Reinaoncé apaga a existência das outras vocalistas da história do Flower para o icônico “ISTO É Flor ISTO É MELHOR”.

vlcsnap-2016-09-07-23h58m05s641

Flower lançará no próximo dia 14 sua primeira coletânea após cinco anos de existência, iconicamente intitulada “THIS IS Flower THIS IS BEST”. Para comemorar a ocasião, Reina o grupo lançou um novo single promocional, intitulado “Hoka no dare ka yori kanashī koi o shita dake” (alguma coisa envolvendo um amor triste de outra pessoa ou uma merda dessas). E no melhor estilo Flower, temos todas elas servindo beleza trágica em meio a cenários lindíssimos e intricados, tudo enquanto Reina faz do mundo um lugar melhor com seu vocal puro e angelical:

…tá, minha descrição hiperbólica tá ~um pouco~ desnecessária desta vez, visto que Hoka no Dareka etc etc não chega nem perto de coisas verdadeiramente legais do catálogo delas, feito Taiyou to Himawari, Nettaigyo no Namida e aquela trasheira com o Little Mix. Parece que após garantirem pelo menos um single ótimo por ano nos últimos quatro anos, 2016 será a primeira vez que Flower não vai impressionar pra valer.

gif09

…mas isso falando da música, claro, mas como quando o assunto é Flower isso é quase irrelevante, quem se importa no fim do dia, né? Esse clipe é provavelmente o mais bonito do ano, e ainda rolou uma homenagem a Laser Beam, como não curtir?

gif06

LÊZÁBÍMUUUU~

Clipe realmente lindo, mas a música infelizmente não fez o requisito pra mim. Mas como lead single pra coletânea, “Hoka no dare kayeah brave sound and it goes a little something like this o shita dake” ainda funciona, principalmente quando a capa do best of traz Reinanjo de luz dando um passo a frente e colocando as outras em seus devidos lugares:

[ALBUM COVER]

Shuuka tá muito desaforada ousando botar um de seus pés na mesma altura que o de Reina, tá obviamente pedindo pra ser demitida também, e sub-unit ALGUMA com a irmã a salvará dessa sina!!!

[TRACKLIST]

[DISC 1 – CD Tracklist]

  1. Still (2016 ver.)
  2. SAKURA regret (2016 ver.)
  3. forget-me-not ~wasurenagusa~ (2016 ver.)
  4. Koibito ga Santa Claus (2016 ver.)
  5. Taiyou to Himawari (2016 ver.)
  6. Shirayukihime (2016 ver.)
  7. Nettaigyo no Namida (2016 ver.)
  8. Akikaze no Answer (2016 ver.)
  9. Sayonara, Alice (2016 ver.)
  10. TOMORROW ~Shiawase no Housoku~ (2016 ver.)
  11. Blue Sky Blue (2016 ver.)
  12. Hitomi no Oku no Ginga (Milky Way)
  13. Yasashisa de Afureru you ni
  14. Hoka no dareka hey brave sound let’s do it koi wo shita dake (inédita)
  15. Ningyohime (inédita)

[DISC 2 – CD Tracklist]

  1. CALL (2016 ver.)
  2. Boyfriend (Moonlight Version) (2016 ver.)
  3. Hatsukoi (2016 ver.)
  4. Dolphin Beach (2016 ver.)
  5. Flower Garden (2016 ver.)
  6. Clover (2016 ver.)
  7. Lucky 7
  8. Imagination
  9. Virgin Snow~Ubu(Hatsugokoru)~
  10. Ajisai Kaleidoscope
  11. Dreamin’ Together feat.Little Mix (2016 ver.)

