G-DRAGON lançou uma baladinha meia bomba. É o momento perfeito pro TRATADO SOBRE BALADAS do AsianMixtape!!

Daí que esse começo de semana foi extremamente pitoresco aqui em casa, com oppas traficantes fodões ROUBANDO CABOS DE ENERGIA DO POSTE DA RUA e me deixando sem luz por dois dias. Além de perder coisas extremamente importantes nesse período, como um quilo de bife no freezer e uma coca-cola de 2,5 litros gelada (nem sei qual dos dois me deu mais prejuízo monetário), também perdi algumas coisas menos relevantes, como o obrigatório-tropical-house-de-solista-da-quinzena vindo de Chungha e G-DRAGON voltando com uma faixa com título tão estúpido que eu nem sei dizer se isso é desleixo ou pretensão. Eu iria dar post pra apenas um dos dois porque tenho mais o que fazer (*cof* top2009), e enquanto escrever que Chungha é agradável-mesmo-que-esquecível seria mais rápido, sinto que vocês se divertirão mais comigo cagando em cima disso aqui:

…sério. Que coisa mais básica, rasa e feita nas coxas. E pensar que eu vi gente online dizendo que isso era “lindo” com uma “letra emocionante”, puta merda, as pessoas são muito influenciáveis mesmo. Alguém realmente se comoveu com uma letra genérica dessas de fim de relacionamento, absurdamente impessoal e sem cor alguma? Porque honestamente, você precisa ser muito inexperiente na sua vida afetiva pra se sentir tocado por uma letra tão banal. “Aiiiii, brunoooorgh!!! você naum goxta de balada só de farofa, vc naum sabe apreciar coisa lenta, é super fútil e frio!!”, gritam as fangirls e fanboys.

Mas esse não é o caso, queridos padawans. Eu só tenho parâmetros mais altos quando o assunto é balada. Uma farofa funciona por si só e não precisa de muita coisa pra cativar. Qualquer voz péssima funciona em farofa. Qualquer letra péssima sobre dançar na boate com onomatopeias de ranger os dentes feito CLICK CLACK BADABIM BADABUM funciona em farofa. Então mesmo isso aqui sendo PÉSSIMO, ainda assim dá pra se divertir sem problema algum:

Já com baladas, não é bem assim. Numa balada você DE FATO precisa de um vocalista decente, uma letra que conta uma história, melodias cativantes e um arranjo marcante. Se qualquer um desses elementos está ausente da equação, a balada está fadada ao fracasso, a não ser que um dos outros elementos compense por estar MUITO acima da média. E não é isso que temos em UNTITLED,2014. G-Dragon é um cantor passável. E não há nada de errado nisso. Vejam só, eu adoro Namie Amuro no fim das contas. Mas onde Namie acerta em suas baladas é no fato dela conseguir mascarar sua voz básica e frágil com boas melodias e arranjos que funcionam num crescente, que dão a entender que a música está indo a algum lugar.

Namie mascara suas limitações como vocalista em baladas maximizando os outros elementos da equação, de modo que você nem nota que ela não tem alcance vocal nenhum (rainha ❤ ). Já G-Dragon quer fazer balada só no piano com letra genérica sendo que ele não tem voz o suficiente pra isso e também não consegue imprimir emoção suficiente no que canta, aí simplesmente NÃO DÁ. Pra uma balada no piano tão primária feito UNTITLED,2014 funcionar nessa situação, ela precisaria de um vocalista acima da média. É aí que entram as Mariahs, Christinas e Adeles do mundo.

