Pacotão de Oppas (25/11): SHINee, BAP, VIXX e vários outros oppas comentados pra vocês!

Bem, esse post deveria ter ido ao ar hoje de manhã, mas como a YG resolveu ~~chocar a todos revelando o disband de 2NE1, acabei por segurar o novo (e último do ano) pacotão de oppas pra noite. Então chegou a hora de curtir a black friday ouvindo música ruim de boyband e tentando descobrir qual boyband teve o. melhor. comeback. do mês de novembro. Será que foi seu bias? Ou algum nugu que ninguém se importa? Descubram agora, começando com o competidor mais high profile do pacotão, SHINee:

[SHINEE – TELL ME WHAT TO DO]

Continuar lendo “Pacotão de Oppas (25/11): SHINee, BAP, VIXX e vários outros oppas comentados pra vocês!”

MIXTAPE – AGOSTO’16

Muitos de vocês obviamente nem acreditavam mais que isso iria acontecer, já outros provavelmente sequer lembram dos lançamentos de agosto, visto que setembro já acabou praticamente. Mas como o ASIANMIXTAPE tem mais determinação. que. T-ARA, eu não iria deixar vocês na mão e estou aqui para dividir com vocês algumas das minhas faixas favoritas lançadas em agosto. Confiram a playlist abaixo. @_@

2016-08a

Continuar lendo “MIXTAPE – AGOSTO’16”

MIXTAPE ESPECIAL – DUBLÉ SIDEKICK

E chegou a hora de mais uma mixtape temática do ASIANMIXTAPE dedicada aos grandes nomes por trás do k-pop. Após apreciarmos os lados red e velvet de BRAVE BROTHERS com suas farofas e midtempos sensuais, após termos nossas mentes devastadas pelo retrô dramático de SWEETUNE e pela versatilidade de SHINSADONG TIGER, chegou a hora de dedicar uma mixtape aos freelancers rookies que desde 2012 vem dominando a cena capopeira e roubando vários contratos que outrora iriam automaticamente para o Brave Brothers, eles… DUBLÉ SIDEKICK.

Formado no começo de 2012 pelo compositor Chance (que desde 2010 vinha assinando várias b-sides sozinho) e pelo letrista Park Jang-geun, o selo “Dublé Sidekick” (ou ainda “Double Sidekick” e “Idanyeopchagi“) foi criado por Chance para assinar o quarto mini de MBLAQ, que havia sido oferecido para ele no fim de 2011. Desde então, o duo criou sua própria agência, a Dublé Kick Entertainment, e passou a incluir mais produtores escrevendo sob a alcunha “Dublé Sidekick”. Por conta disso, o som de Dublé Sidekick é bastante diverso, variando entre estilos bem mais do que a maioria dos compositores. Entretanto, desde o início de suas atividades em 2012, um conceito específico veio a se veicular ao grupo: como vocês verão a partir de agora, este é obviamente o verão concept que tantos amam/odeiam. Cliquem no play aí embaixo e sejam felizes! @_@

Continuar lendo “MIXTAPE ESPECIAL – DUBLÉ SIDEKICK”

MIXTAPE – NOVEMBRO ’15

E eis que a mixtape de novembro (feat. primeira semana de dezembro) finalmente está aqui, podem relaxar agora pessoas me assediando nos comentários obrigado por terem esperado pacientemente enquanto eu trabalhava diligentemente no Dragon Age Inquisition na criação da playlist. Como sempre, as músicas se encontram num link esperto ao final do post, porque eu ainda não encontrei um meio de apresentá-las por streaming sem deixar as mixtapes incompletas. Se alguém tiver alguma sugestão, agradeço desde já! Pros outros, venham em frente pra um dos melhores meses do ano. @_@

Continuar lendo “MIXTAPE – NOVEMBRO ’15”

B.A.P retorna do limbo com seu característico rap-rock em Young, Wild & Free.

Eu honestamente achava que B.A.P estava acabado depois do épico episódio em que eles processaram a TS Entertainment por receberem menos que um professor do estado nos três anos desde o debut. Mas de alguma maneira o grupo não acabou e também não saiu da TS tipo BEG saindo da Nega Network, visto que estamos diante de um comeback (molharam bem a mão deles pelo visto, bom pros seis). Pra ser honesto, B.A.P nunca foi muito minha praia por eles flutuarem entre os badass concept e uns aegyo inexplicáveis como se não fosse nada demais, algo tão absurdo que só fangirls conseguem lidar. Mas eu sempre achei que eles ainda assim tinham coisa boa no catálogo (tipo o debut com o paquita dark concept ou aquela do LOOF ON FIRE), e essa nova definitivamente é uma delas:

Continuar lendo “B.A.P retorna do limbo com seu característico rap-rock em Young, Wild & Free.”

TOP70 MELHORES MÚSICAS DE 2012 (PARTE 2: 55° – 41°)

Bem, cá estou eu com a segunda parte do TOP70 retrô de 2012. Se na primeira parte as coisas estavam mais kpop-cêntricas, nessa aqui eu acabei pesando a mão no j-pop, então arigatou desde já capopeiros mente fechada que não toleram um pouco de japonês em suas vidas. Pros outros, corram aí pra ver se sua favorita já rodou ou se ela nem vai dar as caras por culpa de uma gata indie que vendeu duas mil cópias físicas em 2012. ❤

Continuar lendo “TOP70 MELHORES MÚSICAS DE 2012 (PARTE 2: 55° – 41°)”