[DISC 3 – DVD Tracklist]

  1. Still
  2. SAKURA regret
  3. forget-me-not ~wasurenagusa~
  4. Koibito ga Santa Claus
  5. Taiyou to Himawari
  6. Shirayukihime
  7. Hatsukoi
  8. let go again feat.VERBAL(m-flo)
  9. Nettaigyo no Namida
  10. Akikaze no Answer
  11. Sayonara, Alice
  12. Dreamin’ Together feat.Little Mix
  13. Blue Sky Blue
  14. Hitomi no Oku no Ginga (Milky Way)
  15. Nettaigyo no Namida
  16. Yasashisa de Afureru you ni
  17. Hoka no dareka hey brave sound drop it kanashii koi wo shita dake

[DISC 4 – DVD Tracklist]

  1. Interview & Documentary「This is Flower」

O álbum será lançado em três versões (uma 2CDs, uma 2CDs+2DVDs ou 2BLU-RAYs), e como vocês podem ver pela tracklist, a única chance de ver/ouvir as ex-vocalistas Kyoka e Chiharu é comprando a versão deluxe com quatro discos, porque Reinamie Amuro acabou de apagar a existência delas da história oficial, regravando TODOS os singles para conterem apenas.sua.voz, algo mascarado pela alcunha de “2016 version”. Falta muito pouco pro nome do grupo mudar para “Reina & Flower” e, posteriormente, “Reina”, consagrando-a como a Namie Amuro do século XXI. Aguardem. e. verão.

PS.: Piadas à parte, eu realmente espero que os boatos de que Shuuka se tornará vocalista após a sua sub-unit com Karen sejam verdadeiros, porque a voz de Reina funciona melhor tendo outra voz de contraste. Se isso acontecer, nem vou torcer pra Reina demitir Shuuka ou coisa do tipo. @_@

84 comentários em “Reinaoncé apaga a existência das outras vocalistas da história do Flower para o icônico “ISTO É Flor ISTO É MELHOR”.

    1. O único grupo de j-pop que eu gosto um pouco é de Faky, de resto eu concordo com você! Não sou obrigado e não me interesso a gostar e a ouvir j-pop.

      1. Tome tenência sua versão barata do G-dragon versão chatice,existem muitos sentidos pra uma frase e quando me referi a “não sou obrigado” quis dizer que não gosto de j-pop,acho bom você aprender a interpretar textos,W-dragão
        Ps:se me atacá eu vo atacá :*

  1. Brumo, você viu o full do MV? Tudo pegando fogo no final e com uma mensagem de que o Flower vai virar a página e renascer? :v
    Vi em alguns fóruns dizendo que em 2017 o grupo mudará o estilo e vão incluir uma nova vocalista *Ou seria Shuuka mesmo?* :v

  2. Eu amei e odiei. O PV é lindo pra caralho e eu já quero ver essa coreografia todaaaaaaa. Além de ter amado a preview da outra inédita.

    Já a coletânea não me atrai tanto. Obviamente vou baixar ilegalmente e ouvir, mas Reina sozinha não funciona em tudo. De Tomorrow pra frente é aceitável porque era Kyoka basicamente harmonizando, mas Taiyou to Himawari solo ficou muito ruim por requerer mais de uma voz (em Akikaze no Answer ela já cantava tudo mesmo, então funcionou).

    Versões solo da discografia de 2013 pra trás vai ser uma morte muito ruim, o combo Reina-Chiharu era perfeito (Kyoka no fundo é uma adição agradável, como em Be With You) e ouvir ela maculando hinos como Still, Hatsukoi e Boyfriend vai ser de matar. Que elas tenham um revamp sem perder a essência melancólica e voltem a ter um duo que se completa, elas brilham mais nessa estrutura. Se Shuuka for como Ruri eu topo, tho

  3. Eu amei e odiei. Esse PV tá lindo pacas e as inéditas tão me atraindo muito. Além da coreografia, que deve estar de matar e já preciso ver.

    Mas a coletânea não me agrada tanto. De Tomorrow pra frente vai dar certo versão de 2016 porque basicamente é Reina cantando (por esse mesmo motivo Akikaze no Answer funcionou) e Kyoka na harmonia (onde ela melhor se sai), mas Taiyou to Himawari foi sofrível e muitas músicas delas precisam de mais de uma voz.

    Chiharu e Reina juntas foi a melhor formação vocal do grupo (Kyoka era uma adição agradável, como em Be With You), e ver que hinos como Still, Hatsukoi e Boyfriend vão ser maculados é triste. A discografia delas de 2013 era muito baseada nas duas vozes, e Reina ou Kyoka nunca conseguiram substituir a voz da Chiharu, by far a mais marcante das 3.

    Que nesse revamp prometido no fim do PV elas acrescentem um membro e voltem a ser um duo vocal, é a estrutura em que Flower brilha mais.

