Pacotão de oppas (07/07): NCT, Seventeen, Beast, Infinite e mais

NCT-127-Fire-Truck-800x450

Bem, chegou a hora de mais uma rodada do pacotão de oppas, a incrível coluna onde eu enfio várias boybands num post só pra comentar os comebacks mais recentes do k-pop. Por quê? Nem eu sei exatamente, visto que eu raramente me importo com boybands e não iria ativamente procurar ouvir os singles de praticamente nenhuma delas não fosse a coerção de vocês nos comentários. Mas já que todos vocês querem saber se eu gostei/odiei/aceitei calmamente o single mais recente dos seus biases, lá vai uma série de twittadas incríveis sobre NCT, Seventeen, Beast e mais. Vamos começar com o comeback que obviamente mexeu mais com todos nós. Então me desculpem qualquer coisa, estou muito nervoso:

[NCT 127 – FIRE TRUCK]

Provavelmente a melhor faixa envolvendo NCT até hoje, FIRE TRUCK está longe de ser uma das melhores do ano, mas é uma iteração decente do “boyband fodona e cheia de traficantes” concept. Eu entendo as comparações com iKON, e também consigo facilmente vê-los lançando algo assim… com a diferença de que a YG daria um jeito de afundar com o refrão disso aqui, né? Mas ó, quando o assunto é esse NCT, a música é o que menos me chama atenção. O que eu quero saber mesmo é como a SM Entertainment espera fazer esse projeto funcionar se ninguém nem ao menos sabe quem porra está no grupo ou não (nem a SM deve saber ao certo).

badassssssssssss!!1234

Eu entendo que o esquema rotativo é uma tentativa de diluir o apelo de membros individuais num grupo pra que a SM não sofra com quebras de contrato e saídas de integrantes como tem rolado nos últimos anos com os outros grupos deles… mas se as gurias não conseguem se conectar ao grupo, visto que elas NEM SABEM QUEM ESTÁ NELE, como a SM espera fazê-las comprar trinta versões do mesmo álbum como rola com o EXO? Tá difícil isso aí, viu. A SM simplesmente não está sabendo usar o esquema rotativo direito, tá na hora de voar pra Tóquio e sentar com o Yasushi Akimoto do AKB48 ou com o Tsunku♂ do Morning Musume pra pegar umas dicas de como fazer esse negócio funcionar.

[BEAST – BUTTERFLY]

Eu entendo que essa aqui entra na categoria “faixa que pode ser tão ruim quanto possível, já que é pré-lançamento e ninguém pode julgá-los”, mas oh wow, a Cube não tem vergonha na cara alguma de dar pro primeiro single do grupo pós mudança de line-up uma faixa tão básica dessas, né? Que vergonha.

[BEAST – RIBBON]

Ribbon tá bem melhor que Butterfly, mas como faixa midtempo/power ballad ela é bem qualquer coisa pra qualquer pessoa que já não esteja na fanbase deles. Afinal, Ribbon é simplesmente comum em inúmeros níveis, não tem nada nela que te chame atenção e faça você querer ouvi-la de novo pra pegar novos elementos do instrumental ou coisa do tipo. Bem méh. Desejo melhoras aí pras B2STzeiras depois de um duplo comeback com duas faixas tão fraquinhas.

[ASTRO – BREATHLESS]

Boyband aegyo sem tirar nem por, meu deus do céu. A coisa mais digna de nota nisso aqui é ver que a Fantagio está desesperada e enfiará a mina do PRODUCE 101/IOI em tudo o que eles puderem pra ver se a fama dela passa pros outros produtos da empresa, né? Porque tirando pra vê-la, não há por que ninguém querer dar play nessa aqui.

[SEVENTEEN – VERY NICE]

Finalmente uma faixa mais legalzinha, puta que pariu, hein? Mansae provavelmente ainda é a melhor coisa que Seventeen já lançou, mas o instrumental dessa Very Nice tá bem legal e a coreografia idem. Não me vejo ouvindo isso aí em loop nem nada do tipo, mas tá agradável o suficiente.

