MIXTAPE ESPECIAL – DUBLÉ SIDEKICK

E chegou a hora de mais uma mixtape temática do ASIANMIXTAPE dedicada aos grandes nomes por trás do k-pop. Após apreciarmos os lados red e velvet de BRAVE BROTHERS com suas farofas e midtempos sensuais, após termos nossas mentes devastadas pelo retrô dramático de SWEETUNE e pela versatilidade de SHINSADONG TIGER, chegou a hora de dedicar uma mixtape aos freelancers rookies que desde 2012 vem dominando a cena capopeira e roubando vários contratos que outrora iriam automaticamente para o Brave Brothers, eles… DUBLÉ SIDEKICK.

Formado no começo de 2012 pelo compositor Chance (que desde 2010 vinha assinando várias b-sides sozinho) e pelo letrista Park Jang-geun, o selo “Dublé Sidekick” (ou ainda “Double Sidekick” e “Idanyeopchagi“) foi criado por Chance para assinar o quarto mini de MBLAQ, que havia sido oferecido para ele no fim de 2011. Desde então, o duo criou sua própria agência, a Dublé Kick Entertainment, e passou a incluir mais produtores escrevendo sob a alcunha “Dublé Sidekick”. Por conta disso, o som de Dublé Sidekick é bastante diverso, variando entre estilos bem mais do que a maioria dos compositores. Entretanto, desde o início de suas atividades em 2012, um conceito específico veio a se veicular ao grupo: como vocês verão a partir de agora, este é obviamente o verão concept que tantos amam/odeiam. Cliquem no play aí embaixo e sejam felizes! @_@

Continuar lendo “MIXTAPE ESPECIAL – DUBLÉ SIDEKICK”

TOP100 MELHORES MÚSICAS DE 2014 (PARTE 1 – 100°-86°)

E eis que 2014 está acabando (e com isso esse blog daqui a pouco já faz um ano de vida, passou muito rápido), então chegou a hora da minha épica lista de melhores. músicas. do. ano. Pra quem não viu meu top50 do ano passado, só visitar a categoria BEST OF 2013 que todos os posts estão lá. Mas pra 2014, como me dediquei muito mais a porcarias asiáticas, expandi a lista para cem posições, de modo a abarcar diferentes gêneros e mais atos… e se mesmo com 100 posições sua favorita AINDA ASSIM não entrar na lista, é porque ela é irrelevante e/ou teve um ano de bosta. 

Continuar lendo “TOP100 MELHORES MÚSICAS DE 2014 (PARTE 1 – 100°-86°)”

MIXTAPE – MAIO’14

Após dois meses pavorosos e com pouca coisa que prestasse, maio chegou com uma avalanche de coisa boa em todos os gêneros e fronts (tirando no mandopop, porque Jolin Tsai cagou com tudo). Então aí vai uma seleção do que teve de melhor nesse mês pra vocês. @_@

Continuar lendo “MIXTAPE – MAIO’14”

Jiyeon finalmente debuta com “Nébô Ébô [1min1seg]”. Preparem-se pro k-hate. <3

E eis que após muitos atrasos e muita expectativa por TODOS os lados (mais dos antis do que dos fãs até, afinal, todos adoram ter do que reclamar), JiYeon finalmente debutou solo com “Never Ever [1min1seg]”, que deve ser o pior título possível pra alguém que não consegue pronunciar “v” direito, né, JiYeon? 

Continuar lendo “Jiyeon finalmente debuta com “Nébô Ébô [1min1seg]”. Preparem-se pro k-hate. <3″

Duas das bullies de T-ARA farão debuts solo. K-Internautas preparados para o combate.

Hyomin e Jiyeon, a nariguda maligna de T-ARA, debutarão solo muito em breve, e claro que todos os internautas coreanos já estão preparadíssimos pra xingá-las e ameaçá-las de morte por serem monstros bullyadores sem alma. \o/

O melhor de tudo é que já foi confirmado que esses trabalhos serão realmente solo, e não aquela bobagem de fazer feat com rapper cantando refrão e mais nada. Aparentemente, o conceito de tudo é que as duas farão versões atualizadas de clássicos de solistas femininas coreanas. Hyomin fará uma versão disso aqui de Lee Hyori:

E a nariguda maligna maravilhosa fará uma versão de Adult Ceremony, de Park Ji Yoon:

Não conhecia nenhum desses singles antes, mas acho que esse projeto tem tudo pra funcionar e ainda por cima é garantia de que teremos k-xiitas falando um monte de merda hilária. Can’t wait. Única tristeza é Eunjung, a gata que engasga vadias com bolinhos de arroz, não ter ganhado um solo também. Aí sim teríamos todas as integrantes que importam debutando solo (e coincidentemente as principais bullies). Mas não se pode ter tudo, né? :/