Adele poderia cantar UNTITLED,2014 e comover a todos, mesmo que a letra narrasse a tristeza dela ao pedir uma pizza portuguesa e esquecer de pedir uma borda de catupiry pra ornar, e ainda assim seria belíssima e emocionaria a todos. Isso porque a voz de Adele faz o trabalho de emocionar praticamente sozinha, então uma balada no piano simplesmente funciona com ela. Agora, se SELENA GOMEZ ou ANITTA (ou G-Dragon) cantassem Someone Like You, a faixa seria uma porcaria. Uma balada no piano simples assim requer um tremendo vocalista, e não é isso que temos aí. Mas infelizmente o povão ainda sente que precisa mentir pros outros e pra si mesmos dizendo que uma bobagem feita nas coxas igual UNTITLED,2014 emociona, pra tentar parecer mais profundo ou sei lá. Saiam dessa, galera.

Repetindo o que eu disse sobre Namie ali em cima: um cantor passável pode sim lançar baladas, porque todo catálogo que se preze tem que ter uma power ballad pro pessoal balançar celular/lightstick/vibrador no ar no clímax da turnê. Mas aí vai do cantor entender suas limitações e turbinar o arranjo, letra e melodia da balada pra sanar suas limitações. Notáveis exemplos disso em ação:

Taeyeon acha que seu alcance vocal é o suficiente pra segurar uma balada, então ela lança chatices feito 11:11. Já Tiffany lançou uma faixa melancólica e atmosférica narrando o local em que ela e seu homem se separarão de vez. Muito mais impactante.

Atsushi não tem lá muito alcance vocal e mimimi, mas ele tem uma voz bonita e instantaneamente reconhecível, e o principal: ele sabe imprimir emoção habilmente, então mesmo que você não entenda porra nenhuma de japonês, a voz dele deixa óbvio que BLUE DRAGON é uma música de decepção amorosa (agora escutem UNTITLED,2014 e tentem entender que emoção G-Dragon quer passar só pela voz dele).

Essa aqui não é uma balada por assim dizer e é mais um R&B mesmo (ela até dança no clipe, né), mas as definições de balada hoje em dia estão TÃO CINZENTAS que vai entrar aqui no balaio só porque eu adoro essa música e nunca perco uma chance de postar vaG.NA chorando as pitangas porque ela sabe que seu homem estará melhor se ela se afastar, que o problema é ela.

Além desses exemplos aí, também temos todas as décadas de Namie cantando balada, é claro. Mas talvez os melhores exemplos de baladas são aqueles em que temos uma confluência certeira de elementos, em que cantor é bom e imprime emoção, o arranjo e as melodias são lindas e a letra ainda é marcante, pra arrematar. Daí acabamos com coisas tipo:

Utada explicando porque a vida é agridoce após um término de namoro acaba com G-Dragon e todas as OSTs estéreis do k-pop sem dificuldade alguma.

Ivete rainha nacional lacrante acabando com Taeyang ao se autodeclarar um sol. Quem vocês preferem sendo o sol, ele ou ela?

Nessa aqui Adele faz você ter o ímpeto de querer se reconectar com alguém, mesmo que você seja uma pessoa bem resolvida e não tenha assuntos inacabados nem com ex-chefe. Linda linda linda.

Essa aqui talvez choque alguns ao ser classificada como balada, porque puristas acham que balada TEM QUE ser com piano/cordas/orquestra, mas isso foi jogado pela janela na década de 10, que redefiniu power ballads ao misturar elementos eletrônicos no balaio. Seja na versão original ou na acústica, essa aqui é facilmente uma das melhores baladas do século XXI até aqui, acertando em cheio em todos os quesitos.

Então vamos recapitular: eu não odeio baladas. Eu só tenho parâmetros quando o assunto são baladas. Então eu não me sinto obrigado a aceitar uns trecos aguados feito UNTITLED,2014 e Spring Day quieto só porque seu bias escreveu e pra você isso é o suficiente. Pra mim, não é. Flwvlw.

PS.: T-ARA vem hoje a noite, mais tardar amanhã. Abraços.

Anúncios

240 comentários em “G-DRAGON lançou uma baladinha meia bomba. É o momento perfeito pro TRATADO SOBRE BALADAS do AsianMixtape!!