  4. Reinternado o que eu já comentei quando panfletaram isso ai:

    “Amém J-pop \O/”

    Olha, eu sinceramente não dou dois centavos de moral pra esses “projetos” rotativos de (48, 101, 80, 666) + ∞ “menininhas virginais, celibatárias, castas recatadas e do lar, amém!” (idols), PRINCIPALMETE OS PROJETOS JAPONESES que elevam a palavra bizarrice a outro nível, afinal todo mundo sabe que eu sou #TEAMSOLISTAS (ou no máximo trios, e em caso raro quintetos).

    Mas o E-GIRLS e afluentes meio que são a exerção da regra, já que eu gosto muito do DREAM, afinal Ami e Shizuka estão lá ❤ , e esse ano está sendo maravilhoso, aquele "Dance with me now" inda está entranhado em mim.

    E agora a "Reina e as outras" gravando esse MV na mesma paleta de cores e estilo que "To the beginning" da Kalafina meio que fez meu nível de interesse subir bastante, o vocal está ótimo também, e sim! EU ME IMPORTO COM VOCAIS NO POP, afinal se fosse pra ouvir qualquer um cantar ruim, só pelo entretenimento, eu iria assistir os ensaios da banda da Igreja aqui da rua!!!!!!!!!2ne1@#$!!! e pop de nenhum país é meu gênero preferido (que é folk medieval, tipo Faun, Induna, CLANNAD etc, [mas isso não vem ao caso agora]).

    Enfim, o MV está lindo e a música não é ruim, então FLOWER ganhou +1 de moral comigo hoje ❤

    PS: morri no "LÊZÁBÍMUUUU~"

  5. Todo o PV faz referências aos singles anteriores do grupo :’D
    Vai doer ouvir as 2016 vers. de algumas músicas também ~
    Que Shuuka entre logo como vocalista, porque pelas prévias que vi de uma bside do ShuuKaRen ela tem uma voz linda :v

  6. Fui ver esse MV porque eu tô dando uma chance pro j-pop esses dias e tals (eu gosto, é mais preguiça mesmo) e eu achei a música bem morninha @_@ o clipe ta lindo sim, mas acho que isso não vá me fazer gostar do grupo e tals, vou ver se eu escuto as outras citadas no post mesmo e ver se desce. Por enquanto eu to tentando deixar a preguiça de lado e ver se eu escuto mais coisas, gostei bastante da Namie, do Perfume e da Utadeus Hikaru. (quem tiver links ilegais de _genic e Cosmic Explorer, sinta-se à vontade)
    ps: essa capa ta super tosca com elas cobrindo partes das letras e vice-versa. Gostei.
    ps²: Os brave sound drop it enfiados no meio do nome estupidamente longo da música lá também tão on point :v (apesar de que nada vai superar aquela pérola do PQP48)

      1. Valeu pelos links o/
        Tinha um tempinho que eu tava querendo ver o full PV de Stranger. A Utada tá se posicionando pra ser meu ato japa preferido ao lado de Perfume, eu só preciso conferir os outros álbuns dela mesmo, até agora só ouvi o 1st single collection (é, sou preguiçoso mesmo) e eu simplesmente amei TUDO nele @_@ especialmente Colors e Time Will Tell.
        Quanto à Namie, eu confesso que broxei um pouco quando vi Golden Touch porque achei a música meio fraca e tals, e hero foi praticamente a mesma coisa, mas eu tava vendo sobre o _genic e ele parece ter umas farofas ótimas (Stranger <3) e se ela for mesmo a rainha da farofas genéricas já ganha vários pontos comigo.

