MIXTAPE – MARÇO’17

E eis que após durar aproximadamente três ano e meio, o mês de março FINALMENTE acabou final de semana passado, então era hora de eu ouvir setecentos e oitenta EPs diferentes, ter revertério de tanto tropical house pra no fim de todo o processo aparecer com uma playlist esperta com as indicações do mês, do ASIANMIXTAPE pra vocês. Será que sua favorita marcará presença? Ou foi esquecida no churrasco igual TOC TOC do Twice na mixtape de fevereiro? Descubram agora. /o/

Como vocês verão a seguir, em março atingimos o que eu espero ser o ponto de inflexão do tropical house no k-pop, já que simplesmente não tem como a modinha ser mais onipresente do que ela já é agora. Com sorte pra abril-junho os produtores segurarão a mão nesse treco e voltaremos a ouvir outras sonoridades novamente, até a próxima modinha americana da vez infectar o k-pop, claro. Mas até lá, fiquem com umas S.E.T.E faixas diferentes dessa bosta entre as 18 da playlist:

Março foi meio irregular no geral, mas tivemos algumas faixas estelares que compensaram. Elas se encontram aí com algumas das minhas outras favoritas do mês, e não se esqueçam: ESSA MERDA NÃO É UM TOP, A ORDEM DAS FAIXAS NÃO INDICA ORDEM DE PREFERÊNCIA OU NADA DO TIPO. Grato.

01. BRAVE GIRLS – ROLLIN’: FAROFA MARAVILHOSA. ❤ Lollin’ é Brave Sound puro, diversão contagiante e despretensiosa cheia de “hey” e “engrish”. Se é pra fazer tropical house, que seja assim, definitivamente um dos melhores exemplos da modinha no k-pop.

02. GFRIEND – HEAR THE WIND SING: Mais um exemplo de tropical house aqui, mas a adição do violino ao instrumental é inusitada e um grande acerto, traz um certo frescor pra uma modinha que já deu o que tinha de dar. Ótimo mini das GFRIEND, btw.

03. LOOΠΔ ⅓ – LOVE & LIVE: Uma fatia de algodão doce aegyo feita direito, um synthpop retrô melancólico saído direto da cartilha de OnePiece pra Lovelyz, só que entregue pelas riquíssimas LOOΠΔ, que só em pre-debut vão queimar mais dinheiro do que grupos na pindaíba feito Nine Muses já gastaram em toda a sua vida.

04. TOWA TEI – BRAND NEW EMO (as METAFIVE with MIZUHARA SISTERS): Se vocês não sabem quem Towa Tei é, ele é um DJ japonês com quatrocentos anos de carreira que participava do trio Deee-Lite (de Groove Is In The Heart) e que hoje segue carreira solo esfregando o chão com a cara de Yasutaka Nakata, mostrando o que é ter um som fresco em 2017 ao invés daquela bobagem de country-EDM que Nakata tanto gosta. Brand New Emo é de longe a melhor no álbum dele, mas o EMO inteiro vale a ouvida se vocês curtiram o single.

05. LUCY – B-DAY (feat. KISSUM): Várias hipsters lançaram coisas decentes esse mês (Eyedi com Best Mistake, Moon Hyuna com Canção do Grilinho, etc), mas nenhuma chegou perto dessa Lucy aqui, que saiu da vala ao tirar o “tropical” de “tropical house” e entregar um house propriamente dito, algo que não dava as caras tinha um tempo. O break no piano com Kissum é meio que uma bosta, mas nem isso derruba a média da faixa.

06. GOT7 – NEVER EVER: Aqui temos GOT7 entregando seu melhor cover de BTS, e a coisa funciona (muito melhor que as bombas deles em 2016, pelo menos). Uma bobagem catchy e inofensiva, não tenho do que reclamar.

07. HA:TFELT – THRU THE SKY: Yenny rainha saiu correndo da JYP e já está lacrando lançando OSTs pra um doraminha qualquer. EU AMO A VOZ DESSA MULHER, então isso aqui colaria comigo mesmo que fosse tropical house e OPA, NÃO, PERA, isso aí É tropical house. Tá vendo? Quase passou sem eu perceber, HA:TFELT imbatível mesmo.

08. B.A.P – WAKE ME UP: Um dos melhores pop rock do ano no k-pop até aqui, WAKE ME UP é B.A.P totalmente dentro da caixa sem tomar riscos, mas eu honestamente nem me importo. Ótimo refrão.