    1. Kyungri, a maior pistoleira que você respeita!!!!!11
      Ainda não entendi como Keumjo fugindo assustada, Hyemi sendo vampira, Sojin sendo belíssima desfrutando da piscina e agora Kyungri matando o boy vai se encaixar no produto final @_@
      A não ser que sejam só teasers de outras músicas do álbum

        1. Acho meio difícil, mas seria muito icônico se fosse um vídeo álbum, esses teasers com conceitos diferentes me faz crer que esse comeback terá uma daquelas historinha para os fãs decifrar, só sei que eu to no hyper, as musas não decepcionam

    1. O sertanejo que eu ouvia na infância…tomando café, olhando o pessoal tirar leite no curral enquanto o sol nasce …e pensar que isso morreu, e o que eles chama de sertanejo é só um pessoal cantando sobre carros e mulheres em um som eletrônico, com um pessoal usando um chapéu pra fazer cosplay de caipira…

      Vocês da cidade, ou que nasceram depois dos anos 2000, nunca vão entender o desgosto que isso dá!

      Ouçam essa letra ❤ REIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      PS: Antes de enaltecer high note de suas bias, lembrem que galopeira existe!!!!!!

    2. Untitled, 2014 (por mim, deve ser o ano que ele terminou com todo-mundo-sabe-quem) é bem básica. Tem um clímax muito bom, mas ela se mantém neutra na maior parte do tempo.
      Bullshit iria ser título, mas depois do que aconteceu com o parceiro de grupo, parece que ele optou por coloca-la de lado. Provavelmente ele iria lançar os dois MV.
      Superstar e Middle Fingers Up são minhas favoritas. Principalmente pq as letras ficam mais irônicas nos instrumentais primaveris e divertidos das duas (as duas são muito bem produzidas e aparentemente despretensiosas).
      Fim da resenha. Comentário de fā há 8 anos:
      O Bruno já reclamou do G-Dragon e YG ser pretensiosa em colocar arte ou significado em algo tão efêmero quanto o pop. Mas no pop, sempre tem que existir os vanguardistas, em qualquer lugar do globo. Os que estão na linha de frente para levar as esporadas e as críticas mais severas. G-Dragon é um deles. Pena ele ir para o exército sem um novo full album. Não vai rolar, ele já está só o palito de tão magro. Senti falta de uns feats. Espero que ele apareça em mais alguns álbuns de outros artistas dps de fechar a World Tour e antes de 2018.

      1. PS.: “O Bruno já reclamou do G-Dragon e YG ser pretensiosa em colocar arte ou significado em algo tão efêmero quanto o pop.”

        eu digo que eles são pretensiosos por DIZEREM fazer isso quando passam longe, é essa a definição da palavra, não? Eu não tenho problema com alguém colocar significado em algo, vide meu apreço por IU, por exemplo. A YG vende a ideia de que eles fazem música com significado, quando eles obviamente não fazem. Isso é ser pretensioso, e pra isso eu não tenho paciência. @_@

  1. Outra idol que é totalmente treinada pra ser um robô, mas consegue passar uma emoção FODIDA nas musicas é a JiEun do secret, pra mim Don’t look at me like that é uma das melhores baladas do kpop em si, a melancolia que ela passa é magnífica:

    (Espero que incorpore)

