MIXTAPE ESPECIAL – SWEETUNE

maxresdefault

Esses últimos dias tem sido terríveis, comigo dando F5 na página do Sports Chosun a cada cinco segundos pra checar se o icônico ranking de girlbands deles já tinha ido ao ar ou não. Nesse meio tempo, em que absolutamente nada aconteceu no k-pop (e eu não tinha nada pra fazer, agora que terminei GTA5 pela vigésima vez), resolvi presentear vocês com mais uma mixtape temática dos grandes produtores do k-pop, seguindo o sucesso avassalador e #lacrante da mixtape especial do Brave Brothers. Então, hora de Sweetune, galera. @_@

Mais uma das ironias da vida: enquanto “Brave Brothers” é na verdade uma pessoa só, “Sweetune” por sua vez é um duo, formado por Han Jae-ho e Kim Seung-soo, os dois gordinhos aí de cima. Eles começaram a crescer na cena capopeira lá por 2008-2009, quando sozinhos assinaram uma série de sucessos comerciais pra KARA, incluindo Honey, Mister, Wanna, Lupin, Jumping, Step e basicamente tudo do KARA5 na Coreia. Isso abriu caminho pra eles produzirem vários singles também para Infinite, Boyfriend e Nine Muses, a grande maioria dentro do que se veio a esperar de um single de Sweetune:  faixas extremamente dramáticas e evocativas de OSTs, com forte influência do metal e synthpop 80s. Sem mais delongas, cliquem aí no leia mais e descubram algumas das melhores coisas já assinadas pelos dois.

01. KARA – LUPIN:  Sweetune é um dos poucos produtores com uma distribuição razoável de músicas boas tanto pra homens quanto pra mulheres, talvez por eles escreverem A MESMA COISA pra seus atos, independentemente de gênero (coisa que a maioria dos produtores não fazem, entregando algo mais sacarina/enjoado pras girlbands e coisas mais dramáticas/badass/hipehope/trap/swag pra homens). No caso, Lupin é uma faixa do Infinite cantada por mulheres, o que talvez faça dela ainda mais impactante. Um marco da discografia de KARA e de Sweetune.

02. INFINITE – BE MINE: Uma das melhores faixas do INFINITE até hoje, e uma típica produção do Sweetune. Se você não ouviu isso antes por ter asco de boybands (é de 2011), definitivamente vale a ouvida, porque Be Mine saiu da mesma forma que a News aí debaixo.

03. NINE MUSES – NEWS: Sendo honesto, eu nunca dei muita atenção a NEWS porque o clipe é super amador (chequem aí em cima), mas essa faixa é ótima e me deixa nostálgico pelo Nine Muses old school com a presença das icônicas Leesem, Sera e gata-que-queria-virar-solo no grupo.

04. RAINBOW – MACH: Mach é a melhor faixa pré-Black Swan de Rainbow, e ironicamente é um dos singles menos bem sucedidos da história delas. Soa como algo que o SPICA lançaria, e coincidentemente flopou tanto quanto.

05. SPICA – RUSSIAN ROULETTE: SPICA nunca mais alcançou o nível épico do seu debut (quase impossível também, já que nada mais teve o agudinho Mariah Carey como o ápice de Russian Roulette tem), muito provavelmente porque SPICA completamente abandonou essa sonoridade agressiva e melancólica que casava tão bem com elas. Culpo Lee Hyori.

06. KARA – DAMAGED LADY: O último single de KARA5 na Coreia e a última colaboração delas com Sweetune, Damaged Lady fala do amargor sentido após o fim de um relacionamento. A faixa é provavelmente o mais metal que Sweetune já se permitiu chegar num release de girl group, e considerando que por algum motivo ou outro ninguém mais trabalha com eles hoje em dia, é o mais longe que eles chegarão também.

07. SEUNG YEON – GUILTY: Pro seu solo do KARA Collection, A vesga simpática Seung Yeon resolveu lançar uma power ballad gótica e emo e a voz dela surpreendentemente casou muito bem com essa coisa Within Temptation/Nightwish/Tarjão Turunen. Agora que Seung Yeon pulou fora da DSP, taí um bom plano de carreira pra ela.