09. HIGHLIGHT – PLZ DON’T BE SAD: Outro bom pop rock, mesmo que pouco inspirado (Se eu nunca mais ouvir uns wo-oh-wow-how-ow–owo–wow-o não vou chorar sequer uma lágrima), direto dos finados Beast, que renasceram em 2017 como uma fenix emulando Coldplay agora sob a alcunha HIGHLIGHT. Curti.

10. MIKA NAKASHIMA – KOI WO SURU: Um número retrô setentista super fofinho de Mika Nakashima, que fez a BoA mês passado e lançou um LP após milênios, enchendo ele de single e b-side velha, com só umas duas inéditas bem tímidas ali no meio. Mas Koi Wo Suru não tem culpa disso, então curtam sem culpa.

11. PRISTIN – WEE WOO: O pré-refrão disso aqui com as desaceleradas é completamente desnecessário e quebra muito o ritmo de uma faixa que poderia ser MUITO melhor sem isso. Mas ainda assim, digna da mixtape, porque todo o resto é ótimo. Wee Woo também é de longe a melhor coisa no EP de debut de PRISTIN, não entendi o povo choramingando por aquela Black Widow mega basicona. Tenham amor próprio.

12. GFRIEND – FINGERTIP: Destaque absoluto de março ao lado de Lollin’, Fingertip é um acerto estrondoso pra GFRIEND, implodindo de vez a imagem de grupo aegyo puro e inocente delas e aproximando Géssica e suas amigas cada vez mais de KARA e outros grupos que exudem feminilidade sem ter que usar de uma imagem casta para tal. E a faixa ainda por cima é puro Sweetune no auge da carreira, mesmo sem ser do Sweetune. Géssica rainha, Taeyeon nadinha.

13. GIRL’S DAY – I’LL BE YOURS: Uma das title tracks mais fraquinhas de Girl’s Day até hoje, mas ainda assim diverte (mas nada muito complexo não, isso diverte tanto quanto um cheetos alimenta). O que me chocou foi todo mundo rasgando seda pro mini TERRÍVEL que elas lançaram, facilmente o pior do grupo até hoje. Sim, pior do que o primeiro até. Porque apesar daquilo ter Tilt My Head de lead single, Shuppy Shuppy e Control são b-sides maravilhosas que sobem a média do EP. Everyday V não tem nada que redima tirando o próprio lead single. Vergonha pros D4ISYs.

14. PRODUCE 101 – PICK ME 2: Pick Me 2 não é nem de longe tão icônica quanto a trasheira do original, mas parece um single que David Guetta lançaria em 2012 como lead single do vigésimo oitavo repackage de Nothing But The Beat, com Usher/Chris Brown nos vocais. E eu estou com saudades de bobagens genéricas assim, então toma aí a vaga, Pick Me (Piroca Ver.).

15. SIX BOMB – BECOMING PRETTIER (AFTER): Essas trolls. ❤ SIXBOMB maravilhosas continuam a ser um dos grupos MAIS ODIADOS do k-pop, com todos os seus clipes tendo proporções absurdas de like/dislike no youtube, tudo porque as pessoas não conseguem lidar com o conceito truqueiro delas, fingindo terem feito plásticas de um comeback pro outro sendo que elas ESTÃO IGUAIS. E de lambuja uma farofa gostosa e que as redime da terrível Becoming Prettier (Before). Vitória.

16. INSUN – HWANG YA: Tiazona do PRODUCE 101 não quer saber de tropical house, não quer saber de trap, ela ainda não chegou nem no dubstep. Ela tá é presa nos anos 2000 igual eu, então é claro que o solo dela seria um trot EDM datadíssimo e que ninguém mais teria coragem de lançar. E por isso mesmo que Hwang Ya presta. Um clássico instantâneo de noraebang se o mundo fosse justo.

17. KODA KUMI – ULTRAVIOLET: Isso aqui é uma farofa básica-pronta-yoki-genérica-nota-5,0 que Koda sempre enfia em todos os seus álbuns e eu curto quando preciso arear uma panela ou limpar o forno do fogão e olhe lá. O mais triste é que mesmo assim isso aqui é um dos DESTAQUES do projeto terrível de álbum duplo que Koda lançou mês passado, então entendam essa presença na playlist mais como uma posição de pena do que como qualquer outra coisa, tipo Ayumi Hamasaki ainda aparecendo no Kouhaku em 2013.