        1. Ela é a rainha das farofas genéricas mesmo, se é isso que você quer, uma seleção delas dos álbuns mais recentes:

          _genic (2015):
          * Stranger
          * Fry
          * B WHO I WANT 2 B

          FEEL (2013):
          * Alive
          * Hands on Me
          * Heaven
          * Supernatural Love
          * Poison

          Uncontrolled (2012):
          * GO ROUND (‘N ROUND ‘N ROUND)
          * SINGING YEAH-OH
          * In The Spotlight

          PAST < FUTURE (2009):
          * Steal My Night
          * First Timer
          * WILD

          Os álbuns obviamente tem outras faixas legais também, mas essas aí seriam as que eu classificaria como farofa. DIVIRTA-SE! @_@

        2. Baixei o FEEL, e to com Hands on Me no repeat. \o/
          Pelo que vi até agora (_genic e FEEL) ela tem álbuns bem consistentes, com quase tudo sendo up/mid-tempo, gostei. @_@
          Agora uma coisa que meio que me incomodou (ou acabou me fazendo gostar mais da música) foi o Namiengrish de Alive… quer dizer, não é possível que ela esteja realmente querendo dizer “To make me pee… pee… pee…” né? @_@

        3. Namie é a rainha das farofas mesmo (e do R&B) e olha que o inglês dela no FEEL tá aceitável, antes era pior kkkkk

    1. Amiga (o) se for pra trazer uma alma pro lado Namie Amuro da força ❤ , é comigo mesma!

      _genic
      https://mega.nz/#!AAJARZzZ!n5pUsMuH7mMK_4NrRtI-DchebPkRwqRK7Vn_2SdfGV0

      Cosmic (eleve-se) Explore
      https://mega.nz/#!z0VQ1boJ!5nVXxqzvgExVks0tT3zcJvoYBgWaKfqC8TXki2x7PBM

      PS: o mercado fonográfico japonês é muito amplo, o segundo maior do mundo atrás apenas do USA, então tem MMMMMMMMMMmuuuuuuuuuuuuuuuiiiiiita coisa boa, você vai achar uma solista flopada pra chamar de sua, tenha fé!

      1. Vou panfletar algumas das minhas solistas preferidas, caso você queira ampliar os horizontes ❤

        1ª Saichi Tainaka (Rainha do flop e do meu coração)

        2ª Kana Nishimo (dispensa apresentações)

        3ª Ai Otsuka (eleva os OST's de doramas a outro nível)

        4ª Bônus, tá bom que isso ai não é solo, nem live, nem PV nem MV, é só uma imagem qualquer com uma música do novo mini da Kalafina que vazou, mas vai ser a melhor coisa que você vai ouvir hoje, acredite!!!!!

        1. Desculpe me intervir na conversa de vcs, mas eu amei essa Kalafina. Eu gosto de músicas q lembram tempos medievais (se estiver equivocado me avise). O estilo dela eh assim mesmo? Quero saber mais @_@ E tbm amei essa balada da Otsuka ❤ eu amo baladas, nao toooodas, mas gosto. Acho q jah devo ter ouvido ela em algum anime da vida.
          E eu concordo com o Sowon ali no que ele diz q o jpop parece tudo saido de animes. Eu gosto de alguns, mas aqls q flertam com o rock eu dispenso…

        2. @*GUIGAS*

          Bem vindo(a) ao lado Kalafina da força! e sim a maioria das músicas delas tem um tom medieval ou folk alemão (por isso que as amo ❤ ❤ <3)

          Kalafina é um projeto de Deus, digo, de Yuki Kajiura, uma compositora que morou vários anos na Alemanha, por isso esses tons na música, ela é tipo um Nakata da vida kkkkkkkk.

          A Yuki criou o projeto "fiction junction", formado apenas por mulheres, a Yuki é muito conhecida por produzir música para games e animes, e Kalafina originalmente foi criado exclusivamente pra cantar A IMPECÁVEL trilha sonora de "kara no kyoukai". mas depois eles resolveram manter elas quase como uma sub unit de fiction junction, com a adição de Hikaru (a mais nova) que passou em uma audição pra entrar no trio contra 30 mil outras sopranos em um concurso da SONY music (DIVA).

          Mas a história não é importante, o legal é só apreciar a música.

          segue em anexo algumas musicas da Kalafina ou do fiction junction que você pode gostar

          1ª Wakana hime ❤

          2ª estética medieval

          3ª Medieval de novo

          4ª uma das minhas músicas preferida delas

          PS: AS b-sides de Kalafina são infinitamente que os singles de divulgação

          PS2: A yuki fala 7 linguás, tipo latim, grego e etc…mas ela criou um dialeto próprio chamado Kajiurago que pode ser notado em coral em quase todas as músicas, segundo ela, suas melodias eram tão perfeitas que nenhuma linguá do mundo se adequava sem empobrecer a composição (o bom é ser humilde!), os fãs já transformaram em uma "língua oficial" e tals, e pode-se ater ver gente conversando nela em fóruns, é só par você não entranhar caso vá procurar as letras e tenha várias partes sem tradução <3.