PS.: Agora que a Pledis tá fazendo algum dinheiro com eles, bem que eles podiam desviar uma grana e dar um comeback pra Orange Caramel, né? (já desisti de After School)

[INFINITE – THAT SUMMER (SECOND STORY)]

…………………………….saudades Sweetune.

[VAV – NO DOUBT]

Eu nem sei quem essas pessoas são, mas a faixa deles está melhor do que a de 90% dos atos nessa lista. Isso diz muito sobre eles ou sobre os outros atos? Ou mais especificamente: isso diz muito sobre eles ou sobre 2016 no geral? Que morte.

[BOYS24 – RISING STAR]

Já recebi várias mensagens pedindo pra eu falar desse reality show dos manos trainees da Mnet, mas desculpa, isso só não vai acontecer. Motivos: 1) Homens em reality shows simplesmente não rendem tanto quanto mulheres para o reality ser divertido por si só, então precisa-se assistir o programa com outras intenções em mente; 2) não há eye candy nenhum pra mim num elenco só de homens pra eu assistir o programa por segundas intenções sexuais; 3) As músicas deles parecem fraquíssimas também, então nem por segundas intenções musicais eu tenho motivos pra ver BOYS24. Logo, não existe razão ALGUMA pra eu ver essa bosta. Espero que estejamos claros e eu não precise explicar isso de novo, flwvlw. @_@

Meu deus do céu, essas últimas semanas foram difíceis pras fãs de boyband, hein? Melhor continuar ouvindo Stalker/Lucky One mesmo e olhe lá.

192 comentários em “Pacotão de oppas (07/07): NCT, Seventeen, Beast, Infinite e mais

  1. Na boa, os únicos mvs que prenderam a minha a atenção e não me deu vontade de fechar a aba, foi do Astro (acho que foi pelo clipe e daquela viagem com o pato 🙌) e Seventeen que desde de manse tá chamando a minha a atenção e já tô com dois favoritos no grupo 😆😆

  2. Migo, amei! Vc sabe, eu me arrasto por boyband, mas adoro quando vc fala, por causa da ironia mesmo hahaha
    Hein, só me diz aí, o que vc achou do debut japonês TaeMin? O que poderia melhorar? Eu achei o clipe uma sequência de Press Your Number, visto que as flores ainda aparecem e ele está num caixão. Eu entendi esse MV como um limbo. TaeMin morreu pro Kpop e agora está pagando as penitências como “cantor de jpop” hahaha https://www.youtube.com/watch?v=WQQJ7zBzYJs

    Outra coisa, esse MV do NCT 127 ficou bem do foda, achei uma “reinvenção” (não encontrei palavra melhor) da consciência, saca? Assim como o Big Bang fez mil anos atrás em LIE. Quando o grupo de caras representam a consciência da garota.
    Sinto que a ZanyBros tem bebido da fonte, o que era de se esperar a tempos, já que a Coreia tem 2 pais do videoclip e ignora isso, Nam June Paik e o cara que fez o MV de TOXIC da Brit e Wherever I Go do One Republic.
    Sinceramente espero que a ZanyBros ou a Lumpenss possam representar a terceira geração criativa dos videoclipes.

    E apenas como nota pra sua vida, um dia farei você ganhar dinheiro com essas reviews e vir para o lado KoreaIN da força U.U Fariamos uma boa dubla analisando seriamente (sem achismos, como já fazemos) novos atos. Você na música e eu no video haha Não disistirei. Precisamos conversar sobre MONETIZAÇÃO! Obrigada hahahaha

    Beijo seu lindo! ❤

  3. Esse mv toscovilhoso é um premio que cinco dos dez integrantes da Pentagon (boyband da CUBE que debuta dia 23) receberam por ganhar uma competição no reality deles, bem que os dez aparecem…
    Eu não sei como fizer isso mas o líder é o que faz birra e se joga no chão

  4. Estou aqui ignorando todo o conteúdo do post para dizer que as Wonder Girls estão oficialmente desflopadas.

    1. WG nunca foram flopadas e jamais serão, mais eu critico elas porq não aceito essa mudança pra “banda”. Quero as velhas WG de volta, e cantando musicas fofas e com estilo rica. Ou então continuarao na minha lista de zinimigas.
      #WGvoltem #OhhOhhWGReggaePobreChegou

      1. Boa notícia pra você, então: na época do Reboot, elas fizeram um mini-show comemorativo com os DOIS concepts: banda e grupo com coreografia (se não me engano, elas inclusive cantaram Nobody duas vezes, uma tocando instrumentos e uma dançando). Aliás, mesmo nos comeback stages do Reboot, as apresentações de Candle e Rewind foram sem instrumentos, com coreografias; só I Feel You que elas apresentavam como banda mesmo. Suponho que elas devem seguir o mesmo caminho esse ano.