  2. O Kyuhyun não compõem as próprias músicas (lembro de um ou duas da autoria dele em parceria com alguém, talvez), ele apenas escolhe aquelas que iriam agradar o público coreano que compra os ritrovil que ele canta (recado: ELF, Kyuhyun não dá um foda para vocês quando ele lança aquelas boring songs, e sim para donas de casa e homens de negócio já na faixa dos 35-40 anos porque são eles quem compram as músicas dele). E eu não sei o porquê mas eu gosto daquele 2º álbum solo dele, talvez porque ele canta sobre as folhas de outono que caem das árvores e não sobre o par de chifres que nunca veio…
    Eu gosto do Ryeowook cantando (a experiência no KRY fez muito bem a ele), mas sempre me decepciono quando ele canta ao vivo porque é completamente diferente do áudio em estúdio. É como se ele esquecesse toda a técnica de sustentação e projeção de notas e o tom não encaixa com a melodia. Eu espero que note isso e cuide-se para evitar o desenvolvimento de nódulos nas cordas vocais.
    Sobre o Sungmin, mesmo eu sendo fã dele eu tenho que concordar com o que você escreveu, porque ele tem uma voz classificada como “doce” (qual eu gosto) mas ela é fraca e ele tende a cantar em uma zona de conforto – assim como o Kyuhyun. Acrescento que Sungmin cantando enquanto toca violão é um dos entretenimentos mais adoráveis que eu tive oportunidade de ver.
    Sobre Yesung: ele pode cantar músicas do Mundo Bita que provavelmente eu irei chorar. A voz dele desperta o emo que existe dentro de mim.

  3. To tentando organizar meus pensamentos visto que mal dormi nesse dia lindo, mas são muitas sensações depois desse texto para traduzir em palavras.
    Bom, primeiro que… Ou GDragon escreveu todas as letras da vida dele nos mesmos dois términos, ou ele namorou 15 mil garotas e só faz ser largado/terminar/sofrer (to ficando preocupada com ele tadinho), ou ele decidiu seguir carreira com tema de termino porque viu que “funciona”… Letra vazia ele faz varias e sobre tudo, mas funciona nas batidas do tipo “eu sou um bom garoto”… mas sei lá, eu nem vi essa letra pra opinar, só achei meio chata de cara mas eu sou mestre em mudar de ideia depois de ouvir a musica em 15 mil programas/fanvideo/covers, então… vou só me ater ao fato de uma balada toda com a voz dele me faz ficar fanha imediatamente no final, funciona com if you que tem umas quebras com os outros cantando feito gente, e até em last dance mesmo me irritando um pouco… mas ok.
    Mas dizem que essa não ia ser a faixa principal, ele trocou por conta do drama do TOP, então nem sei, queria ver a outra.
    Sei lá como opinar, ouvi só uma vez, nem sei se inteira deve fazer uma semana (nem lembro mais quando lançou, mas foi por aí), vim só marcar presença e dizer que ri muito com a postagem mesmo.
    Adoro gastar meu tempo escrevendo asneira para os outros perderem tempo lendo, é isso, resume meu comentário.

    1. Numas fotos q o YG postou, Untitled ia ser o terceiro MV, mas a faixa principal era Bullshit, acho q decidiram lançar a menos agressiva por conta do drama todo mesmo, as outras duas na minha opinião são mais fortes como single

  4. Baladeiros na YG favs eu gosto da Lee Hi, Daesung e June (quando ele canta baladas). Baladas não são exatamente o forte da YG. Eyes, Nose, Lips: a balada mais forte e icônica dela até hj tem uma letra simples. Bonita, bem construída, mas simples.
    Em baladas, eu gosto muito das melodias de cortar o peito do Tablo.

    Tem gente que não gosta da voz do G-Dragon. Eu gosto. Como o Bruno disse, é mediana. Já vi vocalistas mais nasais que o G-Dragon. Main vocal de alguns grupos por aí, aliás.
    Gosto muito de That XX, a mais nasalada dele provavelmente, mas ela tem uma pegada acústica, só no violão, gostosinha. Minha favorita ainda é Without you com a Rosè do BlackPink. Só não é uma balada lenta, o refrão é meio rock. Acho que Untitled, 2014 é a primeira vez que vejo ele pegar uma balada tão lenta all by himself.

  5. Como que Bruno-chan esquece de postar Can you Cerebrate? no top das baladas mais ou menos xaropes de todos os tempos.
    Colocando essa do Live Style 2006 pq é a melhor dessa música disparado e tá anos no youtube sem a Avex derrubar. Um RECORDE!