        3. Sobre as músicas de Jpop ´parecerem coisas de anime é algo bem recorrente, como os animes são MUITO populares no japão o pessoal por lá ver a chance de ganhar seu lugar ao sol cantando coisas genéricas pra animes shounens (vide a mudança drástica na carreira da YUI depois que os otacus hyparam ela).

          O contrário também acontece, as vezes os estúdios pagam uma nota preta pra algum ato famoso dar o ar da graça na trilha sonora de algum anime ou coisa parecida, essa “IF” da Kana Nishino é um exemplo, Utada cantando em Evagelion é outro, e eu nem preciso falar de Koda né?

          Eu particularmente não me importo com meus atos preferidos cantando em animes (mas sou otacu e minha opinião não conta), mas pro pessoal que não gosta, tem um MOOOOOOOOOOOOOONTE de solistas e grupos que fazem sucesso passando longe das telinhas da TV Tokyo, é só garimpar por ai ❤

        4. Nossa, eu gostei de todas essas musicas q vc indicou, são maravilhosas ❤ muito obrigado por me apresenta-las 🙂 jah vai direto pra minha lista pra me aprofundar mais

          E q humildade da Yuki hein KKKKKKKKK eu achei engraçado ela criar o próprio dialeto, mas, por sua vez, acho bem interessante tbm. Deve ter dado um baita trabalho …

          E sobre as musicas para animes, eu nao vejo problemas em atos fazerem musicas para tais. Se eles vão fazer sucesso com isso, bom pra eles neh .. alguns eu gosto, outros nao, depende kkkk

          Obrigado pelas explicações ^.^

        5. Que maravilha ouvir novamente Disillusion, é a minha abertura de eroge favorita ❤ (embora ela me traga terríveis lembranças de certo anime de 2006)
          Eu sou Kalafina biased desde To the begining, Sprinter, Aria e Magia, e mais biased ainda da Kajiura, então nada que elas lancem irá me desapontar. Os álbuns delas são literalmente os únicos cujas músicas nunca me decepcionam.

      2. Vlw pelo cosmic explorer e pelas indicações ai de cima @_@
        Gostei especialmente dessa música da Kalafina e da Sachi Tainaka, elas me lembraram um pouco ending de anime em alguns pontos (metade do que eu escuto vindo do Japão me lembra isso, na verdade) e essa da Sachi tem uma vibe meio dramática que eu gostei. Não senti muito a da Otsuka, talvez por ter birra com baladas coreanas e isso meio que me deixou com um pé atrás, essa da Kana Nishino eu tentei dar play e meu pc morreu, fim. @_@

        1. Precisando de links desse tipo pode pedir aqui 😄

          A Sachi é super da deprê , kkkkkkkkkkkkkkkk (por isso eu amo ela ❤ rainha das fossas) e essa música da Kalafina é só uma b-side mesmo, mas elas cantam vários temas de animes, então faz bastante sentido sua associação.

        2. Quando é que eu posso pedir a minha YUI de volta? Já faz 4 anos que ela não lança nada (eu sei os problemas que ela tem, mas mesmo assim), minha solista favorita, com aquela discografia maravilhosa. Quase não ouço J-Pop (tirando exeções das deusas e minhas solos que cantam em openings de anime) e sempre fui da rota do J-Rock. Dos clássicos: X-Japan, L’arc~en~Ciel e the Gazette (tinha uma época que só ouvia visual kei) para os mais ”relativamente novos”: SCANDAL, ONE OK ROCK, nano (que até hoje tenho minhas dúvidas se é mulher ou homem), o ser tem um físico de homem, mas a voz é bem feminina e nunca mostrou o rosto.
          Kalafina eu já classifico como canto gregoriano e tiro onda com os amiguinhos dizendo que sou mais ”cult” kkkkk idiota. Mas até hoje nada supera a abertura de Elfen Lied.

