FAMM’IN, o megazord de flops da avex, homenageia Assassin’s Creed em novo single, “animus”

Olá, pessoas. Como estão? Espero que estejam se alimentando bem e trabalhado resilientemente. Então, hoje estou aqui com boas notícias pra fãs de flops japonesas: daí que após a pretensiosa CIRCLE do ano passado, as manequins do FEMM, o quarteto FAKY e Yup’in resolveram se juntar novamente para uma segunda tentativa do icônico megazord de atos femininos da AVEX, o E-Girls com restrições orçamentárias chamado FAMM’IN. A nova faixa das sete, intitulada “animus”, é basicamente uma nova tentativa em cima da mesma ideia de CIRCLE, mas felizmente dessa vez o resultado final é bastante superior:

Esse novo single pelo menos tem começo, meio e fim, é mais curto e possui um BPM mais alto, sanando algumas das principais falhas da faixa original. De resto, é o mesmo mash-up de gêneros de CIRCLE, que meu amigo pessoal e informante na avex Sachiko Shimada me informou num press release em formato .rtf (sério) que pode ser chamado de gagaku trap (gagaku – música tradicional da corte japonesa, trap – aquilo que você ouve música sim música não dos k-rappers toscos) ou gagaku grime (????). Sério, vocês não adoram como a cada dia um novo sub-gênero mais nicho que o anterior nasce? Não??? É, poisé.

Mas a pedância não acaba aí!! Não mesmo, na verdade a “animus” do título não se trata de uma homenagem à franquia capenga e cheia de glitches em que você viaja no tempo através do DNA de seus antepassados cultistas sociopatas assassinos (#teamtemplar), mas sim de uma homenagem à TEORIA DE CARL JUNG que supõe existir uma personalidade masculina inata no inconsciente feminino, uma personalidade chamada “animus” (?????????), algo que o senhor Sachiko Shimada diz estar presente na letra da música e visual e figurino do clipe. Não sei se vejo isso aí não, mas isso está bem melhor do que a faixa original, então ponto pra FLOPP’IN. Mas que eu preferiria ver lançamentos novos de FEMM ao invés dessa bobagem, por favor, não tenham dúvida.

“animus” será lançada digitalmente agora dia 29 de Março. Se eu me darei ao trabalho de baixar ou não, vai depender de quão mudador de vidas estará EVERYDAY#5. Veremos.

PS.: Muito obrigado ao senhor Sachiko que mesmo após meu deboche em cima de Anna Tsuchiya e minhas constantes trollagens em cima da avex não deletou meu nome do mailing. ASIANMIXTAPE, HWAITING!!

Anúncios

285 comentários em “FAMM’IN, o megazord de flops da avex, homenageia Assassin’s Creed em novo single, “animus”

  1. Eu não entendi o hype de vocês pra esse comeback do Girls Day… Isso não foi um comeback desses grupos que fazem uns 300 comebacks por ano, foi um comeback depois de quase 2 anos, e foi bem fraco. Love again é bem melhor.

    1. Calma amiga, isso aqui ainda não é o post sobre o comeback do Girls Day, o Bruno deve está ocupado, ou ouvindo o mini pra fazer um combo de análises do comeback, então relaxa ai!

      E sim, podia ser melhor, mas vocês não-fãs-do-Girls-Day não entendem, que o grupo em sí é muito mais relevante que as músicas…mas um dia vocês vão descobrir essa magia!

        1. kkkkkk se a Yura não converter a um fã ninguém converte!!!!

          O pessoal continua na ilusão, de que no pop a qualidade da música/carreira/vocais é o que mais importa em grupos idols…não sei mais o que falar pra esses inocentes!

  2. A música é razoável, mas ainda assim consegue ser infinitamente melhor do aquele “Circle de bosta”… Vamos aguardar os próximos lançamentos, quem sabe isso não simboliza uma melhora a cada single dessa collab doida? Aguardando pacientemente por um farofão à la Rihanna desse ato, hahahaha

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s