra ela, né?! rs)
    Amei que você colocou "B who i want 2 b". Você tá ligado que quem tá por trás desse bubblegum pop é o lindíssimo SOPHIE? O cara produziu, por exemplo, O MAIOR SHADE PRA INDÚSTRIA DA MÚSICA POP DE 2015: https://www.youtube.com/watch?v=1MQUleX1PeA

    É PRA SE INFECTAR! Se joga no shade pra indústria, pro capitalismo, pros promotional videos, e pra esse high-pitched voice que fica na cabeça. Beijos ❤

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s