      1. Mas procura um video de uma tour live dela…podem até postam e vc ode até achar. Mas não dou um mês pra AVEX tirar até o CANAL do dito cujo que postou tudo. Eles bloqueam mesmo…

        ah e pv tem até os tempos de Girl Talk e WMWM no canal oficial dela…

    1. Porque postar o live quando temos o vídeo oficial no canal com a voz dela um pouquinho melhor e com ela em pé por 6 minutos num vestido de noiva com cara de cu?

      Por sinal eu amo Can You Celebrate, tipo a música tem mais de SEIS FUCKING MINUTOS, é bem datada, sem falar que a letra é super simples, embora fofinha, e tem umas rimas super básicas, mas ela tem um charme inegável que me faz adorar ela.

  6. Não sei se todas as faixas que eu coloquei aqui são baladas, mas se forem, essas são as que eu mais gosto.
    10 SECONDS – AOA
    ALL MY LOVE IS FOR YOU – SNSD
    BABY STEPS – SNSD-TTS
    BLACK – GD FEAT. SKY FERREIRA
    BODY TALK – RED VELVET
    BREATHE – LUNA
    FINE – TAEYEON
    GOING CRAZY – JI EUN
    GOODBYE SUMMER – F(X) FEAT. D.O
    HURT – EXO
    I’M FINE THANK YOU – LADIES’ CODE
    IN THE CLUB – 2NE1
    IRON GIRL – HATFELT
    LONELY – 2NE1
    LOVE AGAIN – GIRL’S DAY
    LOVE YOU TO DEATH – TAEYANG
    ROSE – LEE HI
    THEY NEVER KNOW – EXO
    TIME MACHINE – SNSD
    WHAT IS LOVE – EXO
    WAVE – BEG
    DON’T GO – EXO
    BE A MAN – MBLAQ
    DON’T WANNA A DRIVE – EXID
    EVERY NIGHT – EXID
    LOST CHILD – IU
    RAIN SOUND – B.A.P
    TIME AND FALLEN LEAVES – AKMU
    MELTED – AKMU
    MOONLIGHT – EXO
    BABY DON’T CRY – EXO
    DON’T LOOK AT ME LIKE THAT – JI EUN
    FALSE HOPE – JI EUN

  7. Cara, essa música foi… Ok
    Ela n é ruim, mas tbm n é boa, é fraca e nem era p ser a main tittle, na vdd eles promoveram o comeback como sendo Bullshit e depois largaram Untitled 2014 no youtube e tchau (reza a lenda q ainda vão soltar mais dois mvs)
    O album físico “inovador” em forma de USB ta dando um problemão e sei la n achei legal, mas vida q segue
    As outras faixas do album eu achei bem legais, divertidas apesar de ser ele repetindo como é rico e solitario em tds elas

  8. ”Então vamos recapitular: eu não odeio baladas. Eu só tenho parâmetros quando o assunto são baladas. Então eu não me sinto obrigado a aceitar uns trecos aguados feito UNTITLED,2014 e Spring Day quieto só porque seu bias escreveu e pra você isso é o suficiente. Pra mim, não é. Flwvlw.”
    Mas uma vez Bruno falando tudo o que eu penso,não consegui ouvir 30 segundos da música do gd,vou voltar a ouvir That XX mesmo porque apesar da voz anasalada dele,eu realmente gosto da música.
    os links com baladas superiores,adorei❤
    ps : Taeyeon tem uma balada que preste no catalogo dela :

  9. Não consigo suportar a voz do GD cantando, só consigo ouvir as baladas dele/do BigBang se ele não cantar ou se for na voz de outra pessoa, tipo essas delícias aqui:

    Hatfelt maravilhosa

    Essa tia chinesa famosa com a voz maravilhosa com o coreano cheio de sotaque

  10. Eu curti mto o mini álbum, e gostei dele ter se aventurado a cantar uma balada com a voz não tão potente, ficou bonito, uma pena vc n apreciar isso Bruno =P
    Tem músicas mais chatas que ele já lançou e por incrível que pareça, lançar Untitled 2014 foi melhor por conta do escândalo todo com o T.O.P.
    Minhas faves são BULLSHIT, SuperStar e Divina Commedia.

