Pacotão de oppas (25/02): Cross Gene, NCT, B.I.G, Block B e mais sete comebacks comentados pra vocês!!1

Ontem tivemos um sombrio pacotão japa em que o Japão falhou a todos nós com muita coisa medíocre e pouco empolgante. Será que boybands coreanas com nomes estúpidos serão capazes de salvar fevereiro do marasmo? Ou LOOKIE LOOKIE MY SUPER LOOKIE LOOKIE LOOKIE continuará no top3 do mês, mesmo todos odiando a música furiosamente? Descubram agora, começando pelos tolamente nomeados VI EI VI:

[VAV – VENUS (DANCE WITH ME)]

Isso aqui tá legalzinho até, parece um número retrô que a SM daria pra EXO/SHINee/TVXQ lançar de single pra um repackage. Faixa curta, inofensiva e despretensiosa, e ainda vem com idols se humilhando com cabelo verde piscina e rosa choque de brinde no clipe. Só não me perguntem qual é a trama desse clipe porque eu não faço ideia. Quem sabe a ARMY que é contra opinião no século XXI não aparece aqui de novo pra explicar pra gente? As ARMYs xiitas são as melhores na hora de interpretar clipe (já texto…).

[NCT DREAM – MY FIRST AND LAST]

Isso aqui tá MUITO melhor do que o debut de NCT Dream, e é mais uma faixa indolor emulando SHINee. O destaque mesmo fica pra coreografia, um negócio realmente impressionante. Mas ainda fica aquela pergunta no ar: por que esse grupo existe? Realmente é necessário ter TRÊS NCTs diferentes coexistindo ao mesmo tempo, todos na Coreia, sendo que a proposta original eram units regionais em escala global? Pra mim definitivamente não é, com música ok ou não.

[CROSS GENE – BLACK OR WHITE]

Cross Gene tem o costume de brincar com terror, vide a preciosidade trash de 2014 que é o filme de zumbis deles, que tem a farofa BILLION DOLLA de trilha sonora. Mas eu não estava esperando que os manos fossem abraçar o gore de maneira tão visual quanto esse clipe faz, cheio de baldes de sangue (relativamente realista) jorrando pra todos os lados, pescoços dilacerados, esfaqueamentos, cabeças esmagadas por tacos de baseball e muito mais. Claro que tudo é balanceado por momentos de puro humor involuntário, tipo os integrantes sendo atacados por versões dark ranger de si mesmos, que por motivos não explicados apresentam colantes de cadelinhas que saíram do pet shop colados em seus rostos. Hilário, icônico, puro Cross Gene. Uma pena que a música não está a par do catálogo farofeiro EDM deles. Não tá ruim não, mas sinto falta do CROSS GENE de raiz.

[B.I.G – 1.2.3]

O clipe retrô oitentista característico de new wave e synthpop britânico não casa muito bem com o conteúdo musical presente aqui (ainda mais funk retrô), mas quem se importa com a dissociação se a música presta e tem um dos melhores refrões do ano até aqui? Definitivamente a melhor faixa desses nugus até hoje.

[BEATWIN – DON’T LEAVE]

Daí que a banda se chama BATEGANHA. E a faixa se chama “NÃO SE VÁ”. Claro que eu já estava aqui na expectativa por uma faixa de trap/dubstep try-hard extremamente agressiva e possessiva que deixaria as pessoas problematizando a glorificação por relacionamentos abusivos na Coreia e… *FUÉN*. É balada. E é muito ruim ainda por cima. Eu preferiria até o merdastep try-hard no lugar disso, sendo honesto. Que horror.

[SF9 – ROAR]

O clipe aqui é bem legal, misturando as caixas futuristas da SM em 2010 com a tendência hotline bling de iluminação de clipes vista em 2016. Uma pena a música ser uma bagunça sem graça e fator de replay algum. Alguém realmente escuta um negócio desses na vida real? Duvido. E mais uma indagação: eles são irmãozinhos mais novos de AOA, né? Então manda a Choa deixá-los de castigo ouvindo uma gravação de Jimin gritando “hey!” em loop até eles voltarem com uma música melhor.