  5. Não entendo essa conversa do “desflopadas”, até parce que elas eram mega flops. Uma banda que ficou 3 anos em hiatus, teve mudanças na line up, deixaram de ser grupo idol mexe a bunda para se tornarae, artistas que produzem o que vendem, e mesmo assim tiveram all-kill no ano passado e álbum delas foi citado em todo o lado, dentro e fora da Coréia como um dos melhores do ano.
    Elas são tão flops que até são consideradas as irmãs mais novas da Coréia junto com a IU. Tá bom. Não ganhar prémios não significa nada, ainda mais quando se está batendo de frente com grupos de fanbases loucas.

      1. O pessoal daqui anda meio estressado esses dias,kkkkkkkkkk

        Nem parece o antigo Asian Mixtape, onde o pessoal disputava quem destilava mais deboche nos comentários (bons tempos).

        Agora se a pessoa falar um termo técnico de forma hiperbólica pra zuar alguma coisa, ele já é considerado um anti-fã desinformado viciado no “Tudocapope”. @_@

        Por isso que eu gosto do AEDES AEGYO-SAMA, ele/ela sabe se comportar como um verdadeiro apreciador do Asian Mixtape.

        #teamAegyofighting

        1. AEDES AEGYO DEUS

          Povo anda se doendo demais por causa de shade, nem parece que frequentam a internet. Já devo ser hater de todas minhas faves já que vivo chamando elas de flopadas.

    1. Acho que a percepção de “flop” é porque o fato das Wonder Girls serem super famosas, combinado com o fato de que I Feel You foi um single perfeito com MV impecável, tinha deixado todo mundo com expectativas altíssimas de sucesso, e apesar de não ter sido um fiasco, elas acabaram ofuscadas por outros grupos. Claro que não foi flop, mas é que a fase Reboot merecia ter tido muito mais sucesso do que realmente teve.

      É tipo o AOA, que por causa dos “escândalos” da Seolhyun não conhecer uma figura histórica da Coreia do Sul e do prêmio cassado num music show ficaram com a imagem de flopadas, mesmo que Good Luck tenha vendido relativamente bem e que elas tenham conseguido outros dois prêmios em music shows com essa música.

  6. olha, eu nao dou uma fodinha pra boygroups,
    mas eu adoro ver as fotos dos oppas sem camisas, so pra isso q prestam mesmo,
    pq pra musica, geol groups >>>

    1. Ele é como se fosse o coreografo principal (ele é o líder da performance team afinal) e aí o maknae, o Dino começou a ajudar e depois o Minghao e o Jun também. Tem a maior polêmica pq eles já coreografaram mil coisas do Seventeen e até de outros atos da empresa mas não recebem por isso.

  7. Nao achei Butterfly tão ruim pela balada que se propõe a ser (provavelmente porque já curtia Beast) e achei legal que todos cantam mais.
    Infelizmente não dá pra dizer o mesmo de Ribbon, cuja coreo me deu vontade de morrer um pouco.
    Anyway, espero que eles elaborem logo esse luto pela saída do Hyun-seung (quem nem faz falta com aquela voz chata dele) e voltem a fazer músicas mais animadas.

    Infinite ❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️ Muito amorzinho, pelo amor de Deus não acabem nunca.

    O resto meh

  8. Muito legal você ter gostado da produção e da coreografia de Very Nice, ela foi produzida e composta pelo líder da vocal unit, o Jihoon, e o coreografada pelo líder da performance unit junto com o maknae, Hoshi e Dino. A Pledis tá ganhando um dinheirinho com eles sim, eles tão fazendo coreografia, produção e arranjo sem receber extra, dá pra bancar uma My Copycat.

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s