18. FAKY – SURRENDER: FAKY na verdade é bem hit or miss pra mim, e Surrender começou como erro, quando eu ouvi da primeira vez. Mas agora a faixa deu a volta e eu já estou achando ela ótima. Não chega perto de Afterglow, mas é muito melhor do que qualquer coisa que elas lançaram com o FEMM, por exemplo.

MIXCLOUD / DOWNLOAD

E é isso aí. Faltou alguma coisa pra vocês? Curtiram alguma faixa avulsa que vocês desconheciam? Comentem aí embaixo e até o próximo post, flwvlw! /o/

Anúncios

572 comentários em “MIXTAPE – MARÇO’17

    1. Achei q ele quis emular um Zion T .. porém sem a voz única e a aura intensa… daí virou esse negocio aí. ..q a Coreia já está amando muito segundo os charts

    1. “Nova imagem e novos posts”
      Se o Bruno fosse de uma empresa do K-entretenimento, qual ele seria?
      Só quero saber isso pra criar não criar expectativas erradas sobre esse comeback.

  1. Só to aqui pra avisar q nós fãs do Red Velvet q n tínhamos nome mas já eramos muitos, continuamos sendo muitos, mas agora temos nome. No chamamos Reveluv. Minha reação ao saber o nome do fandom foi exatamente assim:

    Sério, Reveluv?1 Q nome mais bosta, bolofã é bem mais legal.

    O nome é ruim mas ainda é melhor q AIDs kkkkkk

    1. AAAAAAAAAAAARGH!!!!!! Até os nomes de fandom são ruins nessa geração.
      Faz igual o conceito do grupo e muda o nome conforme o comeback: uma hora Reve, outra, luv. Fica mais legal.

      Tem hora que é melhor ficar sem nome de fandom mesmo

    2. Essa terceira geração do Kpop está obstinada a buscar a atenção dos gringos mesmo, até os ridículos nomes dos fandoms ocidentais estão copiando.
      Hwating!

      1. É bem ruinzinho sim, mas esperar nome legal de fandom seja na Coreia ou no Ocidente é esperar demais então to de boa. Vou continuar me intitulando Bolofã pq é bem mais icônico q Reveluv

    1. Loona, o grupo q acabou com a piada e a verba e não vai mais debutar 12 integrantes…😂😂😂😂😂 to vendo q vai ser um grupo de umas 6 ou 7 no máximo … 😢
      Gostei do teaser da Vivi … ainda estou aqui aguardando esse debut mas já achando q Dreamcatcher leva como rookie do ano mesmo ❤

        1. A Vivi é tão bonita, pena q Heejin e Haseul chegaram antes e já são minhas favoritas pq acho ela uma forte candidata a bias do pessoal q ainda n tem. Esse solo parece q vai ser bom, queria n criar expectativas, mas num projeto como esse é meio difícil n se empolgar.

          Se debutarem só seis ou sete nem vou reclamar, o ruim é q a piada da doses integrantes q vão laçar um solo por mês já era.

          E sim as rookies do ano já são Dreamcatcher, nem Loona vai conseguir tirar esse título delas, Pristin até tentou, mas n chegou nem perto.

        2. Haseul bias mesmo! ❤
          Aqui vemos o momento da epifania em q ela e pelo jeito a empresa se ligaram no quão megalomaníacos eles estavam sendo com esse projeto hahahah

        3. Mais é dos nossos corações q eu to falando, no MAMA e nas outras premiações nunca ganha quem merece mesmo, então eu nem levo a sério quem vence. Dreamcatcher já são as campeãs morais de 2017.

        4. Amo o positivismo da Haseul, assisto todos os LOONA TV’s que lançam (só queria que fosse maior T_T) e ela é a mãe do grupo, parece até líder, mas Heejin roubou a posição de todas para debutar primeiro.

    1. -Trump usou uma bomba aí
      -Dia do beijo
      -Diego deve voltar ao Flamengo
      -.. em São Paulo: Bom Retiro mudará de nome para Little Seoul ❤ hahahaha só aceito se virar parada obrigatório de fansigns dos nossos faves

    1. AAAAAAAAAAAAHHHHHH!!!!!!IOI ( Perdoem meu comportamento, menções e interações pos disband me fazem parecer algum tipo de Army de 13 anos )².