          Lilium é lindo ❤

        3. @SCAR

          Me dá um abraço cara, sério, achei que eu era a única aqui que sabia que visual-k não é da Coreia (tudo que tem k esse pessoal acha que é de lá),

          HIGH FIVE

          E sobre “Mas até hoje nada supera a abertura de Elfen Lied.”…é uma das melhores….mas tem vários hinos no pálio!

    1. Ksuke exalando feminilidade e Amberzão já nos estágios finais de sua TerezaBrantization.
      Torço pra que se peguem ❤

      Ah e a música é legalzinha. Achei um upgrade, comparando os singles blandeliciosos e soporíferos que ela lançou pelo Station até hoje. Nada memorável mas dá pra ouvir umas duas vezes @_@

  7. Eu não entendo nada desse grupos de j-pop é muita sub unit e muita gente e me confunde demais, mas pelo que eu vi aí parece que a era Closer chega para todxs, Oh my Girl manda beijos.

    1. Hmm legal, pena quer Reinaoncé lacra a muito mais tempo que essas crianças de 11 anos cantando sobre cupido e beijos. Reina e suas dançarinas mandam beijos de luz BJSSS ❤

        1. Fique à vontade 😉

          Mais um gif de Kyungsoongel se multiplicando no mundo significa mais um passo rumo à paz mundial lolbjssss

      1. A IU é uma criação da Gain, não tem como ela imitar algo que ela mesma criou 😒😒😒. Esse povo tem apenas que ouvir e aceitar que a Gain lacra e fim.

        1. Parece IU porque boa parte do material solo dela e da Gain (assim como grandes hits de BEG e Sunny Hill) são todos assinados pelo mesmo produtor, Lee MinSoo. Só ouvir Bloom/Good Day que dá claramente pra ver que a mesma mente está por trás das duas coisas. @_@

  8. Eu tenho algumas musicas de Flower e sempre me perguntei oq raios eram esses 201* version.. mt obg por esclarecer.. a propósito, mt desnecessário fazer isso hein, afs
    Jah sobre a música, achei ela meio básica mesmo, nao muda vida de ngm; agr o clipe eh realmente um dos mais belos q vi em tempos. Em estética Flower sempre se garante, pelo menos nos PVs q vi neh..

    1. ❤ nem acredito nisso ❤ ❤ ❤

      Que saudades dessas moças, e esse instrumental no começo que me lembrou Mordern Talking ❤ ❤ ❤

      só venham amores \O/

  9. Bruno, dono do blog (e quem mais quiser), favor dissertar sua opinião, mesmo que em um comentário sobre o escândalo da vez.

    Resumo da ópera: IRON, um rapper “underground” aí (mais famoso por quase ter sido membro do BTS do que qualquer outra coisa) juntamente com “os truta” Kidoh (ex-trainee da Big Hit, ex-quase BTS, ex-Topp Dogg e atualmente carreira solo) e Supreme Boi (mais conhecido como “o carinha que fez feat. com BTS em Cypher part.3 remix ter composto junto com “Monstro do Rap”, “Açúcar união” e o restante do BTS que faz composição e melodia” do que qualquer outra coisa) fizeram uma canção sobre BDSM, inspirada em “50 Tons de Cinza”, só que “esqueçeram de avisar” para eles o quanto aquela trilogia retrata o BDSM de forma equivocada e… obviamente, deu merda! Merda das mais fedidas.
    Segue trecho dos primeiros versos da canção (traduzido pelo Linguee e Google Tradutor), por assim dizer:

    “Ouvi você pedir, “Oppa, me estupra até me quebrar ao meio”
    Acho que estou sóbrio, não louco
    Esta é minha sala do Christian Grey
    Brinque de Anastasia Steele como você quiser, sua linda”
    Link da letra da música completa: http://hiphopkr.com/translated_lyrics/iron-roll-feat-kidoh/

    Obviamente, o povo caiu em cima deles e resumidamente Kidoh tuitou:
    “A letra é isso mesmo que vcs estão lendo, mas não é estupro. É daddy kink, BDSM korean version, morô!”
    Iron, mais debochado, resumidamente postou um tweet com a foto da trilogia e mandou o povo estudar interpretação de texto.
    Supreme Boi não quis comentar o assunto.
    Resultado: nem a fanbase deles os defenderam, tá chehando na voadora em quem tá defendendo eles e o ódio contra eles tá forte!

