O debut de PRISTIN não é perfeito, mas mostra potencial.

A Pledis fez tudo bonitinho pro debut de PRISTIN (tirando esse nome): montou o line-up predominantemente com as trainees conhecidas do PRODUCE 101, deu pras meninas que não venceram o programa um buzz single (uma bosta, claro, mas cumpriu o propósito de mantê-las vivas na memória), respeitou o curto ciclo de vida de IOI e esperou o grupo dar disband antes de debutar PRISTIN, não desgastando Nayoung e Pinky e mantendo a fidelidade e apoio da fanbase de IOI (comparem com a lambança que foi o debut corrido de Nugudan). Todas as peças estavam no lugar certo para um debut icônico, e a Pledis não decepcionou.

Continuar lendo “O debut de PRISTIN não é perfeito, mas mostra potencial.”

God’s Day lança calendário do comeback. Agora não dá pra adiar mais. <3

God’s Day adiou e atrasou tanto seu novo comeback (era pra ser em junho de 2016, passou pra agosto, depois pra setembro, depois pra janeiro de 2017 e agora estamos em março) que eu já estava quase como Minah no versículo bíblico que abre Something e mandando um “TU NÃO OLHA NA MINHA CARA E MINTA DE NOVOOOOORGGH” pra porra da Dream Tea Entertainment. Mas eis que saiu o calendário do comeback e agora não tem mais volta, contagem regressiva de DEZ DIAS PRO RETORNO está oficialmente iniciada:

Continuar lendo “God’s Day lança calendário do comeback. Agora não dá pra adiar mais. <3”

LOOΠΔ não está debutando uma integrante por mês durante doze meses, mas a sub-unit ⅓ compensa.

Vocês sabiam que a girlband LOOΠΔ está debutando uma integrante por mês durante doze meses? Não sabiam??? Poisé, isso está rolando desde setembro, quando a líder HeeJin foi revelada. Desde então, o futuro grupo revelou uma integrante por mês com um single solo… ou ao menos foi o que rolou até janeiro, já que em fevereiro LOOΠΔ fez a YG e atrasou o lançamento, não revelando uma minazinha aegyo com um clipe filmado na Bielorrússia ou sei lá onde. E ainda por cima quando março chega eles vão lá e lançam sub-unit ao invés de dar solo pra novata da vez? QUE PORRA É ESSA??? Eu não sei vocês, mas isso apitou meu TOC aqui violentamente, como assim??? NADA PODERÁ APLACAR MINHA FÚRIA E

Continuar lendo “LOOΠΔ não está debutando uma integrante por mês durante doze meses, mas a sub-unit ⅓ compensa.”

PRODUCE 101 está de volta, agora tentando recriar a magia com manos. #pingmeup

PRODUCE 101 finalmente retornará pra grade da Mnet dia 7 de abril, apresentando a criação do I.O.I de calças. Ainda não sabemos se o programa manterá 11 vencedores como na temporada original, mas a ideia de que os “produtores da nação” escolherão os integrantes, nomes e conceito do grupo se manterá. A diferença é que agora os produtores da nação não são oppas e ahjussis trintões suados introvertidos e frustrados sexualmente com tara em lolitas colegiais, mas sim ahjummas e unnies suadas e introvertidas e frustradas sexualmente com tara em lolitos colegiais. Tudo mudou, mas nada mudou, basicamente. Enfim, Ping Me Up Dois:

Continuar lendo “PRODUCE 101 está de volta, agora tentando recriar a magia com manos. #pingmeup”

Lollin’ é o melhor single das Brave Girls até hoje e ponto. 2017>>>

Daí que as Brave Girls voltaram segunda-feira basicamente ao mesmo tempo que GFRIEND. E como eu havia ouvido o single de Géssica primeiro e adorado, preferi segurar um dia ou dois antes de ouvir Rollin’, pra realmente aproveitar Pingotip antes de jogar outra coisa promissora no balaio surpreendentemente bom do k-pop esse ano. Mas agora eu já ouvi Rollin’ e posso dizer sem sombra de dúvidas que esse é o melhor single delas nesses seis anos de vida:

Continuar lendo “Lollin’ é o melhor single das Brave Girls até hoje e ponto. 2017>>>”

Géssica e suas amigas viram paquitas psicopatas na excelente Fingertips. #2017rainha2016nadinha

2017 está sendo ótimo pra stans de girlbands como eu. Em pouco mais de dois meses já tivemos quase uma dezena de faixas ótimas: AOA e sua Essekyuzeme, Dreamcatcher góticas suave, o revamp de CLC, Lookie Lookie das Red Velvet, Lovelyz, nugudan, Melody Day… e o melhor, todas essas faixas foram bem diferentes entre si, mostrando que não foi só a qualidade que subiu, mas também a diversidade da cena capopeira. Será que o k-pop está se regenerando após o sofrível 2016? Será que Géssica e suas amigas também farão sua parte nessa escalada de qualidade???

Continuar lendo “Géssica e suas amigas viram paquitas psicopatas na excelente Fingertips. #2017rainha2016nadinha”