Brave Girls retornam com a genérica (mas agradável) “High Heels”

Brave Brothers havia resolvido tirar as Brave Girls do porão no começo do ano com um line-up praticamente diferente do original para Deepened, um single que apostou no PBR&B da modinha, mas soube fazê-lo de modo marcante, afastando Brave Girls da manada… então é claro que Deepened flopou num icônico ápice de 100° lugar na GaOn, né? É, poisé. Brave Brothers então recalibrou a imagem do grupo novamente, deixou de lado as pretensões pedantes e apostou no que ele faz melhor: uma midtempo sensual com cada integrante interpretando um fetiche diferente no clipe.

Quando eu vi a maioria de vocês nos comentários rasgando seda e dizendo que isso aqui havia salvado 2016 e estava lá em cima com Someone Like U, minhas expectativas subiram vertiginosamente. Daí eu clico o play e… bem.

tumblr_o9ebjbImXX1vs22neo2_500

Me deparo com um single genérico que Brave Brothers compôs pra AOA em 2014 e que ficou na geladeira até hoje, e pior: sem Jimin mandando “HEY!” a torto e a direito com sua voz de esquilo. Sério, imaginem que épico seria ouvir os “I’m a pretty girl I’m a sexy girl I’m a foxy girl” na voz de Jimin? Oportunidade perdida. O refrão infelizmente também não é lá muito marcante, e a faixa como um todo varia entre o ligeiramente agradável, o ligeiramente irritante e o completamente esquecível. E isso diz muito sobre Brave Brothers como produtor. Ele tem seus momentos geniais, mas também sabe trabalhar no automático que é uma beleza. E se você não notou, High Heels é a segunda opção.

brave-girls-high-heels-01

High Heels é Brave Brothers em um momento pouco inspirado, então é aquela coisa: isso aqui passa quatro minutos do seu tempo muito bem, mas não vai mudar a vida de ninguém. Mas como tem gostosas rebolando de um lado e um não-binárix lacrando de salto alto no outro, então acho que o MV de High Heels é o suficiente pra 100% da internet curtir o comeback e dizer que Brave Girls mitou, sambou, lacrou, etc, sendo que a música em si é agradável e olhe lá.

Anúncios

90 comentários em “Brave Girls retornam com a genérica (mas agradável) “High Heels”

  1. Cala a boca, Bruno! Num ano onde metade do capope decidiu virar hipster pedante e outra metade tá fazendo aegyo açucarado, um Bravesound genérico é uma brisa refrescante. Você tá assim porque não é do AOA, seu ouvinte de Short Hair! Se bem que não seria má ideia, teríamos Miniskirt/Short Hair/High Heels, só ficaria faltando White Blouse para fechar o look.

    Mas enfim, I’M A SASSY GIRL (I’M A SASSY GIRL!), I’M A TOUGH GIRL (I’M A TOUGH GIRL!)

  2. Só eu tive a impressão de já ter ouvido essa intro e esse refrão em algum lugar? @-@
    Btw, gostei da música, mas eu ainda não fiquei tanto tempo exposto à ela pra saber se vai durar em mim ou não. @-@
    … e agora que tu falou, eu não consigo pensar em outro coisa, a não ser na Jimin gritando essa intro, sério .-.
    Ps: Eu poderia peguntar o que tu tinha achado do solo da Tae, mas como ele saiu faz pouquíssimo tempo, eu não vou bancar o capoppeiro doido e perguntar se o post dela sai ainda hoje… erm :v

      1. Eu ainda não ouvi ele, só fui correndo checar o feat com a Hyo pra constar que o rap dela é a melhor coisa da faixa mesmo (bias ❤ ). O resto da música eu achei ok, achei a title track melhor @-@

  3. E eu que confundi Brave Girls com Pocket Girls e num tava entendendo nada? Porque que tinham tantas meninas quando eram só quatro?

    O melhor foi que eu fiquei forçando pra enxergar a rainha plástica das PG nessa do cabelo com as pontas água de salsicha, e tava quase conseguindo hahahahahaha

    (Nota-se também que elas estão tão diferentes que eu não reconheci ninguém, e isso que eu gostei de Deepened)

  4. Mano, nao sei aonde q isso aqui é esquecivel. Essa musica tem um replay factor mto constante, e ta indo bem nos charts pra um grupo como elas…

    1. Mas todas as midtempos sensuais genéricas do Brave Brothers tem replay factor alto, só disse que essa especificamente não é dos trabalhos mais inspirados dele. Tá mais pra Phone Number do Tahiti do que pra uma Miniskirt, só isso.

