Num mar de nada, APRIL ainda assim não anima na bem executada, mas pouco entusiástica “The Blue Bird”

Eu não sei exatamente o que está acontecendo esse mês no k-pop, mas desde as Olimpíadas de inverno parece que praticamente nenhum grupo relevante deu as caras, e os que apareceram não empolgaram. Presente para os fãs pré-hiato do Big Bang? Caguei. Nova musiquinha das Cosmic Girls? Caguei. 4575665y45457564∞ singles do NCT? Caguei ao quadrado. Acho que a única coisa que me empolgou no k-pop nessas últimas semanas foi o novo single de Mamamoo mesmo, e olhe lá. E mesmo com todo esse marasmo e meus padrões caindo consideravelmente atrás de qualquer coisa nova pra passar o tempo, o novo single do APRIL ainda assim não me empolgou:

Continuar lendo “Num mar de nada, APRIL ainda assim não anima na bem executada, mas pouco entusiástica “The Blue Bird””

Anúncios

MIXTAPE – SETEMBRO’17

Daí que esse fim de semana o modorrento setembro finalmente terminou sem deixar muitas saudades. Isso que agosto havia sido um dos meses mais fortes de 2017 até aqui, cheio de bops que eu não consigo parar de ouvir até hoje. Setembro em comparação foi bem meia boca, com pouquíssima coisa de destaque, tanto que eu nem consegui completar vinte faixas pra essa playlist. Veja se sua favorita deu as caras ou não após o corte!

Continuar lendo “MIXTAPE – SETEMBRO’17”

MIXTAPE – MAIO’17

E finalmente chegou a hora da mixtape de maio acontecer. Mês passado foi relativamente inusitado, e consequentemente a playlist também está longe do habitual. Praticamente metade dela é japonesa, após a total ausência do Nihon mês passado; e a outra metade ou é solista ou boyband. Honestamente, rolou algum comeback de girlband em maio tirando o adeus de Xisuta, April e TRYING TO LET YOU KNOW XIGNÔL BONÉ SIGNAL BONÉ? Porque se teve eu nem lembro mais.

Continuar lendo “MIXTAPE – MAIO’17”

APRIL despacha Sawori pra geladeira da DSP em novo single puro e inocente (e água com açúcar).

Daí que todos sabíamos que April iria voltar #revamped nesse começo de 2017, com a eterna debutante Chaekyung e uma pirralha chamada Raquel de suplentes para Somin e a desistente que eu nem lembro o nome. Mas o line-up não é a única coisa relacionada a April a sofrer mudanças drásticas para a recalibração do grupo. A DSP também sumiu com os conceitos inocentes alegres (e ridículos) tipo o fadinha concept da icônica Tinkerbell e o Alpes Suíços concept da horrível Dream Candy, optando por diluir o diferencial de April (o trash) e transformá-lo num grupo 100% white aegyo de estudantes de colégio de freira feito Lovelyz e GFRIEND. Funcionou?

Continuar lendo “APRIL despacha Sawori pra geladeira da DSP em novo single puro e inocente (e água com açúcar).”

TOP100 MELHORES MÚSICAS DE 2016 (PARTE 2: 85° – 71°)

Após um impactante início em que todos se perguntaram se de fato houveram cem faixas decentes em 2016 pro top de fim de ano do ASIAN MIXTAPE ter tantas posições assim, chegou a hora de cortar mais quinze faixas e aproximar todos vocês mais um pouco da melhor. música. do. ano. Será que alguém acertou as duas faixas japas e as duas de boyband presentes nessa parte? Será que vai ser NU’EST? Será que mais drama envolvendo PRODUCE101 infestará os comentários?? Descubram agora!!

Continuar lendo “TOP100 MELHORES MÚSICAS DE 2016 (PARTE 2: 85° – 71°)”

Minha requisitada opinião sobre K.A.R.D, o grupo misto da DSP em que Youngji debutará de novo, está aqui

Hoje tive um momento de realização impressionante. Notei que meu blog está no ar a tempo o suficiente agora pra que carreiras já estabelecidas tenham sido noticiadas aqui desde sua concepção. No caso, estou falando de ❤ anjo de luz Youngdeus ❤ que eu por sinal não botava fé nenhuma em KARA Project, e na minha review do primeiro episódio disse que ela deveria DESISTIR DA CARREIRA e deixar uns CVs na Renner e C&A, porque a vida idol não ia rolar. Daí ela ganhou o programa e eu aceitei calmamente sua entrada no KARA igual Gyuri/Vesga/Hara. Daí eu fiz a volta e comecei a idolatrá-la por estar em Roomate e ganhando dinheiro com CFs, chorei lágrimas de sangue quando KARA acabou e rapidamente aprendi a apreciar a nova carreira de Youngji como veterana aposentada de girlband cheia de notinhas esdrúxulas no tudocapope (mesmo com apenas dois anos de carreira). Mas lá no fundo eu queria mesmo era que a DSP enfiasse ela como líder de uma nova girlband com as outras trainees da agência que já sofreram mais que Maria do Bairro nos últimos anos, e pelo visto eu vou ganhar meu desejo…………………..pela metade:

Continuar lendo “Minha requisitada opinião sobre K.A.R.D, o grupo misto da DSP em que Youngji debutará de novo, está aqui”