    Ps.: Acho tb que o ano 2014 estar presente tanto na música quanto no USB tem a ver com vc sabe quem né? =O

    1. “cantar uma balada com a voz não tão potente, ficou bonito, uma pena vc n apreciar isso Bruno =P”

      Não ter voz potente não impede ninguém de cantar baladas, achei que tinha deixado claro isso no post com os exemplos de Namie, Tiffany, Atsushi, etc. Cabe ao cantor reconhecer suas limitações e adaptar seu trabalho a isso, e G-Dragon evidentemente não fez isso. Ele não tem cacife pra uma balada tão crua quanto essa que ele tentou fazer, só não funcionou com ele.

        1. olha quem fala…é reveluv e quer criticar as rainhas, amor signal SOTY só aceita que doi menos tá? e KKKKKKK quero ver aquele aborto chamado lookie lookie funcionar, já desejando que o comeback girlcrush hip-hop da sua favorita consiga miseraveis 300k de dls e 40k de album sales, bjs.

    1. ruim é a discografia da sua fave sua thrice sm stan recalcada, TWICE rainhas do japão vão distronar akb48 e logo depois irão fazer comeback coreano maduro e divo mostrando pra gfriend como amadurecer seu som e seu conceito sem flopar com 500k de dls.

  11. eu morro de preguiça de baladas pq, infelizmente no geral, elas não passam de um amontoado de letras/vozes vazias/sem emoção acompanhados de uns pianos/violinos bem “genéricos”, principalmente no capope. mas se vc der uma boa procurada vc acaba achando uma ou duas baladas bem bacanas, como ex:

  12. Acho que minha balada favorita do k-pop é essa, emoção que a Yeeun passa nessa música>>>>>>>>>>

    Essa aqui é maravilhosa também, um crime o Bruno ter esquecido de colocar no top de 2015!!

  13. como as coisas são engraçadas, eu nunca tinha ouvido essa balada da Utada na vida, aliás nem sei se já tinha ouvido qualquer coisa da Utada, aí essa semana não sei porque, essa música brotou nos grupos do face, é OST de Hana Yori Dango parece, ouvi ela umas 3 vezes já, e hoje novamente topo com ela aqui kkkkk vai ver é porque está na hora de me render ao lado japonês de força.

    1. Essa música está em alta na comunidade jpopeira, por que completa 10 anos esse ano, e estamos flodando ela em todo lugar na internet pra evangelizar as almas das pessoas em nome de Utada!

  14. Agora abriu meu entendimento pra baladas( e que chato que vc passou o tempo sem mexer na net e estragaram teu bife, odeio quando falta energia e as frutas ficam estranhas 😐)
    Enfim, não gosto muito da voz dele porque tenho sempre a sensação que ele da uma forçada pra ficar sei lá. Achei a música bem sem sal e esquecível 😘 mas vai dizer isso pros outros que acham que é tiro e lacre ZzzZzz mas gostei da sua explicação a ideia de balada em piano eu já tinha uma ideia mesmo. Eu desde sempre nunca fui fã de baladas, antes mesmo de conhecer o kpop na época dos rock trevoso eu odiava quando a minha banda favorita inventava de cantar balada, salvo poucas que gosto, justamente pelas vozes não transmitir nada e serem sonolentas ou simplesmente irritante. Até essa música da Ivete acho bonitinha nem sabia que era balada 😁

  15. “Adele poderia cantar UNTITLED,2014 e comover a todos, mesmo que a letra narrasse a tristeza dela ao pedir uma pizza portuguesa e esquecer de pedir uma borda de catupiry pra ornar, e ainda assim seria belíssima e emocionaria a todos.”

    SOFRÊNCIA POR PIZZA, QUEM NUNCA? HAHAHAHAHAHAHA

COMENTÁRIOS:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s