      Ah, e ir bem nos charts não tem nada a ver com a faixa ser esquecível ou não, né?

      1. Nossa bruno nãaaaao CALL CALL CALL PHONE NUMBER é horríveeeel. Essa saltinho pode não ser um grande feito dele mas nem se compara com phone number </3

  5. É verdade, assim que ouvi a primeira vez lembrei logo de AOA… Deve ser por isso que achei gostosinha. Dá até pra fazer um mashup com alguma do AOA e provavelmente nem vai dar pra perceber quando alternar as músicas :v

    1. Jimin dando os Hey, Choa soltando a voz e Seolhyun sorrindo angelicalmente enquanto rebola a bunda até o chão. Tudo isso fez falta.

      Brave Girls bem que tentaram, mas não adianta: #theprettygirlsareAOA

    1. Esse teu nick…meio que se tornou quase uma verdade absoluta..kkkkkkkkkkkkk

      E sério, o simples fato de uma música não ser ruim, não a torna a melhor coisa do mundo (mesmo no kpop de 2016).

  6. Um pouquinho de bacon e temos uma Farofa Yoki legítima.
    Gente tanta babação de ovo por uma musiquinha dessas? Por favor, Brave Brothers já fez coisas muito mais relevantes e agradáveis. Essa música se resume a refrão, até a parte que quebra a pegada agitada com uma semi baladinha é desnecessária. Coloca trabalho automático nisso einh.

  7. Comassim??? “RAI RAI RAI REEEE” é um refrão legal. Além do mais, além do comeback das WG, esta foi a farofa “by brave sound” que a gente precisava em 2016, junto com Someone like you… No entanto, é uma pena a gente ter que se conformar com isso, só porque neste ano o kpop não ta rendendo como deveria 😐 BS já fez coisa melhor e sabemos disso.

    *Mas eu agradeço por usar o mesmo gif que deixei nos comentários do post anterior 😉

  8. algumas coisas pra salientar sobre o que discordo na análise:

    a intro/epilogo não é inferior só porque não é jimim que canta, acho uma infelicidade essas comparações e suposições de que determinada faixa ficaria melhor ou pior se fosse de outro grupo.

    as guitarras reforçam o refrão de forma precisa, algo parecido com a “i like that” do sistar, mas aqui não foi lembrado.

    a musica não esta nem pra miniskirt nem pra phone number, e não acho que ela seja um mid tempo sensual, acho que ela ta mais pra uma faixa nos moldes de “whoo” do Rainbow.

    eu sei que opinião é subjetivo, mas o termo “esquecível” é muito relativo, qualquer musica pode cair no esquecimento, dependendo da quantidade de vezes que a escuta, acho complicado usar tal termo pra qualificar algo.

    entretanto o break da musica poderia ser menos monótono, e um instrumental mais ousado, com as guitarras dos versos mais inventivas,

    enfim, acho um exagero dizer que a musica é impecável, mas tem pontos fortes o suficiente para ser solidamente boa, ela tem quase tudo que uma musica do gênero deve ter, e como não tem ninguém lançando faixas nessa linha no momento, acaba saltando aos ouvidos de muita gente.

    1. “a intro/epilogo não é inferior só porque não é jimim que canta, acho uma infelicidade essas comparações e suposições de que determinada faixa ficaria melhor ou pior se fosse de outro grupo.”

      considerando que estamos comparando grupos assinados pelo mesmo produtor e que estão no mesmo gênero, não vejo por que compará-los seria algo danoso. Estranho seria se eu comparasse Brave Girls e Mozart e quisesse chegar a alguma conclusão, aí isso só seria babaca mesmo.

      1. kkkkkkkk…”Estranho seria se eu comparasse Brave Girls e Mozart e quisesse chegar a alguma conclusão”…mitou.

        Não tem nada melhor do que o Bruno sendo o Bruno, não é atoa que o slogan do blog é “porque fãs de pop asiático se levam a sério demais”, continue assim por favor

        e vocês sabem que…
        #THEPRETTYGIRLSAREAOA

  9. Achei essa música tão memorável quanto Ring My Bell. Estou mais curiosa pro comeback do Sonamoo mesmo, tomara que elas não me decepcionem. E pra ver esse tal de Gugudan. Que nome, hein

  10. Para mim a musica funcionou sim, coloquei ela no phone e ja ouvi varias vezes hoje, não é grandiosa mas achei bem gostosinha

  11. O legal é que no próprio título da postagem você deixou bem claro que achou ela agradável, mas o povo está agindo como se você tivesse falado que é a pior música do século, vai entender, Bruno X-X Enfim, achei ela também bem agradável, com uma intro ótima, mas só isso mesmo, nada que vai salvar o kpop pelos próximos anos, melhorem.