      Ver esse vídeo, me fez lembrar que elas não estão mais juntas(assim como todo dia que eu vejo qualquer coisa delas) 😦

      1. Pois é…. Me lembro de ver fancams da Time Slip, a qualidade era pessima e o áudio tenebroso, mas ainda fiquei mal. A música era Pick Me, mas parecia alguma balada do K-Will. :/

        1. Também me deixou sad quando a Somi fez o ” Yes I love it ” no Unnies, e quando a Sohye tava no lipstick prince e o mano do NCT perguntou como era está sozinha ou algo do tipo, a cara dela disse tudo… Por isso essas interações salvam o dia.

    2. Não se culpe, ainda mais se for para mostrar uma Deusa dessas. Saudades das interações T_T *cry in I.O.I language* ouvindo When The Cherry Blossoms Fade.

      1. “uma porcaria try harder maloqueira, sem refrão com uma palavra qualquer repetida, e Minzy pagando de badass” ainda será melhor que aquele Floped da CL, sem dúvidas
        Minzy>>>>>

    1. Pelo jeito teremos Minzy piranhando até n dar mais só pra compensar esse três anos na seca de lançamento q a coitada tava.
      Mas ó, minhas expectativas subiram bastante só de saber q a musica foi produzida por Shisadong Tiger.

    2. O MV eu acho q vai deixar a desejar. .essa música parece pedir um clipe na India igual aquele do Coldplay com a Beyoncé. ..muitas cores.. Ela dançando no meio daquele pó colorido lá das festas da primavera kkkkk apropriação cultural… kkkkkkk

      mas de qlqr forma pra mim já deixou CL no chão só com esse trecho de música q ela liberou

    3. Minzy, FAZ UM FILHO EM MIM ♥

      E se não vier música boa nesse álbum, eu vou pessoalmente aí na coreia, tiro a park bom da dispensa e faço vocês duas assinarem de novo com a YG só pra ter as 2NE1 de volta.

  2. Gente acabei de achar minha bias no nugudan e adivinhem só, é uma das avulsas:

    Eu n dava nada por nenhuma integrante q n fosse da trindade do Produce101, mas essa mina q eu n sei o nome é maravilhosa, pena q os cinegrafistas coreanos são péssimos e toda vez q ela abria as pernas a câmera mudava :/

    Ps: Se alguém achar alguma fancam q foque nela vulgarizando por favor compartilha aqui.

    1. Tem essa fancam aqui, mas a qualidade n é a q estamos acostumados vindo de coreanos, mas pelo menos da pra ver ela vulgarizando sem a câmera se distanciar toda vez q ela abre as pernas.

      1. É ela mesmo kkkk
        Depois de dividir tempo de vídeo com a diva do mv de A Girl Like Me (a galinha) e dançar Anaconda fazendo varias vulgaridades no chão virou minha favorita, acabou pra outras, Sally é o anjo de luz do grupo ❤

    1. ISSO TÁ TOSCO DEMAIS!!!!IOI. Mas aí, tá irônico demais ver a revolta hipócrita das armys de 13 anos no twitter pedindo o disband, sendo que o sonho delas é fazer audição na SM e entrar em um grupo de k-pop mesmo sem serem corebas, ou então gente dizendo ” We don’t need Americans in k-pop ” e esquecem completamente que Wendy, Amber, e maise trocentos idols são Americanos. :V

      1. …esquecendo que kpop é uma cópia coreana de ritmos estado-unidense cantado com partes em inglês…
        E esses americanos estão bem fora da curva mesmo, hein? São mais velhos, tem barba, e não tem todo o resto do apelo visual tradicional de grupos coreanos

      2. Na verdade a Wendy não é americana não, ela nasceu na Coréia mesmo, mas fez intercambio pro Canadá bem novinha, ela explicou isso naquele programa que tem uns velho fingindo ser estudantes.

    1. Eu estou entre ok e zzzzz, ao meu ver essa musica funcionaria melhor se fosse em inglês(?), em Coreano não teve nada muito marcante… E que MV pra lá de Sistar, nem parecia um solo da Hyo parecia mais um lançamento do Sistar, especialmente prq esse MV da muitas vibes de I swear, enfim…

      1. Eu não vi nada de sistar nesse MV e muito menos na música, isso dai tá mais pra um daqueles tropical house que mesmo saturado toda semana lançam… @_@
        E eu já não aguento mais essa onda de tropical house, chega!!!

    2. Sistar é meu grupo preferido no kpop todo, mas quem aguenta a Hyolyn solo??? Isso não é ruim, mas é mais uma música meia boca que ela lança solo. Ainda não esqueci Paradise, aqueles saxofones peidando no refrão são uma tortura de ouvir.

