FLASHBACK [2002.05.09]: Utada Hikaru – Sakura Drops

Como vocês já devem estar sabendo, o fim do hiato de Utadão foi confirmadíssimo pela mesma para o dia 4 de abril, quando duas músicas novas dela serão utilizadas por um dorama qualquer e pelo Jornal Hoje como trilha sonora. Em comemoração ao retorno da rainha, nada melhor do que um post da série de flashbacks dedicado a um de seus trabalhos. E como o Japão está entrando na primavera e está em pleno furor de cerejeira, a escolha lógica é Sakura Drops. Se você nunca ouviu essa aqui antes, a) você é louco; b) prepare-se para uma das melhores faixas de j-pop em todos os tempos:

Sakura Drops é absolutamente incrível, e sabendo que Utada escreveu, compôs e produziu tudo sozinha faz o meu apreço por ela aumentar ainda mais (afinal, quer dizer que ela tem bom gosto). O som de seus primeiros trabalhos, que sempre foi mais focado no R&B90s, fica em segundo plano aqui, dando lugar a traços orientais e uma composição simples, mas efetiva.

A letra, focada em Utada tomando outro pé na bunda, foge dos jargões comuns dessa temática e é realmente impactante. Quer dizer, chequem esse refrão: “O que eu desejo / É que esta seja minha última decepção / Assim como as cerejeiras balançam ao vento / e as estações se repetem / meus sapatos vão sendo gastos / mas eu tentarei de novo / é este o mistério da vida”. #queenofnihon

[CAPA]

[TRACKLIST]

01. Sakura Drops [5:01]
02. Letters [4:48]
03. Sakura Drops (Original Karaoke) [5:01]
04. Letters (Original Karaoke) [4:48]

A b-side citada aí em cima, Letters, é outra composição da própria Utada, sendo um tangozão poderoso e uma das melhores b-sides da história do j-pop. Tanto que Letters foi até parar na primeira coletânea de singles de Utada, pra vocês terem ideia de quão boa a faixa é (por sinal, se vocês conhecem pouco de Utada, baixem o UTADA HIKARU SINGLE COLLECTION VOL.1 como esquenta pro comeback dela, vocês não vão se arrepender).

Lançada em 2002, Sakura Drops vendeu cerca de 800 mil cópias físicas de acordo com a RIAJ, depois vendendo mais 100 mil cópias digitais quando a faixa tornou-se disponível para download. Além disso, ela já teve diversos covers e é amplamente considerada como um dos grandes clássicos do j-pop da década passada. Agora é torcer pra que nesse retorno Utada esteja tão inspirada quanto ela estava na época do lançamento disso aqui. @_@

Anúncios

41 comentários em “FLASHBACK [2002.05.09]: Utada Hikaru – Sakura Drops

  1. Utada é vida ❤
    Sakura Drops não é das minhas prediletas dela.. acho Colours/Simple and Clean e Can You Keep A Secret?/Kettobase!! dois dos singles mais fantásticos da história do Jpop… mas Sakura Drops sozinha já destrói carreiras :p
    Uma pena q a Utada foi uma das responsáveis por eu perder 70% do respeito por fãs da Namie e Koda… qdo mostrei umas músicas dela naquele site PlugDJ, eles falavam "que sono…" e etc sem nunca terem escutado ela.. e sempre mandavam aquela "pela fama dela eu achava q ela fosse melhor e bla bla bla".. peguei ódio disso.. mas whatever.
    Utada é uma das melhores compositoras não só japonesas mas sim do mundo inteiro.. seja em inglês ou japonês, ela é um monstro.. um lindo monstro otaku ❤

  2. Sakura Drops é um dos meus j-pops favoritos de todos os tempos! Tudo é tão perfeito, Utada é perfeita, olha só pra esse clipe! E eu nem estava sabendo que ela havia marcado a data pra voltar, mas já estou na contagem regressiva. VEM, UTADA, VEM! ❤

      1. KDOPASJDOPSAKOPDKS Devo estar mesmo. Mas sério, eu olho pras fotos desse post e vejo o T.O.P. de uns anos atrás com traços levemente femininos :v

  3. A discografia, talento e criatividade dessa mulher são impressionantes. Pena que a voz dela não está tão boa de uns tempos pra cá, mas as melodias que a Utada compõe compensam qualquer coisa. Os pelos na minha nuca sempre arrepiam quando escuto o final de Sakura Drops, e esse videoclipe é lindo, conseguindo ser chamativo sem ser cafona (Ayu could never).

    Se um dia ela gravar um terceiro álbum em inglês, ela realmente devia seguir o estilo que ela segue nos álbuns em japonês, dane-se se não é o tipo de música que os gringos escutam. Não que os álbuns em inglês dela sejam ruins, longe disso, mas algumas músicas parecem tentativas de emular o estilo das cantoras ocidentais em vez de ter aquela “marca registrada sonora” da Utada.