[BLOCK B – YESTERDAY]

Essa estética de menininho-aegyo-puro-e-inocente tipo ASTRO não combina com BLOCK B e dá um pouco de vergonha alheia, sendo honesto. Mas a música é boa até, sendo o tipo de coisa rock suave que eu esperaria de DAY6 ao invés dessa morte horrível aqui:

[DAY6 – YOU WERE BEAUTIFUL]

Que coisa mais meia bomba, Jesus. Parece Nell em seus dias menos inspirados, eu nem consegui ouvir isso até o final. Coreanos sempre erram quando tentam fazer esse tipo de coisa, meu deus. Fiquem com uma balada coreana decente pra limpar o paladar, puta merda: “G.NA – VOU DAR NO PÉ, FIQUE BEM“.

[PENTAGON – PRETTY PRETTY]

Não sei se essas músicas estão ficando piores ou se a minha paciência que está acabando após tantas boybands uma após a outra, mas achei isso aqui bem irritante. Chungha de fato é pretty pretty, então pelo menos tem isso pra ajudar a assistir o clipe inteiro, mas bem sem graça isso aqui.

[MASC – TINA]

OK, isso aqui tá legal até. Gostei do clima de música soul setentista que aparece na intro e no refrão, é um bom sample e deu personalidade pra faixa. Mas sei lá, só eu achei que a produção disso tava meio pobre? Sei lá, achei um pouco simplório, faltaram alguns elementos a mais pra isso aqui realmente deslanchar, soa meio inacabado.

[JUNGGIGO, CHANYEOL – LET ME LOVE YOU]

Clipe legal baseado em tokusatsus nenhum salva uma musiquinha modorrenta dessas. Nem acredito que fiquei empolgado pra ver isso quando eu cliquei no play. Mas culpa minha mesmo, né. Só de ver “Junggigo” na parte do nome do artista já deveria me indicar exatamente o que estava por vir. Dureza.

Mas ó. Esse pacotão nem foi de todo ruim. B.I.G e VAV tiveram músicas legais, e alguns outros atos foram de ok a passáveis. Vitória de fevereiro!!

Anúncios

198 comentários em “Pacotão de oppas (25/02): Cross Gene, NCT, B.I.G, Block B e mais sete comebacks comentados pra vocês!!1

  1. Que desperdicio uma coreografia tão boa quanto a do NCT dream ser usada pra uma musica tão fraca. Yesterday é boazinha, mas de fato não tem nada a ver com block b.

    E os grandes vencedores são B.I,G porque a concorrencia não era grandes coisa mesmo :v

  2. Yesterday foi escrita e produzida pelo Park Kyung que tem essa pegada mais leve, por isso tá diferente, mas eu adorei o M/V inspirado em sitcoms como Friends. Eu achei a coreô de NCT maravilhosa, mas completamente desperdiçada numa música com crush em professora como pano de fundo, a SM sempre tem essa mania de descaminhar seus atos do plano original quando percebe que era uma ideia meio tosca (exemplo é EXO K e M, que hoje em dia a SM só usa pra poder fazer mais de uma versão pra album). De resto eu não ligo pra bg desse tanto, tô esperando mesmo é GFriend vir salvar todos nós com o novo single garota-crescida concept.

  3. A música do Pentagon é muito boa! E até o clipe é legal, a única coisa mal aproveitada foi a Chunga mesmo, deveria ter ela dançando muito mais!

    E como falar mal dessa obra que é “Let me love you”? Tudo é bom nisso, da música ao MV é nota 10!!!

  4. Gostei bastante de B.I.G, porém Let Me Love You foi a campeã para mim, pois eu já gosto desse tipo de música.
    Por pouca coisa eu não vi todos os MVs completos dessa vez, me esforcei, sério, mas o tal do Beatwin me broxou demais. A piada da vida é aquele “NOT FAMOUS YET” na camisa do cara do fundo no grupo mais nugo do post.

    Não sou fã de boyband, abro exceções, mas elas se restringem bastante e cada pacotão de oppas é uma nova superação para acompanhar os post do blog e entender os comentários. Aguardo ansiosamente por um pacotão nugu, para limpar meus olhos e minha alma.

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s