  12. Essa música é MUITO AOA, de verdade. Elas cantavam isso ai facinho facinho. Foda que o brave brothers tem um monte de hitizinho guardado, uma miniskirt da vida e não dá um pro próprio girlgroup. E Deepened era muito boa mesmo, até hoje não cansei dessa música.

  13. 2016 deve ta muito ruim mesmo pra metade da galera daqui ta rasgando tanta seda pra isso ai @-@ concordo com o Bruno,não ta ruim,mas também não ta nada demais e não salvou o capope(a música pq o mv é maravilhoso,mas acho que essa é como aquelas faixas que só funcionam com o mv pra mim,sem ele a faixa perde um pouco do brilho)

  14. meu pai amado, o que ta acontecendo com as pessoas?
    basta uma girlgroup lançar alguma música que não seja aegyozao que todo mundo ja começa a panfletar dizendo que é a melhor do ano. não é pq a música vai contra o padrão que ela é boa. vamos recuperar o senso crítico por favor.

  15. Pra aqueles que também esperam que algum fruto da MBK (antiga CCM) faça sucesso só pra morrermos todos felizes: DIA oficialmente saiu da Nuguland.

    #7 Album na GAON.
    #48 no ranking Digital da GAON.
    #24 no ranking de Downloads da GAON (45k downloads).
    Altas picas (peacks) no Hanteo, presente no top 6 por alguns dias.
    2k+ vendas no Hanteo por enquanto.
    Chartando no melão todo dia, e pegou top 30 no Melon. Pegou top 5~10 nos outros charts.
    Peak de #2 no YinYueTai, atualmente em #11.

    Vamo gente, tudo é possível. Elas já saíram do Nugu e foram pra zona flop. Agora só resta saber ser igual 9muses ou vão ressugir das cinzas igual Girls Day e EXID depois de anos de carreira.

    E sim, eu mesmo, João Mello, enaltecendo o trabalho da maiores divas pops da nação. Você conhece a história do DIA?

    (Sim, estou tentando empurrar goela abaixo o ainda pouco sucesso das promoções do DIA, beijos).

  16. Agora que reparei o quão específico é o fetiche de animadora de festa infantil… Brave Girls deve ter feito uma pesquisa de campo para saber os fetiches das 12 pessoas do fandom.

    PS: Momento adequado para relembrar os tempos em que Bruno NÃO queria a voz de esquilo da Jimin mandando um HEY a cada 10 segundos: https://asianmixtape.wordpress.com/2014/11/11/aoa-faz-um-passe-para-alcancar-a-parede-inquebravel-e-melhor-girls-day-acordar/ Nem parece que foi escrito pela pessoa.

  17. A irmã da MinAh debutou! Musical legalzinha.

    E Brave Girls já estão começando a lançar versões alternativas do MV! SLAAAAAAY QUEEEEENS!!!!

  18. Onde vou tem essa cisma em comparar isso com AoA. Gente, não é criticando que se vai mágicamente levar a faixa pra discografia das farofentas. A musica é boa, perde um pouco a graça sem mv mas ainda sim é top 100. Eu não queria ser rude, mas estão assim por Goid Luck ser uma grande decepção sem Hey! Hey!. Brave Girls esse ano ta melhor que AoA 2015/2016.

    Amém Deepened.

      1. Someone Like U, Wiggle Wiggle e todos os outros feitos por ele devem ser comparados também? A musica é boa, e acham ruim por AoA ter perdido a chance de lançar ela.

        1. Aí essa comparação não faria tanto sentido, porque essas faixas não soam feito as faixas dele pro AOA e também não soam como High Heels. Mas High Heels e as faixas dele pro AOA soam similares sim, não é algo tão difícil de se entender, é? E sendo honesto, Good Luck é melhor que High Heels, então não sei pq alguém iria ficar com raiva porque High Heels não foi pra AOA, se isso tá rolando por aí essas pessoas estão loucas. @_@

  19. O MV e a música me fazem imaginar qualquer girlgroup japonês meio E-Girls e Faky lançando isso, a música é boa sim, mas totalmente esquecível, saudades Deepened, eu acho que se elas conseguissem manter um “padrão” musical talvez rolaria um sucesso nem que fosse pouco

  20. Ela é boazinha sim, mas não entendi a rasgação de seda e da ” lacração ” e concordo com que disse sobre tudo. Mas vai uma questão, acho que todo mundo se encheu da onda do aegyo sem fim e quando lançam algo sem ser todos já abraçam

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s