      1. kkkkk vendo isso até começo a repensar como ela conseguiu ser a minha primeira bias de girl group com um ato solo. Pois, quando assisti a isso aqui foi amor à primeira vista kkkkk

  3. Eu ia panfletar Wa$$up, mas não vou perder a oportunidade de dizer que Apink estão cada vez mais ricas fazendo abertura de animes mahou shoujo caça-níquel:

    E CHERRSEE estão voltando:

    1. A menina das tranças e cabelo laranja tava no PD101, ela era da star empire, elas estavam pra debutar, que que será que aconteceu? coitada…

      1. N é debut, elas entraram pro elenco de um drama e tão interpretando integrantes de uma girlband, vão lançar single e tudo, mas é só pro drama. Aliás tem até uma integrante do After School junto com elas, fiquei feliz q a Pledis voltou a promover as coitadas msm q individualmente.

  4. Só agora fui terminar de ver o Episode 1 do Produce 101. Eu nunca tinha assistido algo do tipo, então senti a necessidade de compartilhar a minha primeira impressão com vocês.

    Eu achei aquele level test uma tortura. NU’EST é realmente assim, TÃO insignificante, ou é só drama mesmo? Não sei se quero que eles fiquem ou vão logo embora, para me poupar de tanto constrangimento.

    E aqueles trainees?! A maioria muito irritante com aqueles gestos e expressões forçadas, e tudo meio pombo. O único que tive um pouco de empatia foi o Jang Moon Buk (mas eu creio que é por ser um dos poucos que consigo reconhecer naquele emaranhado de falsidade).

    E os treinadores? Na minha opinião as mulheres são as únicas que se salvam. Na verdade, elas que salvam todo o reality (BoA, Cheetah e Kahi). Porque os caras são uns chatos!

    Então, a conclusão é que, possivelmente, continuarei assistindo graças às mulheres e a curiosidade de ver o trabalho duro deste cara.

    1. Eu nem me atrevo a assistir esse troço, e na minha opinião o único que você teve empatia é o mais chato e forçado do programa todo ZzZZzZ…

      Ps: Nessas minhas peregrinações no YouTube, acabei te encontrando em um comentário de um vídeo, foi muita coincidência haha.

      1. HAHAHAHAHAHA jura que me encontrou no YT??? Que horror! Tomara que não seja num dos meus estresses com armies, nem web-dramas asiáticos e tampouco memes do Hotel Trivago T_T.

        Falando nisso, já procurou alguma vez hotel na internet?Desculpe…

        1. Nah, infelizmente não foi comentário falando verdades dolorosas as armys, queria muito ver :V Bom, quero fazer faculdade de turismo, então meio que procurar hotéis online é memo que uma coisa comum pra mimim @-@

    2. NU’EST é nugu e é isso.

      Coreanos tendem a reagir a tudo, é só ver qualquer programa de variedade (mas a MNET ajuda a exagerar fazendo aquelas edições dramáticas).

      Os treinadores, eu só sei os métodos da Kahi e da Cheetah por causa da 1° temporada, nem vi eles ensinando pra ver como que vai ser nessa temporada.

      Moonbok é a estrela.

    1. Não consigo apreciar músicas assim! Só consigo pensar: que morte! Tenho tanto mau gosto para utt bias. Arrependida de ter colocado o nome dele no meu gato.

      Bem, minha teoria é que essa música reflete o sonho do Byun em ter um feat com a Teião, mas a cada vez que as facetas de porcelana dela se destacam esse sonho fica cada vez mais distante… Perceba que essa garota representa a antiga Taeyeon, e toda vez que o Bacon tenta se aproximar ela acaba se distanciando. Tá tão óbvio!

      PS: Foi mal, realmente não manjo das teorias @_@

        1. Tenho que agradecer o pessoal do ship por continuar com a novela kkkk. É mais fácil sair uma nota oficial dizendo “Foi malz, galera, mas meus fãs lunáticos não deixam”.

        2. Calma Carla, ainda não é dessa vez. É só uma teoria da conspiração das fãs que shippam os dois líderes dos maiores grupos da Coréia kkkkk se bem que o G-Dragon poderia pedir um feat da Taeyeon no próximo álbum dele. Já imagino mortes acontecendo.

        3. Fui trollada!!1 Já tinha ido no Google pesquisar e só achei mais outra novela kkkkkk “Já imagino mortes acontecendo”. – Sim, eu tava lendo os comentários. Esse povo é doido #Medo

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s