    1. eu pessoalmente curto bastante os álbuns ocidentais dela, e ao invés de achar que ela tentou emular um estilo que não era seu, acho que ela aproveitou que estava com outra marca (UTADA) e deu vazão a estilos/conceitos que não teriam vez num trabalho japonês dela (como 宇多田ヒカル), acho que os álbuns são tão diferentes porque ela queria experimentar coisas diferentes mesmo, sei lá. @_@

  4. Bruno, tu acompanhou o debut do Astro?

    Eu tava ouvindo as duas faixas loucamente esses dias, o resto do mini não é lá grande coisa, mas tinha um povo sassaricando pra uma tal de innocent love ganhar um MV, então ela não deve ser pouca merda (né?) vou ver com mais calma depois e.e. Acho que gostei mais da segunda música, mas eu realmente queria que ela tivesse um MV que custasse mais de 2 reais, e aquilo é um mano ~quase tirando a camisa numa música que era pra ser aegyo? Pq se for… Eu vou me acostumar .-. eu consigo ser stan de bts, afinal.
    Percebi que tu não botou nada deles na mixtape de fevereiro, então ou tu não tinha visto ainda, ou achou uma bosta (primeira opção, plz).

    1. Mesmo sendo um boygroup com aegyo concept, tá muito bom. Só que dá a impressão que eles pegaram o debut de Boyfriend pra fazer melhor… ( ° ͟ʖ °)

      Fiquei com medo de virar stan do grupo ¬¬

      1. Eu fui ver a boyfriend do boyfriend (XD) por que o bruno tava fazendo piada dela e realmente, eu nem lembro como era a música porque eu só fiquei rindo o clipe inteiro, mas enfim.
        Eu achei Astro menos tosco, e sendo bem sincero ele me lembrou um pouco o BTS, no sentido de que ele tem rappers que eu gostei de verdade: o rocky tem um flow mais “divertido”, por que eu não sei como descrever isso (me lembrou o J-Hope), e o JinJin tem um cabelo azul e nome tosco (e nem é pouca merda não) e uns manos com um timbre de voz mais suave que lembra um pouco o Jungkook e o Jimin, tipo o Sanha (o maknae de aparelho que canta o começo de cat’s eye) e algum outro fulano ai que eu esqueci o nome, então vitória.
        A, e desculpa se eu citei um monte de nome de membro aleatório de boy band que tu não conhece 😡

        1. Pra mim, BTS soa mais como uma banda badboy, ASTRO definitivamente é aegyo masculino (mas nada que chegue a ser ridículo, pelo menos)…

          Tô de boa, até agradeço. Deu uma vontade de aprender todos os nomes dos integrantes do BTS de uma vez por todas (ainda não sou army, AINDA) 🙂

          Depois desse comentário acho que vou observar mais os dois grupos mais de perto.

          *E tenho que admitir que não faz muito tempo que eu acompanho kpop -_-‘…

        2. Eu comecei a escutar faz só uns 6-7 meses, então rlx e.e
          E eu acho bts um meio termo entre o bad boy (we are bulletproof, baepsae, boy in luv) e o mano da sofrência (i need u, run), nesse últimos releases deles tbm teve hold me tight e dead leaves nesse segundo estilo ai, que são ótimas tbm, recomendo baixar os dois minis deles do ano passado (principalmente o segundo). Eu tô com preguiça de baixar os 2 primeiros álbuns deles pra já ter o catálogo completo e dizer que eu acompanho desde o debut, mas dá pra perceber uma evolução ai. Mas slá, acho que eles têm potencial pra explorar outros conceitos, já que o grupo é bem dinâmico. Vide Dope, Fun Boys e ❤ Ma City ❤
          De boyband aegyo acho que astro é o menos tosco mesmo, mas usando boyfriend como referência qualquer coisa parece normal… :p
          (mds, eu só escrevo textão .-.)

      1. fiquei indignada q eu não conhecia esse homi. =x
        pelo q diz no wikipedia ele é tipo um faz td. Cantor, compositor, coreografo e sabe-se la mais o q hahahah

    1. blasfêmia largar sakura drops na metade. Mas Letters é ótima também. E se você gosta de um tangozão, talvez você curta o BAHIATRONIC mix de traveling, que a própria Utada lançou incluindo samba nessa delícia aqui:

      Não estou com o arquivo comigo agora, mas depois adiciono aqui o sambão mix @_@

      1. Pô, Traveling já é icônica… em versão sambão mix, isso ou fica muito bom, ou muito ruim. E como NÃO TEM como a Utada fazer música ruim, já estou na ansiedade pra ouvir o sambão mix!

  5. Não sei se postaram aqui ou não mas foda-se the hype is real:

    Já deu pra quebrar a cara demais nesse 2k16, não to a fim de ficar no chão por nada mas meu deus segura minha marimba

  6. Sakura Drops <3, as composições da Utada são sensacionais. Se nesse disco novo tiver alguma balada pra mãe dela que se suicidou já vou comprar o estoque de lenço T.T

    1. imagino que deve ter sim, mas tenho a impressão que esse álbum não será tão deprê quanto um DEEP RIVER da vida, visto que ela provavelmente escreveu as faixas durante a gravidez/começo da maternidade. Espero um material mais leve e positivo dessa vez. @_@

  7. A TATÁ WERNECK SAIU DO POCKET GIRLS!!! E pior, foi substituída por uma gata que ainda parece humana!

    E ela é quase tão “boa” quando a olhuda:

    1. eu preciso fazer logo um icônico gráfico de evolução das pocket girls, porque o line-up tá trocando tanto que daqui a pouco a gente esquece alguma integrante dessas que tão entrando e saindo sem sequer aparecer em um single ❤

      ps.: rip tatá werneck =(

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s