PRODUCE 101: Meu top11 ideal e alguns comentários aleatórios

E eis que o dia finalmente chegou. Após vocês me encherem o saco diariamente perguntando se eu sabia que o programa existia, se eu já havia assistido ao episódio 1, ao episódio 2 e assim por diante, chegou a hora de eu montar um post nas coxas dando minhas relevantes e importantíssimas opiniões sobre PRODUCE 101. E, claro, além de avaliar o programa como um todo, claro que também farei minha lista com as 11 trainees que merecem debutar na mais icônica sub-unit da nação. VENHAM, GALERA!!11

gif01

*BOOOOOOOOOOM*

Minha empolgação pra isso aqui quando foi anunciado estava próxima de zero, por motivos diversos: 1) a Mnet até então não havia provado saber fazer um reality show coeso, tendo boas ideias para KARA Project e Unpretty Rapstar, mas descarrilhando ambos com bobagens desnecessárias em suas retas finais; 2) o conceito a princípio parecia AKB48 demais; 3) PICK ME UP é terrível:

…ou ao menos eu achava até ouvir essa bosta trezentos e cinquenta e nove vezes durante o programa, agora eu já acho icônica (caso clássico de síndrome de Estocolmo musical por superexposição, essa porra tá subindo semana a semana na Gaon até, no momento estando em 6° lugar). Após dar uma chance ao programa, eu imediatamente gostei do que vi. Mas nem era de se esperar o contrário, já que introdução de participantes no primeiro episódio é algo que a Mnet consistentemente faz bem, o problema deles é realmente terminar os programas sem cagar tudo e/ou adicionar mais gente.

né, Truedy?

Todo o começo com as agências entrando no palco uma a uma, com as minas com medo asiático de serem soberbas e não sentando no trono n°1 foi muito bom. Principalmente quando Chanmi entrou sendo the baddest bitch com uma jaqueta de couro e sentou-se na delícia, sagrando-se como a vilã da edição por motivo algum. ❤

GIF02

As apresentações introdutórias de cada agência a partir daí também foram ótimas, entregando fase-de-audição-do-x-factor realness, com apresentações boas feito essas aqui…

…e trainwrecks MELHORES AINDA feito esses aqui:

E o melhor: todas essas toscas sobreviveram ao primeiro corte no episódio 5, porque qualquer publicidade é publicidade num programa desses e a exibição de suas audições mesmo que pela piada as ajudou a ficar porque a Coreia provou ter senso de humor pra variar. ❤ Os jurados que a Mnet arranjou pra isso aqui também foram ótimas escolhas, sendo pessoas gostáveis (Kahi ganhando o spotlight enquanto After School tá na geladeira, Cheetão mostrando pra Truedy que ela sim tem credibilidade pra ser rap queen, Jea existindo) e/ou cheias de plásticas (o MC não binário e as treinadoras de dança/vocal amarguíssimas).

gif05

Mas o mais importante: o formato do programa parece fazer sentido e você não tem aquela impressão de que a Mnet está inventando as merdas a medida em que o programa está sendo filmado. Os episódios 1-2 introduziram o formato e as trainees, episódios 3-4 finalizaram a bobagem de Pick Me Up e apresentaram os covers de debuts de girlbands. Daí no episódio 5 rolaram as primeiras eliminações, episódio 6-7 vão focar em mais covers (agora levando em conta o papel de cada uma num grupo) e, já anunciados, estão as eliminações até o top35 no episódio 9 e a revelação do top11 no episódio 11. Os destaques até aqui são evidentemente os covers, que alavancaram a audiência do programa na Coreia (e é fácil entender por quê):

Essa apresentação com Sohye-sama errando o verso inicial e com a dance coach chorando de emoção ao som de MY HEART WILL GO ON, SÉRIO. ❤

Essa delícia que viralizou por conta da gata gritando Glass Bead Into The New World com gosto, com direito a Mariah hands e tudo:

gif03

Destaque pro evil stare da Chanmi ao presenciar a gritaria:

Enfim, o programa funciona, é divertido e eu não poderia me importar menos com as polêmicas sonolentas de “oh, as trainees não estão recebendo nada para estar no programa” (como se participante de reality show recebesse alguma coisa pra participar em 99% dos casos, o pagamento é a exposição gratuita) ou “oh, a edição é tendenciosa”. Tentem apreciar as falcatruas de reality shows sem levá-las a sério e aprendam a ser felizes, e com sorte ainda sai uma música boa no fim dessa coisa toda. Vocês sabem que 2016 tá precisando.

TOP11

E, claro, pra fechar, aí vai o meu top11 incluindo as trainees no top61. Postem seus top11 aí nos comentários também, e torçam pro nome do grupo e o concept do debut não serem uma bosta (os internautas coreanos que irão decidir, então nunca se sabe).

SOMI (JYP) / SHIYOON (DSP) / CHAEKYUNG (DSP) / DANI (MBK)

   

Aqui estão algumas escolhas óbvias e que estão aí mesmo sem fazerem muita coisa no programa em si, mais pelo efeito “pena” de saber que elas estão tentando debutar tem um tempo sem nada acontecer. Somi quase entrou no TWICE via SIXTEEN ano passado, Shi Yoon e Chaekyung quase entraram em KARA via KARA Project em 2014 (e já haviam debutado no Puretty em 2012, que afundou em 2013 e as forçou a voltarem a ser trainee da DSP) e Dani quase debutou em T-ARA em 2012, chegando até mesmo a participar do MV de Day by Day. Ou seja, todas essas pobres almas já sofreram publicamente o suficiente e merecem as honrarias de debutar numa sub-unit capenga da Mnet.

CHANMI (DUBLÉKICK COMPANY) / YEONJEONG (STARSHIP)

SOHYE (REDLINE) / SEJEONG (JELLYFISH)

   

Aqui temos duas vocalistas competentes e duas personalidades marcantes. No caso das vocalistas, temos Sejeong sendo a carismática e Yeonjeong sendo a soberba mimada que não consegue aceitar não ser centro a todos os instantes. Nas personalidades, temos Chanmi fodona pra achar que é main vocal mesmo sendo uma merda, basicamente a Tiffany de 2016. Já Sohye está aí por ser a dark horse tosca que não canta, não dança e não tem talento algum, e que exatamente por isso precisa debutar como idol pra ser a nova Sulli. Além disso, ela parece Minegishi Minami pré-escândalo, o que não machuca.

KAI (CHOROK BAEM JUNA) / INSEON (SHOW WORKS) / MINA (JELLYFISH)

  

Pra fechar, como eu tenho certeza que Ariyoshi Risa-hime não será arrastada até o top11 mesmo sendo toscovilhosa, me contento com Ng Sze Kai de Hong Kong, que é fofinha e seria boa na vaga de estrangeira do grupo. Já Inseon entra por ser a ❤ velha maravilhosa ❤ que não consegue se adaptar aos novos tempos e está obviamente no leito de morte da cena idol coreana aos 28 anos. Ela precisa disso. Já Mina entra aí pelo espacate da sua audição e pela plot da dieta, que de tão absurda ficou icônica. De suplentes, indico as minas da KCONIC (principalmente Jinhee debochada), a outra trainee da Jellyfish (pelo talento), Cheong Ha da M&H e Do Yeon da Fantagio (por serem lindas). Mas essas obviamente estão abaixo das onze daí de cima pra mim. E pra vocês? Quem merece debutar??? Comentem aí embaixo. @_@

Anúncios

137 comentários em “PRODUCE 101: Meu top11 ideal e alguns comentários aleatórios

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s