MIXTAPE – ABRIL’17

E chegou a hora da mixtape de abril, um mês que teve boas surpresas, mas que no geral não foi lá tudo isso não. Tivemos poucas farofas/pancadões esse mês, todo mundo foi bem chill nos lançamentos. E isso é algo estranho considerando que logo logo chega o verão, tanto que SISTAR já até anunciou comeback. Mas não, todo mundo foi beeeeem relaxante em sua maioria, com alguns pontos fora da curva aqui e ali, mas não muitos também. Pra quem gosta de solista entretanto, abril foi um prato cheio e a presença está forte na playlist (e isso que eu nem incluí lançamentos agradáveis-mas-esquecíveis™ feito os de BoA/Taeyeon), perdendo apenas pra (é claro) tropical house em onipresença.

Continuar lendo “MIXTAPE – ABRIL’17”

KARD fode a LG e pega dinheiro para seu terceiro single, Rumor.

Após dominarem corações latino americanos (já que qualquer osso que qualquer ato jogue na nossa direção é o suficiente pra virarmos stan) e os charts finlandeses (!!!!!), K.A.R.D está se posicionando muito bem pra ~debutar~ oficialmente no futuro próximo. O buzz está bem estabelecido, e toda a exposição que eles estão recebendo dos capopeiros internacionais até mesmo ajudou o quarteto a garantir um acordo como embaixadores da LG e tal, o que pode ser visto no terceiro e aparentemente último pré-lançamento do debut deles, Rumor. FUCK LG GET MONEY, K.A.R.D!!1

Continuar lendo “KARD fode a LG e pega dinheiro para seu terceiro single, Rumor.”

MIXTAPE – FEVEREIRO’17

E eis que aos trancos e barrancos fevereiro finalmente acabou. Apesar da falta de grandes lançamentos e da ausência de comebacks no geral, o mês ainda rendeu algumas boas faixas, se você soubesse onde procurar (no caso, bem fundo no poço nugu). Quinze delas (e mais três sobras de janeiro) se encontram aí embaixo pra vocês! @_@

Continuar lendo “MIXTAPE – FEVEREIRO’17”

K.A.R.D arruma a casa para seu segundo single, Don’t Recall

Quando K.A.R.D debutou com Oh Na Na, eu mencionei que o quarteto não parecia um grupo pra mim, que eu não sentia que existia coesão entre os elementos, pela divisão “minas cantam manos mandam rap” fazer a faixa parecer um grande feat e olhe lá. Parecia que NEM A DSP sabia exatamente o que ela queria com K.A.R.D no fim das contas, visto que anunciaram Youngji como integrante, depois como feat misteriosa, depois como possível integrante após o grupo anunciar outros dois integrantes secretos fechando sete membros… enfim, K.A.R.D começou aos trancos e barrancos, típico da DSP. Mas o que ninguém realmente esperava era que o fandom internacional fosse abraçar o quarteto da maneira que ocorreu, o que pra mim explica um pouco esse segundo single:

Continuar lendo “K.A.R.D arruma a casa para seu segundo single, Don’t Recall”

MIXTAPE – JANEIRO’17 (feat. DEZEMBRO’16)

Ano novo, vida nova, design e destino novos para as mixtapes mensais do ASIANMIXTAPE. Sim, pessoas. Estou migrando minhas merdas do cagado e limitado 8tracks, que teima em não deixar as pessoas fora dos EUA ouvirem a porra das playlists, para o Mixcloud, que apesar de dar mais trabalho pra uploadear as faixas, também dá a oportunidade pra qualquer um ouvir o conteúdo, independentemente do território (sem contar que não me limita a duas faixas por ato e ainda deixa vocês pularem faixas e adiantarem e voltarem pelo conteúdo). Pretendo migrar minhas mixtapes mais icônicas (as especiais de produtores, nugus, etc) pouco a pouco pra essa nova plataforma. Mas essa não é a única mudança, povo!!1 Sigam em frente para ainda. mais. transformações!!1

Continuar lendo “MIXTAPE – JANEIRO’17 (feat. DEZEMBRO’16)”

K.A.R.D, o grupo co-ed da DSP em que Hur Youngji NÃO debutou de novo, estreou com Oh NaNa. São ok.

Daí que segunda-feira a DSP quis brincar de Titanic e afundar seu novo ato logo na primeira viagem, lançando o grupo misto K.A.R.D no mesmo dia que o comeback pré-hiato do Big Bang. Não deu outra: na Coreia ninguém nem ficou sabendo que o grupo debutou, e não há sinal algum da faixa no top100 da MelOn, isso que agora lá só dá Big Bang, trinta faixas de Natal incluindo ALL I WANT FOR CHRISTMAS IS YOU da Mariah e várias velharias tipo Cheer Up, Boi Bumbá, Nabillera e os singles de DOIS MIL E QUINZE do M.A.D.E. Ou seja, nem tava muito difícil conseguir um certo destaque com o debut e marcar aquele pico esperto de 78° lugar, mas aí apareceu Big Bang do nada e acabou pra eles, coitados. Mas ó, a faixa nem tá ruim nem nada do tipo, até achei um pouco injusto:

Continuar lendo “K.A.R.D, o grupo co-ed da DSP em que Hur Youngji NÃO debutou de novo, estreou com Oh NaNa. São ok.”