    Link completo com todos os detalhes da treta: https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1047552988692005&id=694255094021798

    Aguardando os próximos capítulos…

    1. Já que qualquer comentário é bem-vindo aqui vai o meu: putas burríssimas @_@

      Tomara que voltem pra obscuridade e não saiam de lá. Ainda bem que nenhuma dessas bagunças quentes chegou a integrar o line-up final de BTS. RapMon sozinho já fala merda o bastante pelo grupo todo. Além disso, os meninos também já recebem muito hate do jeito que tá, por causa do comportamento das ARMYs louquíssimas (como se fosse culpa deles né) 🙂

      1. Se uma linha de um rap feito há anos pelo Namjoon já foi o bastante pra ele ser tagado de hater do snsd, eu imagino como seria a reação do povo às merdas que o Iron diz se ele tivesse entrado no line-up, já que ele ia ser só um idol-pseudo-rapper e não um artista de verdade e tals. :v

        1. Ainda bem que ele mudou, pq o Rap Monster já fez muita merda na época em que eles se achavam os reis do hip-hop no debut.

  10. Bom só passando para dizer que o k-pop está acabado depois de ShuuKaRen…. Beijos k-pop, agora é a hora de ShuuKaRen, porque quando os vampiros dominarem, o grimoire vai se abrir e o lorde das trevas vai surgir AHAHAHAHAHAHHAHAHA!

    1. LDH deve funcionar na base da macumba, como é que TUDO que sai dessa empresa me agrada??? É farofa, balada, clipe, coreografia….ShuuKaRen veio pra destruir mesmo.

  11. 2PM voltando dia 13 de setembro e pela prévia do álbum, eu só gostei de uma música, no caso “Uneasy ” que aparece logo após a faixa título do álbum. O resto parece uma b*.

    2016 comparado aos anos anteriores tá triste, tem que ficar catando musiquinha aqui e ali. Mas nisso, acho que até gostei de muitas músicas (se considerarmos a escassez) , dentre elas: Wonder Girls – Why So Lonely, SPICA – Secret Time, Red Velvet – Russian Roulette, 24K – Still, HISTORY- Queen, EXO – Artificial Love e Lucky One, Sanchez – Claustrophobia, SISTAR- I Like That, NCT 127- Fire Truck, NCT U – Without You, Stellar – Crying, INX -Alright, VIXX – Dynamite, IOI – Whatta Man, Seventeen – Very Nice, BTS – Save Me, Luna – Free Somebody, TAEMIN – Press Your Number e Sexuality, e NU’EST – Overcome. Tá, aí vão mencionar, mas em 2016 também teve TWICE – Cheer Up, EXO – Monster, BTS – Fire e BlackPink com Bombayah e Whistle… Pra falar a verdade não gostei dessas músicas não, só fui na onda porque é o que não para de aparece no face, twitter, canais do youtube, Spotify…

    Agora to na expectativa com o comeback de Crayon Pop com Vroom Vroom e do INFINITE que não sei o que esperar.

  12. Não conheço muito esse grupo, apenas vejo falando dele aqui no blog e achei muito linda a voz da garota 😊 engraçado que parece um grupo, mas apenas uma canta…acho que entendi a piada no começo do post

    1. Antigamente o grupo tinha 3 vocalistas, mas as outras 2 saíram. O post faz piada não apenas com isso, mas com o fato de neste álbum de compilação terem regravado todas as músicas antigas apenas com a voz da vocalista restante. 😉

  13. Eu achei adorei a música.
    O pv me parece fazer referências aos pvs anteriores, em especial Let Go Again e Sayonara Alice.
    Eu estou ficando bem enlouquecido com essa falácia de “2016 version”. Still e Taiyou to Himawari ficaram beeeeeeeeeeeeeeeem ruizinhas na voz chata da Reina.
    Estou torcendo pra Shuuka (minha favorita após a saída da Chiharu) comece a cantar.

    1. Sim, o clipe inteiro faz referência a praticamente tudo que elas lançaram antes (dá pra ver melhor no making off) pra no final falar que elas estão indo para uma “nova era”.

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s