08. NINE MUSES – WILD: Provavelmente a melhor faixa de Nine Muses até hoje, Wild pegou a vibe épica do new romantic/glam britânico e a modernizou para o século XXI maravilhosamente bem. E quem diria que rap numa música de girlband seria essencial para uma faixa, hein?

09. STELLAR – VIBRATO: Vibrato muito provavelmente é de Mono Tree, os estagiários do Sweetune que estão começando a ganhar nome por si mesmos nos últimos meses (tanto que Sting já tem a assinatura deles). Mas como Mono Tree ainda não era um estúdio próprio quando Vibrato saiu, a faixa vai entrar aqui e pronto. Afinal, Vibrato tem o sabor de uma faixa do Sweetune de qualquer maneira, então mal nenhum, né? Sem contar que quanto mais ouvidas de vibrato, melhor.

10. INFINITE – BTD (BEFORE THE DAWN): O primeiro MV do INFINITE no canal da woollim tem um “.wmv” no título até hoje, então como essa banda virou alguma coisa está além da minha compreensão. OU NÃO, já que eu sei exatamente o que fez INFINITE começar a dar certo: Sweetune. Before The Dawn é outra das faixas antigas de INFINITE+SWEETUNE cheia de drama e pieguice na medida certa, o combo que fez deles o que são hoje. Honestamente, o que é BAD comparado a isso aqui, né? Volta, dobradinha com Sweetune.

11. BOYFRIEND – JANUS: Sim, essas pessoas aí de cima supostamente são as mesmas da constrangedora e toscovilhosa BOYFRIEND que estava na mixtape brave sound drop it. Consistência de som/imagem pra quê, né? (e isso não é ironia, antes lançar “YOU’RE NOT A BATGIRL” do que tosqueiras feito BOYFRIEND pra sempre).

12. STELLAR – MASK: Mask passou super batido na Coreia, porque veio muito na cola de Marionette e todo mundo ainda estava focado em odiá-las pelo clipe da delícia. Mesmo sendo mais sutil e contida que Marionette, Mask também merece um pouco de amor, então é ela que ganhou essa vaguinha na mixtape.

13. RAINBOW – A: Das duas faixas que Sweetune deu pra Rainbow, Mach é obviamente a melhor. Então é claro que foi “A” a ter sucesso comercial, né? Mas nem tem por que ficar amargo, já que “A” ainda assim é uma das melhores faixas do catálogo pobre de Rainbow, sendo um retrôzinho bem gostoso.

14. SPICA – LONELY: Outro dos primeiros lançamentos de SPICA, Lonely é um bom exemplo do template retrô do Sweetune. Sendo objetivo, Painkiller é uma faixa melhor, mas achei que seria melhor equilibrar um pouco o lado red e o lado velvet de Sweetune, daí Lonely ganhou essa vaga. Ainda assim, ótima faixa.

15. NINE MUSES – WHO R U: A óbvia b-side do ótimo primeiro mini das Nine Muses, WHO R U é provavelmente a melhor album track das musas até hoje. O break de acid jazz é totalmente inesperado e ousado, e funciona melhor do que o imaginado.

16. f(x) – LOVE: Sim, até f(x) tem sua dose de Sweetdeus na discografia. Essa album track aqui é uma das melhores coisas presentes no Pinocchio/Hot Summer, e apesar de ser a única coisa que Sweetune deu pra f(x), a sonoridade de LOVE é uma que se faz presente nos lançamentos do grupo até hoje.

17. YOO JI-AE – DELIGHT: Essa aqui é de uma das meninas do Lovelyz, lançada anos antes do grupo debutar. Isso porque a Woollim seguiu a estranha rota de divulgar suas trainees com solos ANTES do grupo ser lançado. E Ji-Ae teve mais sorte que BabySoul e Jin, ganhando uma fatia de synthpop celestial pra chamar de sua. Muito bom.

18. KARA – STEP: Não existe nada pra se falar de STEP que vocês já não saibam, é um clássico moderno e uma das coisas mais vibrantes e positivas já lançadas por um grupo coreano. Fim.

19. NICOLE – SOMETHING SPECIAL: se manter fiel a Sweetune após sair de KARA fez bem a Nicole, porque isso fez com que ela ganhasse bobagens bonitinhas de girly pop feito Something Special pra gravar. E num mar de solistas coreanas apostando no sexy, isso aqui fez ela se distanciar da manada muito bem.

20. BOYFRIEND – LOVE STYLE: outra boa faixa da dobradinha BOYFRIEND+SWEETUNE, o grande destaque de Love Style nem é tanto a música, mas sim o clipe, com alguns dos piores figurinos já usados por uma boyband na história. Se você nunca viu, presencie a tosqueira aí embaixo (e a música ainda é boa mesmo assim, porque Sweetune não é Brave Brothers).

21. KARA – WANNA: Outro dos grandes clássicos de KARA com Sweetune, Wanna soa como algo que estaria em casa nas discografias de hair bands dos anos 80, só que com menininhas bonitinhas cantando. Difícil querer muito mais da faixa assim.

22. A’ST1 – DYNAMITE: Sweetune escreveu um monte de coisa praquele SS501 da DSP, mas era tudo tão ruim que eu simplesmente os ignorei e coloquei essa Dynamite dos flopados A’ST1 no lugar. Claro que a faixa não é tão icônica quanto a Dynamite do Champs, mas com esse nome de cepa viral, A’ST1 não poderia ficar de fora. :v

23. NINE MUSES – GUN: mixtape tá chegando ao fim, então hora de mais um dos clássicos de Nine Muses pra subir o nível da coisa toda. Um dos melhores clipes da carreira delas, apostando em externas pra variar e em todas estando nota ONZE, graças aos figurinos/penteados bem escolhidos. E num grupo de nove minas, todas estarem bem ao mesmo tempo é raridade, o que só aumenta o nível mítico de Gun.

24. INFINITE – THE CHASER: Se você achou que The Chaser estava estranhamente baixa na minha lista de 2012, você não está sozinho. Eu concordo também, essa é a melhor faixa deles e uma das melhores coisas de qualquer boyband nessa década. A verdade é que The Chaser estava em 10° lugar na lista, mas como eu já havia preparado o texto sobre a música e queria postar logo a parte 3 do top (eu estava atrasado, como sempre), derrubei a faixa quinze posições e botei outra coisa no lugar. Destino similar tiveram Volume Up e Catch Me, que deveriam estar na parte 4 no lugar de Cherry Blossom Ending e Like This, mas como já estavam com textinho pronto, foram derrubadas pra eu conseguir postar logo. RISOS. E não se enganem: isso acontece com mais frequência do que vocês imaginam, sou preguiçoso assim. :v

25. KARA – MISTER: Pra fechar a mixtape, vai aí o maior sucesso comercial da carreira do Sweetune. Mister não engloba necessariamente a sonoridade que se veio a esperar deles (Lupin e The Chaser fazem isso melhor), mas é uma faixa tão gostosa e contagiante que dá pra entender como e por que ela varreu toda a Ásia em 2009/2010. Uma pena os dois nunca terem alcançado o sucesso de Mister novamente, porque eles definitivamente merecem.

Enfim é isso. Acho que deu pra representar bem os sons de Sweetune e a clientela deles. Só faltou realmente alguma das faixas do SS501 e uma das Brown Eyed Girls. Mas em ambos os casos as colaborações foram uma bosta, então eu cortei ambas e botei mais um dos evangelhos de KARA/Nine Muses no lugar. Por conta disso, a playlist do streaming está infelizmente incompleta, já que o 8tracks limita a quantidade de faixas por ato que eu posso colocar lá. Mas o download tá completo, se serve de consolo. @_@

STREAMING / DOWNLOAD

E agora, qual deve ser o próximo produtor a ter uma mixtape especial focada em seus trabalhos? Postem suas opiniões aí embaixo ou respondam a enquete aí do lado, flwvlwwww.

189 comentários em “MIXTAPE ESPECIAL – SWEETUNE

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s